Os Nossos – Pais separados, filhos bem cuidados

Um dos medos de muitos pais é que a separação se torne um problema para a rotina dos filhos, contudo, se bem planejada, é possível fazer com que os dias deles sejam muito melhores, com uma boa qualidade de vida.

E para isso, o aplicativo Os Nossos pode ser a grande solução. Com ele, você pode organizar e compartilhar a agenda e o calendário de convivência do seu filho, fazer uma boa gestão financeira com fácil registro de despesas, encontrar mensagens facilmente por meio do gerenciamento por tema, e ter mediação das conversas com especialistas.

Os Nossos surgiu das muitas e variadas histórias de famílias que foram acompanhadas em divórcios, guarda de filhos, partilha de bens e despesas, dentre outros temas afins. E questões como pagamentos, dias de convivência, viagens de férias, etc estavam muito presentes.

Em 2018, o aplicativo foi pensado pela paixão por tecnologia aliada ao direito de família. E em 2020, inspirada nas famílias mosaico “os meus, os seus e os nossos” (filhos), o app foi nomeado como Os Nossos.

A maior inspiração sempre foi, e sempre será, as narrativas dos clientes – suas dores e amores.

A história do app se confunde com a das famílias que se reorganizam e reconfiguram a partir da dificílima decisão do fim do casamento.

O download do aplicativo pode ser feito pela Apple Store, e Google Play.

Conheça mais: https://osnossos.com.br/

Fundadoras

Dora Rocha Awad

Mediadora, advogada e professora. Pioneira em práticas colaborativas e especialista em temas relacionados ao direito de família e coparentalidade. Apaixonada  pelos meios alternativos de solução de controvérsias, usa o diálogo como principal ferramenta, evitando a judicialização dos conflitos. Avaliadora em competições nacionais e internacionais de mediação e mediadora em diversas câmaras, como a do CRP  e CAM-CCBC. É formada em direito pela FAAP e em Letras pela USP.

Luciana Valverde Grinberg

Formada em Direito pela PUC-SP com mestrado em Direito Civil pela USP. É sócia no escritório Huck Otranto Camargo Advogados na área de Família e Sucessões. Faz parte da Comissão Especial da Advocacia na Mediação e na Conciliação da OAB/SP.

 

Antes de ser plural, aprenda a ser singular

Nós mulheres fomos ensinadas desde cedo que seremos felizes apenas quando tivermos um parceiro ao nosso lado. Contudo, essa ideia é um dos motivos de cairmos em relacionamentos que nos fazem tão infelizes.

Antes de estarmos bem com alguém, precisamos estar bem com nós mesmas. Sentirmos o coração quente e repleto de autoestima.

Um companheiro deve servir para complementar o que sentimos, e não para ser toda a nossa felicidade. Senão, nós passamos a abandonar o que gostamos, nossas tarefas, nossos amigos e família, e até mesmo a nossa personalidade, para viver exclusivamente em função desse alguém.

Além do mais, ao menor sinal de problema em um relacionamento, quando somos dependentes, lidamos de uma maneira muito mais complicada e confusa, sentindo que não ficaremos bem de qualquer forma. E acabamos aceitando o que não iríamos aceitar em situações bem diferentes.

Isso tudo vira uma bola neve, e a dependência no relacionamento faz com que os problemas só aumentem dia após dia.

Por isso, a melhor saída é aprender a amar mais a si mesma e se priorizar.

Não tente ter um relacionamento por sentir necessidade disso, só faça se realmente se sentir bem e completa.

Pessoa alguma pode criar a felicidade verdadeira que deve existir dentro de você, isso só você pode fazer.

Se coloque em prioridade e enxergue a mulher incrível que você é!

 

 

Sentada na Montanha-russa – A vista do alto é deslumbrante 

 

Por que consumimos a ideia de que 40 vai ser tão diferente dos 39 anos? Aparece uma avalanche de dúvidas e emoções transitando dentro da nossa cabeça quando a data do aniversário se aproxima. Lembro-me de fazer a analogia de estar dentro de uma montanha russa, lá em cima, com o carrinho embicado para a queda. Ai meu Deus! Que frio na barriga de passar por isso.

Hormônios despencando, colágeno indo embora, linhas de expressão marcando o rosto. Nem posso ficar brava que elas saltam na testa antes mesmo do vencimento do próximo botox.

Dia desses, eu estava sentada na copa do escritório onde eu trabalhava, tomando café com um amigo e falando sobre nossos sonhos e projetos fora dali. Percebi que ele também alimentava sonhos que foram podados ao longo da carreira por serem tão naturais, às vezes, tão simples também.

Eu pontuava as nuances da vida de escritora com entrevistas, pesquisas e construção de personagens. Ele elaborava um plano para resgatar o projeto de ser roteirista de teatro. Senti que aquela conversa me alimentava muito mais do que o próprio café com pão de queijo à nossa frente, mas em algum momento ele entrou no xis da questão da sua estagnação em concretizar sonhos, e o diálogo ficou profundo e terapêutico.

“Já completei quarenta anos e ainda não sei o que fazer para me sentir feliz por completo”, declarou meu amigo, em sussurros.

O pior não foi ouvir o desabafo do outro, foi ficar em silêncio ao ser questionada sobre o que fiz para me transformar e ter certeza das minhas convicções aos quarenta. Confesso que tive que pensar um tempinho, entre um gole e outro do café ainda quente, mas a resposta veio à mente: – Escrever o livro Conexão – A Chave do Verdadeiro Amor aos quarenta foi, com certeza, um salto em minha vida.

Não tive a experiência da protagonista de viver uma nova cultura em Istambul, nem fiz um mestrado no exterior como ela, no entanto, eu peguei carona na energia principal que trabalhei por meses no meu livro.

Pela primeira vez consegui me conectar de verdade comigo mesma. Despertei a minha essência, resgatei a minha autenticidade. Depois disso, tudo ficou muito mais leve, não preciso provar nada para ninguém. Sou livre para tomar as minhas decisões sem depender de agradar somente ao outro. Este é o maior problema a meu ver, eu queria agradar e acabava ficando refém do outro, do julgamento dos outros.

Agora faço por mim, para me agradar. Escrevo para mim, assuntos que eu gosto de estudar e, por consequência, posso ajudar outras pessoas com novas ideias, reflexões ou apenas promovendo a diversão de ler um romance romântico. Esta pequena sacada mudou tudo dentro de mim.

Neste momento, com quarenta e três anos, volto ao topo da montanha russa não com medo da descida, mas agora disposta a gritar se ficar ansiosa, querendo levantar as mãos para o alto para mostrar a jovialidade que ainda habita em mim e, ainda por cima, consigo suspirar ao admirar a vista. Entende o que quero dizer? Isto é apreciar a sua idade feliz e todo o resto de vida que virá pela frente.

Sobre a autora: Juliana Marinho é formada em Relações Públicas pela Faap, Pós-graduada em Psicologia Positiva e Ciência do Bem-estar e cursou Civilização Francesa na Université de la Sorbonne, em Paris. Em 2019 participou da Antologia Romântica com o seu conto Elo de Esmeralda, publicada pela editora Lura. Ela nasceu em São José dos Campos e hoje mora em São Paulo com a filha e o marido.

 

Você sabia que existe um Dia da Madrasta?

O primeiro domingo de setembro é marcado por uma data muito especial: dia da madrasta. Com o intuito de homenagear essas mulheres incríveis, que têm um papel tão importante na sociedade, a comemoração neste ano será no dia 05.

Essa é uma oportunidade para o pai e a madrasta passarem o fim de semana com a criança, e terem um momento bacana sem preocupações e com muita diversão.

Mas o Dia da Madrasta não é de hoje, ele foi instituído em uma eleição pela AME- Associação das Madrastas e Enteados (com estatuto, ata de Assembleia geral de constituição e de eleição de diretoria, registrado sob o número 24.095 em 25/05/2005 no livro A, no 7o registro de pessoas jurídicas de São Paulo/SP).

Participaram da eleição, as Madrastas do Fórum 100% Madrasta. Sendo a primeira comemoração em set/2005.

E por haver diversas datas festivas no mês de setembro, a data livre escolhida foi o 1º domingo de setembro.

Se você quiser se aprofundar mais no assunto, você pode conhecer o trabalho da Roberta Palermo @robertapalermomadrasta

Terapeuta Familiar, ela atua há 19 anos com madrastas, pais, ex-esposas e enteados. Tem 2 livros publicados sobre o tema Madrasta, um deles, inclusive, é o 100% Madrasta, que aborda como agir quando o relacionamento inclui filhos de casamentos anteriores, ex-esposas e pelo menos três famílias: a do pai, a da madrasta e a da ex-esposa. Ela ensina de maneira divertida como assumir o papel de madrasta e lidar com filhos que não são seus.

Nada como dormir com um pijama não só confortável, como também cheio de estilo, não é mesmo? Contudo, atualmente há tanta variedade de moda, que muitas vezes fica difícil escolher o que mais te agrada, principalmente em questão de tecido.

Mas para te ajudar com isso, hoje trazemos um tipo de peça que sempre tem fãs por sua qualidade, conforto e beleza: pijama em seda.

As opções em seda, ou seta (italiano), são ótimas para garantir noites mais tranquilas e agradáveis.

Feitas de forma 100% natural, elas contam com muita leveza, suavidade, e brilho.

Além do mais, esse tipo de pijama ainda cai como uma luva em qualquer estação do ano, podendo ser feito em diversas peças, como: baby doll, conjunto de manga longa, camisola e muitas outras.

Não à toa, os clientes que mais amam esse tipo de vestuário são aqueles sofisticados e que sabem a importância de um bom look aliado ao conforto.

Quer garantir o seu? A Intimissimi conta com opções incríveis!

Você pode conferir em https://www.intimissimi.com.br/

Ana Leoni, do Dinheiro com Atitude

Como acabar o ano com dinheiro no bolso

 

Olá, meninas, tudo bem?

Hoje tenho uma dica muito legal para você que quer começar o ano bem e terminar melhor ainda! E claro, com dinheiro no bolso!

Quero apresentar a vocês a Ana Leoni, que é idealizadora e criadora do projeto @dinheiro_com_atitude que tem por objetivo ajudar as pessoas, em sua maioria mulheres, a terem uma relação mais saudável com o dinheiro.

Olha ela aí!

ARBX – 28/09/2017 – SAO PAULO – ECONOMIA / FINANCAS PESSOAIS ANBIMA – Ana Leoni, Superintendente de educacao e informacoes tecnicas da Anbima,sobre a semana do Investidor, campanha global promovida pela IOSCO . Foto: Rafael Arbex / ESTADAO

 

Todas nós sabemos que esse tema é recheado de tabus, dogmas, influências, que fazem com que nos afastemos do assunto por completo. O resultado é que a maior parte dos brasileiros, não consegue encontrar a tão sonhada liberdade financeira.

Para ajudar a melhorar esse cenário, desde 2014, a Ana Leoni compartilha seus mais de 25 anos de experiência no mercado financeiro, com quem precisa colocar a vida financeira em ordem. Este ano ela tirou do papel o projeto antigo, que foi pensado com carinho para fazer com que mulheres possam tomar de vez as rédeas de suas finanças.

Trata-se de uma mentoria de 5 semanas, com exercícios e reflexões para ajudar a dar o pontapé inicial na construção da tão sonhada liberdade financeira!

Ela foi pensada para todas as pessoas que precisam, e querem, melhorar sua relação com o dinheiro, pois todos nós, em maior ou menor grau, temos alguma dificuldade em relação a este assunto. Ela servirá para você refletir sobre suas decisões e prioridades financeiras.

A mentoria será formada por um grupo seleto de participantes, possibilitando que as atividades propostas sejam acompanhadas de forma personalizada. É uma Mentoria em grupo, mas com suporte individualizado. Muito legal, não é mesmo?

A primeira turma da Mentoria foi um sucesso, e estão abertas as inscrições para a segunda turma, que iniciará no dia 11/01/2021, então você precisa correr se não quiser ficar de fora!

Tudo foi carinhosamente pensado para que você comece o próximo ano com o pé direito!

Para mais informações, clique no link e acesse todas as informações.

A Ana Leoni está esperando você para participar dessa super jornada! Bora encher seu cofrinho?

Beijos nossos pra vocês!

Vanessa Palazzi e Ana Leoni

Look: conheça tendências para 2021

Chegamos a mais um ano, 2021 veio com tudo! Mas você já sabe quais são as tendências de looks para esse período? Não? Então fique tranquila, vamos te revelar o que está fazendo sucesso no mundo da moda, para que assim, você não fique de fora dessa.

O que já podemos afirmar é que os tons escuros ficaram em 2020, a nova onda são as cores mais claras que compõem a roupa, deixando-a com um aspecto mais vivo. Essas tonalidades vieram para dar um ar de equilíbrio nesses modelos.

Os tecidos leves e frescos também estarão nas ruas, tornando mais fácil de encontrar blusas nesses aspectos, o que nos deixa ainda mais confortáveis para fazer as nossas tarefas do dia a dia.

A cor branca também será muito presente, combinando todas as peças nesse tom, ainda mais no verão 2021, que será quando mais vai bombar. Caso veja alguém andando por ai toda de branco, não se assuste, pois ela está dentro da moda.

As bermudas de alfaiataria em tons pastel, seguem como uma tendência já do inverno, então se encontrar na loja e gostar, pode adquirir. Esse tecido tem o dom de deixar o que seria muito intelectual, mais despojado no modelo da bermuda.

Manga bufante está com tudo, peça bem retrô que está de volta para complementar os looks, tendo diversos tamanhos. Aposte nas blusas ciganinhas com essa manga, que você vai ficar belíssima e bastante elegante.

Calças, macaquinhos, bermudas e afins com bolsos são o novo normal do momento, que é a mais pura elegância, quebrando todo o gelo de um look. Ainda mais quando são encontrados na parte da frente da peça, trazendo também mais utilidade.

Você está atualizada do que está acontecendo no mundo da moda, então agora é só anotar e arrasar por onde passar.

Abuso sexual é crime, saiba como encontrar ajuda

Infelizmente as estatísticas são preocupantes, segundo o Fórum de Segurança Pública, de 2007 para 2019 no Brasil, houve um aumento de mais de 400% dos abusos sexuais sofridos por mulheres. Em 2007, a taxa era de 11.958 casos registrados, saltando para 66.123 em 2019.

Essa semana veio à tona o caso da influenciadora digital Mariana Ferrer, que já está correndo na justiça desde 2018, que durante o julgamento de abuso sexual que sofreu por um empresário catarinense, foi desrespeitada pelo advogado do réu, que tentou fazer da vítima o alvo.

O Movimento Nacional de Mulheres do Ministério Público, após se atentar ao vídeo e ter visto que ali presente tinha o juiz e o promotor que nada fizeram, prestou uma nota de repúdio, pedindo que medidas fossem tomadas contra o ato e incentivando que mulheres que sofreram ou sofrem abusos, denuncie.

O Mulheres de Quarenta entrou em contato com uma promotora de justiça do Rio de Janeiro, Carla Araújo, que alertou sobre o fato de que o machismo ainda está enraizado na sociedade, onde os homens observam as mulheres como forma de objetos.

Entretanto, ela ressaltou que a medida tomada pelos profissionais no vídeo do julgamento da influenciadora não condiz com a justiça, pois ela está ali para acolher a vítima e não recrimina-la por algo.

Caso você esteja passando por algo semelhante, há algumas ações, além da denúncia, que você pode tomar:

  • Procurar um psicoterapeuta

O profissional pode ser um grande aliado para quem passa por essa situação, para que ela fale sobre o que ocorreu e trabalhe as consequências dentro dela.

  • Buscar grupos de apoio

Encontros com outras mulheres que também foram vítimas de abuso pode ajudar, a fim de entender que você não está sozinha.

  • Encontrar pessoas de seu círculo de confiança

Ter algum familiar ou amigo com quem possa contar ajuda bastante, ficar com o segredo e remoendo o que passou pode piorar o sentimento.

Vale ressaltar que apesar do ocorrido com a Mariana Ferrer, a lei protege a mulher de abusos sexuais e agressões. Existe a delegacia da mulher especializada na área e que auxiliará da melhor maneira, o 190 da polícia militar e o 180 disque denúncia.

Lembre-se, onde não há consentimento é assédio!

Conheça 5 estilos de manta para combinar com a sua casa

As mantas se tornaram um símbolo para decoração das casas, abandonando aquela ideia de que serviam apenas para cobrir rasgo em sofás. Hoje em dia ela pode trazer ainda mais beleza para o seu ambiente, com as suas diversas estampas e tonalidades.

E no Brasil, onde nosso clima muda do dia para noite, deixando muitas das vezes o nosso lar frio, além de ser um artefato que decora nossa casa, ainda pode ajudar a esquentar.

Essa nova forma de decoração, não só é válida na sala, como no quarto, nos pés da cama e por cima da mesa como forma decorativa, deixando o local bastante sofisticado.

Então acompanhe e veja algumas dicas de mantas que irão te fascinar!

Esta é a manta Ceyla Lacerda que combina com um ambiente mais rústico.

A manta Olhar Para o Céu é para você que gosta de um ar mais sofisticado.

A manta Shaman clara e com preto na imagem está decorando uma mesa, mas pode ficar ótima em um local mais clean.

A manta Naomi 220xx150 papiro fica incrível em locais com coloração mais leve.

A manta tatuagem corporal, com tom de cinza, é moderna, harmoniosa, sofisticada e marcante. É indicada para usar nos lugares do relacionamento e da amizade.

Essas dicas que trouxemos aqui para você podem ser encontradas na loja Ceyla Lacerda, com design elaborado por indígenas, além de serem incrivelmente macias e confortáveis, pensando sempre no bem-estar de quem adquire!

https://www.instagram.com/p/CDw1HBan5SH/

Enxaqueca e empoderamento feminino: relação que ajuda no tratamento!

A pandemia do coronavírus trouxe à tona uma série de outras doenças e problemas que passaram a precisar de uma atenção especial, e um deles é a enxaqueca. Um grande número de mulheres, que tiveram que conciliar o trabalho home office com o autocuidado e as tarefas do lar, apresentaram a doença de forma mais aguçada.

É o que aconteceu com a Karla Spósito, advogada e mãe de dois filhos: “tive receio de ir trabalhar, de me expor e correr o risco de ser contaminada e contaminar quem vive comigo, mas além do isolamento social por conta da pandemia, também tenho que me isolar quando tenho as crises. É uma pressão, tanto física, por conta das dores, somada à pressão social/psicológica que estamos vivendo, o que torna as crises ainda mais insuportáveis. Foi então que retomei meu tratamento e já comecei a notar que os episódios têm sido menos intensos, agora espero chegar ao final do tratamento livre das dores de cabeça que me acompanham há tantos anos”, conta.

A enxaqueca geralmente impacta pessoas em idade produtiva, entre 35 e 45 anos, atingindo no Brasil cerca de 30 milhões de pessoas, sendo três mulheres para cada homem. E diferentemente da dor de cabeça comum, ela vem acompanhada de diferentes outros sintomas, como enjoo e sensibilidade à luz.

Tendo em vista que o estresse é um dos principais gatilhos de crise de enxaqueca, não é de se espantar que o distanciamento social e mudanças bruscas dos hábitos de trabalho e em casa, possam gerar aumento de dores.

Empoderamento feminino e enxaqueca

No Brasil, o IBGE mostra que, enquanto as mulheres trabalham, em média, 54,4 horas semanais entre cuidados com outras pessoas, afazeres domésticos e jornada fora de casa, os homens trabalham 51,4 horas por semana. Entretanto, as mulheres seguem, em sua maioria ganhando menos do que o sexo masculino, gerando uma situação de grande estresse.

E no caso das mulheres com enxaqueca, a tensão também acontece, por exemplo, pelo medo de perder um dia de trabalho devido à crise ou ser menos produtiva, o chamado “presenteísmo”. Isso gera medo de ter a carreira abalada.

Para controlar essa situação, a saída é procurar um médico especializado, o neurologista.

A Eliana Melhado, neurologista e especialista em Cefaleia, Membro da International Headache Society, Coordenadora do Comitê de Cefaleia na Mulher da Sociedade Brasileira de Cefaleia e professora universitária, alerta que a enxaqueca pode ser incapacitante se não tratada corretamente. “Dores frequentes, mais de três ou quatro episódios por mês, são um sinal de que algo está errado, inclusive porque a frequência aumenta, se tornando crônica. Por isso, é sempre importante consultar um médico.”.

Rede de apoio

Ter o conhecimento correto sobre a doença, que também é chamada de migrânia, e empoderar-se é essencial para poder lidar com ela. E hoje, com a internet, os meios de acesso à informação são inúmeros, como podcasts e blogs.

 

No caso da enxaqueca em mulheres, o “Xô, enxaqueca” é um deles. Comandado por Daniela Miguel, o podcast aborda diversos assuntos e conta com a ajuda de profissionais que desmistificam a doença.

 

E também há podcasts com o intuito de empoderar mulheres para que elas sejam protagonistas das suas próprias histórias, como: Mamilos, Histórias de Ninar Para Garotas Rebeldes, Pretas na Rede, Imagina Juntas, Olhares Podcast, Projeto Piloto, Chá com Rapadura e Coffea.

 

É importante ressaltar que fazer da enxaqueca algo corriqueiro não é a saída, a Dra. Eliana reitera que é possível tratar a doença de maneira eficaz. “Nenhum paciente com enxaqueca precisa viver com crises frequentes e incapacitantes, pois, hoje em dia, já temos no Brasil medicamentos para o tratamento não só dos sintomas, mas da doença em si, que melhoram muito a qualidade de vida da pessoa”, diz a médica.

 

E para isso, ter o acompanhamento de um profissional e seguir o tratamento prescrito é vital. “Além do medicamento, os pacientes devem manter os horários de sono regulares e preservar hábitos saudáveis, como a alimentação, por exemplo, para diminuir a frequência de crises. Estes podem ser fatores desencadeantes (não causais, pois a causa é genética) que devem ser evitados na medida do possível, uma vez que o tratamento preventivo adequado leva a uma redução do impacto de gatilhos no indivíduo. A mulher tem como gatilho a menstruação em 50-60% das vezes, e essa forma de enxaqueca também tem tratamento. A mulher merece estar em sua plena forma para exercer seus papeis. Sempre é importante lembrar que atividade física reduz a frequência e intensidade das crises de enxaqueca”, completa.

 

Sobre a Novartis

A Novartis está reinventando a medicina para melhorar e prolongar a vida das pessoas. Como líder global em medicamentos, utilizamos inovações científicas e tecnologias digitais para criar tratamentos transformadores em áreas de grande necessidade médica. Com foco na descoberta de novos medicamentos, estamos entre as principais empresas do mundo que investem consistentemente em pesquisa e desenvolvimento. Os produtos da Novartis alcançam mais de 750 milhões de pessoas em todo o mundo e estamos encontrando maneiras inovadoras de expandir o acesso aos nossos tratamentos mais recentes. Cerca de 105 mil pessoas de mais de 140 nacionalidades trabalham na Novartis em todo o mundo. Saiba mais em: www.novartis.com.

Conheça as Melhores Empresas para Trabalhar – Instituições Financeiras 2020

Outubro bate à porta, e com ele chega o momento de conhecer as Melhores Empresas para Trabalhar – Instituições Financeiras 2020, em um evento promovido pela ACREFI (Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento) e pelo Great Place to Work (GPTW).

Com data para o próximo dia 02/10, às 17h, com transmissão pelo canal oficial da ACREFI, no Youtube, a 2º Edição da Premiação “Melhores Empresas Para Trabalhar – Instituições Financeiras 2020 ranking Brasil” premiará as empresas do setor financeiro que mais se destacaram pelas boas práticas gestão de pessoas.

E para tornar esse momento ainda mais especial, a mestre de cerimônias convidada é Vanessa Palazzi.

A live também contará com a presença do Presidente da ACREFI, Luis Eduardo da Costa Carvalho, com o CEO da Great Place to Work  Ruy Shiozawa, com o Embaixador do GPTW no Brasil e Presidente do Conselho Deliberativo da ACREFI, Hilgo Gonçalves e da Diretora do Great Place to Work Cinthia Santini que fará uma apresentação dos dados do ranking.

Serão escolhidas 40 empresas, que passaram por uma seleção que contou com 161 participantes, e que são das seguintes categorias:

  • Bancos;
  • Cooperativas de Crédito;
  • Financeiras;
  • Seguradoras;
  • Empresas de Serviços Financeiros.

Para que o evento seja acessível, haverá tradução simultânea em Libras- a Língua Brasileira de Sinais!

Assista gratuitamente pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=1VV9-FTaSZY-Live

 

 

 

 

Bate-papo com o Alvaron Sites & Ecommerce

Eu contei a minha trajetória e rotina, como jornalista, advogada, assessora parlamentar, e no comando do blog “Mulheres de Quarenta”, para o Alvaron Sites & Ecommerce, desenvolvedor do Mulheres de Quarenta.

Confira o que rolou no bate-papo!

Qual a principal motivação que te levou a criar um blog?

A principal motivação para eu criar um blog, foram os meus 40 anos que estavam chegando. É uma fase muito diferenciada, muito importante na vida da mulher e, estava me sentindo muito bem, feliz, e segura de mim mesma. Eu queria me reinventar, queria fazer uma coisa diferente, havia acabado de me divorciar, precisava descobrir uma nova Vanessa, fazer alguma coisa nova na minha vida, encontrar um novo caminho. Esse caminho, aos poucos, foi surgindo, sem querer, “meio que sem querer”, foi assim que surgiu blog das mulheres de quarenta.

O seu conteúdo é bem variado e vasto. Como você define as pautas? É mais lógica ou intuição?

Semanalmente, eu tenho uma reunião de pauta para definir os temas que serão colocados no blog, geralmente são pautas que dizem respeito às mulheres de quarenta. É tudo que diz respeito a nossa vida, tanto na parte emocional, de relacionamentos, de comportamento, como também na parte de beleza, cuidados, atenções e tudo que interessa para a gente, uma mulher que cuida da sua autoestima. Eu gosto muito de falar de autoestima, valorizar a autoestima da mulher, então tudo aquilo que emocionalmente nos deixa melhor e fisicamente também. Essas são as pautas abordadas no blog das mulheres de quarenta.

Como é a relação com as leitoras, os feedbacks, sugestões? Você sente que seu conteúdo acaba influenciando as pessoas?

A minha relação com as minhas seguidoras é maravilhosa, fico muito feliz com os feedbacks que eu tenho, são na sua grande maioria positivas, sinto muito carinho e respeito pelas minhas seguidoras e a recíproca é muito verdadeira. Eu só recebo muitos elogios, e sim, elas gostam muito de mim, sinto que estou influenciando essas mulheres. E elas sentem também que quando não estou bem, quando alguma coisa aconteceu comigo, sentem no meu tom de voz, o meu sorriso, eu sou extremamente verdadeira ao falar com elas e, eu acho que, o que mais me identifica com essas mulheres é que sou uma mulher comum assim como elas, que tem sentimentos, passa por problemas, expõe de certa forma essas verdades, para que saibam que passo pelas mesmas coisas que elas. Creio que a principal característica que eu tenho, Vanessa Palazzi, como uma mulher de 40 e poucos anos, é a minha sinceridade, a minha verdade, e é isso que criou essa grande identidade com o público que me segue.

Ao longo do tempo, os conteúdos voltados às mulheres se expandiram, da mídia impressa para a TV, e explodiram na internet. Como você vê a importância dos blogs, sites e redes sociais para as mulheres contemporâneas?

Eu sou da área de comunicação, sou jornalista há muitos anos e acredito que a comunicação é uma meio extremamente importante em qualquer segmento, principalmente agora nesse momento que nós estamos vivendo, a comunicação se tornou essencial, fundamental para qualquer pessoa e para qualquer empresa.

Então, acho extremamente relevante que as pessoas invistam na sua comunicação, invistam nas redes sociais e nos seus sites, isso tem que ser uma prioridade tanto na vida pessoal de empreendedores e empreendedoras, como das empresas tanto pequenas, como grandes. A internet se mostrou extremamente essencial neste momento, que nós vivemos essa pandemia, que todos foram pegos de surpresa, que todos tiveram que se utilizar desses meios de comunicação para trabalhar, fazer home office, e também para se reinventar, para poder faturar,  poder gerar renda.

Quantas pessoas que foram para redes sociais vender seus produtos, quantas pessoas que tiveram que se reinventar; reinventar os seus negócios, e muitas delas, ou seja, a maioria precisou dos meios de comunicação da internet, dos sites,  blogs,  redes sociais? Então eu considero de extrema importância que as pessoas invistam nisso, os sites são uma grande referência, acho que sempre que você vai buscar alguma coisa, vai buscar alguma informação importante, sobre determinada pessoa, determinado produto, você busca um site.

Tudo para mim começou com o site das mulheres de quarenta, as redes sociais vieram depois e obviamente que me trouxeram muitos seguidores, mas a minha referência inicial foi o site que foi feito pelo um grande profissional, que é o Álvaro, ao qual tem muito respeito e admiração.

Só complementando essa questão, eu não acho que somente para as mulheres. Tanto para mulheres, para homens, para as empresas os sites, blogs, redes sociais são importantes para qualquer pessoa, para todas as pessoas, para criação de imagem, criação de conteúdo, para dar mais credibilidade.

WhatsApp: 51996547672

Email: contato@alvaron.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/alvaronweb/

Site: http://alvaron.com.br/

Mude a sua vida com o ho’oponopono

Vamos começar com o “sinto muito por não saber agir de outras formas”, “sou grata pela oportunidade de poder corrigir tudo isso” e “o amor corrige e cura qualquer problema”. Essas frases fazem parte da missão do ho’oponopono, que ajuda na cura de mágoas do passado, além de trazer um estado de paz para quem pratica e para mundo.

O  mantra é dedicado para exercer o perdão e limpar a memória, tudo que é negativo em você e em outras pessoas que compartilhamos ao longo da nossa existência, com a base no “sinto muito, me perdoe, sou grato e eu te amo”. Fazendo o bem a si e para o mundo, já que todos nós estamos interligados.

A técnica milenar foi criada pelos havaianos, onde os shamans da época juntavam-se às famílias, com o intuito de quebrar as inimizades e até memórias de antepassados, fazendo assim que houvesse a libertação e a limpeza da alma. Morrnah Simeona foi a responsável por trazer a técnica, passando assim para o Dr. Hew Len, que curou sem contato e apenas com a ficha, em um ano, mais de cem pacientes.

Quando se entra no processo de limpeza profunda e conversa com a divindade, pedindo para que seja limpa em mim toda a dor que está no próximo, você sente aquela dor em você, para que assim consiga limpar no próximo para poder viver em paz.

Dentre as diferentes pessoas que atuam com o ho’oponopono, a Thelma Terapeuta Holística, que faz atendimento presencial e online, o indica para as suas pacientes, integrando com demais opções de tratamento. Ela faz todo o processo de harmonizações com mesa quantiônica, radiônica, aplicando EFT, magnetismo, TDR, hack e apometria.

Ela faz essas técnicas à distância, e, dentro disso, detecta os bloqueios emocionais das pessoas.

Para se aprofundar mais nesse mantra e conhecer os procedimentos, acesse: https://www.facebook.com/thelmaterapeuta

Artigos de decoração essenciais para transformar a sua casa

Nada como ter aquela sensação deliciosa de uma casa bem arrumada, não é mesmo? E para isso, é necessário ter artigos de decoração que sejam a sua cara e de grande qualidade. É nos detalhes que você cria um ambiente especial e confortável para o seu dia a dia.

Não é preciso que você tenha os móveis mais lindos e diferenciados, o grande truque é contar com alguns itens especiais e que sejam capazes de mudar de uma vez por todas o visual do seu lar.

Confira alguns artigos de decoração de tirar o fôlego:

1 – Manta

Além de manter você bem aquecida, as mantas ainda são um charme à parte que tornam qualquer cama, sofá ou cadeira muito mais aconchegantes. Você pode escolher um tom neutro, ou que contraste com a sua decoração.

Outro ponto bem especial, é que por serem de tecidos leves, você pode enrolar em você a manta de uma forma interessante, para manter-se aquecida em qualquer lugar.

2 – Almofada

                                                                  

A grande vantagem de uma linda almofada é que ela fica bem em qualquer espaço, não é mesmo? É aquele toque especial que faltava para o seu sofá, cama, ou até mesmo um outro local que você queria gerar um efeito diferenciado.

Onde encontrar artigos de decoração especiais?

Para adquirir o seu modelo, delicado como os das imagens, você precisa de uma loja que entenda a importância de uma decoração confortável, como é o caso da Ceyla Lacerda.

Por lá, você encontra o que há de mais atualizado, e criado com um acabamento impecável. Além de serem estampas exclusivas, criadas por tribos indígenas.

Acesse já e conheça melhor esse trabalho:

Site: https://www.bagy.com.br/ceylalacerdadeco

Instagram:  https://www.instagram.com/cr_lacerda/

 

 

Manual de skincare para iniciantes

Você já deve ter reparado que durante a quarentena muita gente está cuidando da pele em casa. Seja para relaxar, para experimentar produtos novos ou até mesmo para passar o tempo em seu lar, muita gente está utilizando máscaras faciais caseiras, argilas e até as de tecido encontradas em farmácias e perfumarias.

O primeiro passo para se cuidar é lavar o rosto com um produto ideal para o seu tipo de pele, que pode ser indicado por seu dermatologista de confiança.

Agora é quando a brincadeira de relaxar começa a ficar séria. Se você for a uma farmácia vai encontrar uma infinidade de produtos que podem ser rejuvenescedores, hidratantes ou anti-oleosidade. Além disso, eles podem ser de tecido, gel ou pó. E devem ser usados a cada 7 ou 15 dias dependendo da necessidade e do resultado que você quer alcançar.

Anti-oleosidade

Escolha produtos com derivados de vitamina C, ácido salicílico, argila verde e argila branca. Esses ingredientes ajudam a diminuir o excesso de oleosidade.

Brilho instantâneo

Use produtos que contenha peptídeos, proteínas, aminoácidos ou que tenha o efeito de hidratar a pele seca, como o ácido hialurônico, evitando os sinais do envelhecimento precoce. O colágeno também é um importante aliado para devolver o viço à pele.

Tipos de máscara

As máscaras faciais estão disponíveis em diversas versões e cada uma possui sua própria forma de uso como enxágue, ou até precisam ser preparadas antes de ser usadas, como é o caso das argilas.

Alguns Tipos de argila e seu uso

Argila Branca: Indicada para auxiliar no controle da oleosidade da pele, principalmente para as delicadas e desidratadas.  Ajuda também no clareamento e na redução de linhas de expressão.

Argila verde: Indicada para peles oleosas e com acne. É desintoxicante, tonificante e adstringente.

Argila rosa: Altamente hidratante, é ótima nos tratamentos de flacidez pelo seu grande poder tensor, além de ser ideal para peles desidratadas, delicadas e envelhecidas.

Dica:

Vai fazer máscara de argila em casa? Misture em um recipiente com uma colher de sopa de argila com água mineral até obter uma pastinha consistente. Não use objetos de metal para realizar a mistura.

Aplique no rosto e deixe agir por vinte minutos e depois enxágue. Se você quiser, misture algumas gotas de óleo essencial na argila para um momento relaxante. Depois de enxaguar, aplique o tônico facial e seu hidratante favorito.

Aproveite o seu momento de descanso para cuidar da pele.

Beijos e até a próxima,

Fernanda Libretti – Jornalista de formação e apaixonada por beleza. Formada em Maquiagem pela Escola Madre, além de ter feito cursos em outras instituições. Trabalha especialmente com Maquiagem Social e Noivas – at home. Colaborou com trabalhos em curta metragens, vídeos e comerciais para a web.

 

5 livros de romance para as mulheres maduras

Uma boa leitura é sempre relaxante e capaz de nos levar a outros mundos, aguçando a criatividade e o nosso conhecimento cultural. Por isso, hoje, o Mulheres de Quarenta traz para você cinco dicas de livros de romance que vão fazer você viajar, mas sem sair do lugar.

De escritoras brasileiras, todos são de alto nível. Confira:

Divina Essência

Helena Andrade

Uma bióloga em busca de uma cura de doença hematológica, Melissa viaja o mundo analisando plantas com propriedades terapêuticas. Durante a sua jornada, o amor bate a porta.

Tempos que Marcam

Flávia Pimenta

Enquanto Catarina ama a pacata vida que leva como cuidadora de cavalos em uma cidade do interior, um enredo em sua volta com pessoas tão diferentes é criado. Caminhos e histórias se cruzam durante o romance.

Novas Verdades, um Único Amor

E.E. Soviersovski

Enquanto uma crise científica assola o mundo, com a principal substância usada para a confecção de equipamentos de tecnologia esgotando-se, uma grande história de amor entre Yan e Alessandra passa a se desenrolar.

Acordei Apaixonada por Você

 Tammy Luciano

Carlos Rafael, chamado de Cafa, é o típico garanhão que gosta de sair com várias mulheres. Entretanto, após ser atacado violentamente por três homens, o rapaz passa a olhar a vida de outra forma. Nesse meio tempo, ele é perseguido por um inimigo.

Enquanto eu Puder Voar

Beatriz Cortes

Um ano após perder o pai em um acidente de avião, Catarina resolve investigar o real motivo da viagem dele. Em sua saga, ela encontra uma paixão arrebatadora e proibida.

Livros de romance para apaixonar-se

Uma ótima forma de manter-se bem distraído e relaxado é por meio de uma leitura tranquila e sossegada. E se o gênero for romance, é melhor ainda, pois a sua mente pode viajar em outros lugares e com histórias leves.

Por isso hoje, o Mulheres de Quarenta traz três títulos de livros maravilhosos para você ler, distrair e se entreter:

Conexão: A Chave do Verdadeiro Amor

Luisa é jovem e sua imensa vontade de ser inserida e aceita pelo grupo de amigos da adolescência faz com que tome a pior decisão de sua vida e carregará por anos a culpa de sua insegurança.

Anos depois do ocorrido, aceita a bolsa de estudos para fora do país e embarca para a Turquia na tentativa de encontrar sua verdadeira identidade bem longe da influência da família e dos erros do passado.

Na cidade de Istambul o destino a surpreende com grandes emoções. Ela se depara com o seu ex-namorado, o motivo de toda a sua culpa; hoje um homem aventureiro e verdadeiramente sedutor.

O Vestido de Época

O amor e o ódio trabalham lado a lado preenchendo esse romance de segredos e prazeres.

Isabelle Fantini vive com o marido, Christopher Harner, e a filha Julia em um pequeno castelo transformado em hotel de charme, no interior da Inglaterra. Surpresas e superações estão por vir quando Isabelle descobre um verdadeiro tesouro abandonado no sótão.

Era o ano de 1919, Bertbury Park sofria com as consequências do pós Primeira Guerra e o conde Philippe Powell resiste com afinco para sobreviver. Ele recebe o importante apoio de sua esposa, a condessa Sophie Powell, enquanto seus dois filhos, Charlize e Daniel, promovem uma briga acirrada pelo poder. O andar de baixo dessa mesma propriedade fervilha sentimentos conturbados, intrigas e até mesmo um amor verdadeiro brota entre os criados.

O romance dá continuidade ao livro Quatro Estações, O Vestido de Época narra em detalhes o presente e o passado da família Harner.

Quatro Estações

Após sofrer uma decepção amorosa, Isabelle Fantini toma uma importante decisão, muda-se para Paris e aceita um novo cargo na rede de hotéis Les Lits. Em pouco tempo morando no hotel Les Lits Paris, Isabelle faz novos amigos, descobre segredos bem guardados e desvenda um mistério.

Essa é uma história de romance e superação. Quando tudo parecia estar perdido na vida de Isabelle, o destino a surpreende de uma maneira formidável.

Faça uma viagem através da cidade mais romântica do mundo. O clima é mágico e inspira prazer nas quatro estações do ano.

Autora – Juliana Marinho

Todos os títulos acima são da Juliana Marinho, escritora formada em Relações Públicas, cursou Civilização Francesa na Université de la Sorbonne, em Paris, França. Sua maior inspiração para escrever vem de suas viagens a lugares românticos, envolvendo-se na história do local e apreciando os diferentes costumes.

Adquira os títulos: https://amzn.to/3fWx0p6

Botas para arrasar no outono!

Apesar de o outono não estar tão forte, já conseguimos sentir um pouco daquele friozinho típico, o que pede que passemos a mudar os nossos looks. Se antes investíamos mais em sandálias, agora para ficar bem aquecidas e na moda, o que vale mesmo é usar lindas botas.

E por mais que agora estejamos em isolamento social, nada impede que você já renove o seu guarda-roupa para usar quando tudo isso passar.

Nós separamos alguns modelos que estão super em alta para você!

1 – Pretinho básico

Ter uma bota preta é uma ótima tática, porque ela combina com tudo. Assim, você garante que poderá fazer composições bem bacanas usando uma botinha e looks até mesmo coloridos.

2 – Marrom chique

O marrom é um ótimo tom para ser usado, porque além de ficar lindo, ainda é uma opção super charmosa e também combina com tudo.

3 – Verde militar para todas as ocasiões

Um tom cada vez mais amado e adotado para os diferentes looks, o verde militar fica incrível em botas. É aquela cor que já foi muito usada anos atrás, e que ultimamente voltou com tudo!

4 – Animal Print

De cobra, oncinha ou zebra, a estampa de animal print é um luxo à parte que não podemos ignorar. Gerando um visual incrível, essa bota é aquele toque especial que você precisava para todo seu look se modificar.

5 – Pretinho um pouco menos básico

Para gerar um visual diferente, a bota preta com detalhes cria um look ainda mais moderno e diferenciado. É uma ótima opção!

Gostou de algum desses modelos? Para adquirir é muito fácil, basta entrar em contato com a loja Dos pés a cabeça com a Jaque (@calcadosdpccomajaque):

https://www.instagram.com/calcadosdpccomajaque/

E aproveite porque a loja está com uma promoção imperdível:

Me ajude! Não me julgue! Não me culpe! “EU NÃO SABIA”

“Eu não sabia” é a frase que mais escutamos das vítimas dos relacionamentos abusivos.

É importante entendermos que além da pouquíssima informação, da falta de comunicação aberta sobre este assunto, o relacionamento abusivo se aproveita da vergonha que a vítima sente por ser alvo desta violência, que nessa dinâmica faz com que ela acredite que só acontece porque ela não é boa o suficiente, ou seja, a culpa do abuso, recai sobre a vítima na relação entre vítima e abusador.

O tabu que ainda paira sobre a violência contra a mulher, o preconceito, o julgamento da sociedade, dos familiares também não ajudam. Está na hora de não mais julgarmos a vítima, sob hipótese alguma. De nos conscientizarmos de que um relacionamento abusivo realmente a adoece. Adoece emocionalmente, mentalmente e até fisicamente.

A co-dependência emocional e a destruição da auto-estima e da autoconfiança, aliadas à falta de suporte social e familiar deixa a vítima com um sentimento de “sem saída”. O medo de provocar uma reação ainda pior no abusador paralisa. A esperança de que se ela for melhor, se ela souber levar ele melhor, que ele seria perfeito novamente (como ele quer que ela acredite e os abusadores fazem isso com maestria) faz com que a vítima, infelizmente, muitas vezes perca a vida antes de perder esta falsa esperança.

A vítima não é louca nem burra. Ela está doente e precisa de ajuda, de suporte, de segurança e de informação.

Essa moça linda na foto, é a Jornalista Abi Blake, inteligente, bem sucedida, e ainda assim foi quase morta pelo marido, e só então pôde perceber que estava vivendo um relacionamento abusivo.

Para que você compreenda e talvez consiga julgar menos uma vítima que não se libertou ainda do abusador, você precisa saber quer os abusadores não são cruéis ou violentos 100% do tempo. Não. Eles normalmente são extremamente hábeis no bater e também no afagar. No início da relação, eles realmente parecem ser os melhores parceiros do planeta! E sabem como fazer com que a parceira se sinta a rainha da cocada, a princesa das arábias, a mulher mais sortuda do universo, e é aí, nesse endeusamento e nessa idealização um do outro que encontramos o fio da meada, o ponto de partida para uma ladeira a baixo. Porque a vítima se torna viciada e dependente desse lugar de mulher ideal, cada vez mais, e quanto mais ele destrói a autoestima e o amor próprio dela, mais ela precisa desesperadamente que ele jogue a ela migalhas que alimentem a fantasia da mulher perfeita e do casal perfeito que um dia ele fez com que ela acreditasse que eles eram, que haviam tirado a sorte grande, e que por fim, ela terá que passar a vida rastejando e agradecendo por ter ele, perfeito, ainda ao lado dela.

Gente, é muito triste!

E por mais que pareça absurdo cair neste “golpe”, neste conto do vigário, não, não é! Ninguém está livre, porque não são apenas mulheres assim ou assado, somente as fracas, as burras, não, ao contrário! Pode acontecer com qualquer uma, porque somos todas desavisadas, e não sabemos identificar, ou pelo menos não sabíamos nem identificar este padrão, nem nos previnir dessa arapuca.

Texto de Fabiana Guntovitch, psicanalista da alma feminina e especialista em relacionamentos❤

Quer conhecer a história da Abi Blake? CLIQUE AQUI

Tendências de cores para as mulheres de 40

Conforme passam os meses, surgem novas tendências nas mais diferentes áreas, e principalmente quando pensamos em moda. As mudanças na área têxtil ocorrem com a virada de mês e de estação, e além de modelos, elas abordam inclusive cores.

Para este ano, a aposta dos estilistas é bem diversa. Há tanto cores mais vibrantes, quanto mais suaves, e você pode descobrir quais são as cinco principais agora:

1 – Laranja

Aberto ou em tom de ferrugem, ele está como marca carimbada nas passarelas. Uma opção bacana de utilizá-lo, é por meio de coloração em degradê.

2 – Neo Mint

Uma cor nova e cheia de personalidade, o neo mint é aquele azul suave, mas de presença. O tom é uma das principais apostas dos profissionais de moda para o ano.

3 – Hot Pink

Sabe aquele rosa bem forte? Então, 2020 é um de seus anos. O foco dele é usá-lo para criar composições bem moderninhas e com recortes diferenciados.

 4 – Mellow Yellow

Aquele amarelo perfeito, intenso, vivo e vibrante. Uma cor que está em alta há alguns períodos, e que ganha cada vez mais fãs.

5 – Cassis

De uma delicadeza extrema, o cassis ganha cada vez mais adeptos pela sua beleza. O tom roxeado é delicado.

O que achou das cores? Você já pode usar e abusar de cada uma delas em seu visual.

Add to cart
AN