Arrumando a casa para o Natal: Dicas de limpeza e organização

As festas de final de ano já estão aí. Tem árvore enfeitada, comidas elaboradas, reunião da família, presentes e aquela sensação que só essa época nos remete… período natalino! E nada melhor do que deixar sua casa organizada e aconchegante, para receber familiares e amigos! Pensando nisso, separamos algumas dicas que trará mais praticidade e ajudará você a começar o novo ano com mais energia e uma casa revigorada.

Então vamos lá:

Desapegue do desnecessário – tire do armário itens que não são mais usados, dê espaço ao novo! Separe roupas, brinquedos, alimentos e outros artigos, procure uma instituição de caridade e faça doação. E quanto as maquiagens, cremes e protetores solar, também merecem sua atenção e devem ser verificadas as suas datas de validade, e se estiverem expirados/vencidos, devem ser descartados.

Coisas de Lugar – Durante a arrumação, troque a decoração, e se possível, mude algum móvel, mesmo que seja de lugar. Essa é uma excelente maneira de renovar as energias da sua residência. Você pode desde colocar capas diferentes nas almofadas e trocar quadro de parede, até adquirir uma manta nova na poltrona. As possibilidades são muitas! Pequenas mudanças, fazem uma grande diferença na sensação de renovação.

Atenção aos detalhes – Aproveite para fazer uma faxina mais detalhada. Cantinhos atrás das cortinas, lustres, móvel pesado que quase não sai do lugar sem ajuda para arrastar, por exemplo, são lugares que geralmente não têm tanta atenção no dia a dia e ficam sujeitos a acumular insetos indesejados! Não se esqueça dos ventiladores e ares-condicionados que serão muito utilizados durante a próxima estação, verão!

Sai poeira – Esse tipo de limpeza costuma deixar poeira suspensa no ar, por isso use sempre que possível o aspirador de pó, e tenha a mão um balde com água e pano úmido, de preferência os de microfibra, pois levantam menos poeira.

Banheiros – parte mais difícil de manter limpo o tempo todo, ainda mais com a casa cheia. Quando for fazer a limpeza, escolha produtos clorados com poder alvejante, isso torna a limpeza mais profunda. E não esqueça de deixar no armário ou cesto (mesmo que improvisado) rolos extras de papel higiênico, toalhas de mão extras e desinfetante, para fazer uma manutenção na higienização. E não esqueça de separar também aqueles recipientes com cheirinho para deixar o ambiente mais agradável.

Pia cheia de louças – nem pensar! Fuja das pilhas gigantes que se acumulam na pia após a festa. Opte pela praticidade e use copos e pratos descartáveis. Caso ainda prefira as louças comuns, sugiro ir lavando de pouco em pouco, assim quando for servir, a sobremesa a pia já estará quase vazia!

Agora que a casa está em ordem, a família reunida e a ceia servida, é só aproveitar e desfrutar de tudo isso com conforto, rodeado das pessoas que amamos. Espero que essas dicas tenham sido úteis a vocês.

Aproveito para desejar um Feliz Natal e um 2020 próspero e repleto de realizações.

Por: @rosipresorganiza Rosipresorganiza/facebook Email: rosepres@uol.com.br

O consumismo de Natal

 

Por Gisela Campiglia

Estudos realizados pela universidade de Harvard concluíram que as pessoas que não têm dinheiro para moradia, vestuário e comida, não conseguem ser felizes, porque suas necessidades básicas não são atendidas. Mas, esse estudo também mostra um resultado no mínimo curioso: as pessoas muito ricas são menos felizes do que as de classe média, porque tendo dinheiro sobrando, algumas delas se tornam consumistas, o que leva à vaidade excessiva e gera inveja. Esse tipo de pessoa começa a confundir quem ela é com o que ela tem, com isso passa a acreditar que ela é o carro que possui, as joias que usa, a roupa que veste, etc. Há um afastamento do valor próprio, e em busca da felicidade passam a comprar cada vez mais. Porém, essa busca é ilusória, porque o prazer de adquirir um bem material é temporário. Quando compramos uma roupa nova sentimos um prazer momentâneo, mas com o tempo ele passa, e a vestimenta acaba ficando jogada no armário. No objetivo de alimentar essa falsa sensação de felicidade surge um novo desejo de compra, e esse ciclo fugaz continua.

A verdade é que o consumo exagerado revela um vazio interior, um estado de infelicidade. Mas, como muitas pessoas passam a vida no automático, sem fazer grandes reflexões e praticar o autoconhecimento, elas não sabem identificar nem mesmo o que sentem. Muito triste!

Não confunda quem você é com aquilo que você possui!

O consumo exagerado revela um vazio interior, um estado de infelicidade.

Um dos princípios da filosofia budista diz que para alcançarmos o estado de iluminação precisamos nos livrar dos desejos da mente. A plenitude só pode ser atingida quando conseguimos controlar nossos pensamentos, por isso os budistas praticam mantras e meditação. As pessoas que desenvolvem uma mente agitada costumam ser mais confusas, porque têm grande dificuldade de concentração e foco. O resultado, é que elas não conseguem acessar sua fonte interna de sabedoria e conquistar a verdadeira felicidade.

Perceba que suas maiores riquezas são aquelas que não foram compradas com dinheiro. Amor, alegria, tranquilidade e gratidão não tem custo financeiro, são sentimentos que ocorrem de dentro para fora. Felicidade é um estado de consciência, ela é interna e intransferível.

No final do ano nossos desejos consumistas são extremamente estimulados pela propaganda. É Black Friday, Natal, férias, liquidações. Reflita sobre as dívidas que você pode acumular se acabar comprando o que não precisa. O consumo exagerado é muito mais fonte de infelicidade do que de felicidade. Saia do automático, não permita que as necessidades do mercado definam seu comportamento de compra.

Gisela Campiglia

Formada em psicologia, física quântica, bioenergia e metafísica. Trabalha com desenvolvimento pessoal, promove palestras, escreve artigos e é colunista do Mulheres de Quarenta.

Ceia saudável no Natal

 

Por Roseli Rossi 

Chegou a época tão festiva e comemorada no mundo todo: o Natal!

Um momento que deve ser comemorado com muita alegria, paz e principalmente saúde. Uma época de reflexões interiores, de celebração pelas conquistas do ano e da união de forças para as tarefas que se seguem adiante, pois durante o ano inteiro em meios as alegrias e conquistas, quanto estresse, ansiedade, problemas, tristezas se passaram e agora é hora de pensar num futuro   mais otimista e promissor!

Junto ao prazer de estar com a família e amigos, a tradição segue com as comidas que também são indispensáveis, como em qualquer comemoração. Os tradicionais pratos preparados no Natal como as aves, carnes de vaca, suínas, tiveram origem em países que vivem esta época natalina na estação do inverno, assim, a preferência é por alimentos com alta densidade calórica recheados de gorduras, carboidratos refinados, cremes e tudo mais.

Ocorre que no Brasil não é inverno no Natal, é verão!!! Calor, praia, 30º graus, sol, longe de ser indicadas essas preparações.

O indicado na hora de ceia é seguir essas tradições porém com certas adaptações das preparações  tradicionais considerando o nosso clima , pois as receitas típicas natalinas somado às bebidas alcoólicas, com certeza trarão uma sobrecarga muito grande ao organismo, com inúmeros sintomas desagradáveis mesmo à quem tem o hábito de consumi-las, podendo inclusive estragar toda a festa.

Neste período não é necessário privar-se das delícias, mas consumi-las com moderação e adaptações. Por exemplo, ao optar pelos pratos principais, opte por um só e não um pouco de cada um, ou seja, o peru ou chester ou lombo ou tender ou peixe. No caso dos acompanhamentos prefira o arroz ou farofa ou batatas ou massas. O mesmo vale para os doces, se não resistir à eles, escolha um para saborear sem culpa. Ao experimentar um “pouquinho” de cada, costuma -se dobrar ou até mesmo triplicar a porção que deveria ser consumida.

Misturar vários tipos de alimentos e condimentos em um momento só poderão lhe trazer má digestão, dores de estomago, azia, dores de cabeça, indisposição, mal estarem, prejudicando este momento  tão mágico e especial!

Assim, auxiliando a preparação de uma ceia sem culpa mas com muito sabor e saúde, indicamos trocas inteligentes, práticas e deliciosas para substituir a ceia tradicional por uma mais leve e mais saudável. 

Assim, de acordo com as sugestões de preparações de uma ceia light, elaboramos um cardápio completo pra você.

O desafio desta época é resistir às tentações tradicionais e agradar ao paladar de todos que estão ao nosso lado nestes momentos, porém, com substituições simples e um tanto quanto saborosas, a ceia terá o mesmo sabor mas com muito mais saúde!!

Tradições nunca devem ser abandonadas, sentimentos devem ser cada vez mais expressos e momentos jamais devem ser esquecidos…

Receitas

Ameixa Recheada

Rendimento: 15 porções  70kcal/cada

30 ameixas pretas

20 amêndoas secas

8 fatias de peito de peru

3 colheres de sopa de cream cheese light

Modo de Preparo: Coloque as amêndoas em água fervente por 3 minutos. Retire do fogo, escorra e espalhe-as em uma forma e leve ao forno médio preaquecido, até dourar. Pique-as grosseiramente e misture com o cream cheesee o peito peru picado (processado). Corte as ameixas ao meio e recheie com essa mistura. Feche as ameixas. Deixe na geladeira até o momento de servir.

 

Salada de Feijão Branco,Salmão e Limão

Rendimento:4 porções   148kcal/cada

4 colheres de sopa de feijão branco cozido

2 postas de salmão cozido

4 alhos

2 colheres de sopa de salsinha

1 folha de louro

1 colher de sopa de azeite

2 colheres de sopa de suco de limão

1 colher de chá de sal light

1 colher de sopa de pimenta rosa

Modo de Preparo: Cozinhe o salmão à vapor com alho e louro e sal. Corte em pequenos pedaços . Numa tigela misture o feijão branco com o salmão , o alho. Acrescente a salsinha picada e o suco de limão, o sal, a pimenta e o azeite.Mantenha em refrigeração até servir.

 

Risoto Cítrico com Pistache

Rendimento:4 porções  280kcal/cada

1 xícara de chá de arroz arbóreo

1 limão

4 laranjas

1 cebola

20 pistaches

½ taça de vinho branco seco

1 colher de sopa de azeite

1 colher de chá de sal light

Modo de Preparo: Esprema as laranjas e o limão para retirar o suco e reserve-os. Leve ao fogo numa panela os sucos juntamente com  1/2 litro da água, até ferver. Reduza o fogo e mantenha aquecido. Pique a cebola e coloque numa outra panela juntamente com o arroz sem lavar e refogue, mexendo rapidamente, por 5 minutos. Misture o vinho e o sal e cozinhe, sem parar de mexer, até o vinho evaporar. A seguir, adicione os sucos de limão e de laranja fervente e deixe cozinhar até que o arroz fique cozido e todo o  líquido seja absorvido. Retire do fogo, distribua o risoto nos pratos e decore com rodelas do limão e da laranja reservados. Salpique os pistaches e sirva em seguida.

 

Filé ao Suco de Fruta Recheado

Rendimento: 8 porções  202kcal/cada

1 peça de carne bovina magra

¼ de copo de suco de abacaxi sem açúcar

½ de suco de uva integral

3 colheres de chá de sal grosso

1 colher de sopa de alecrim

3 ramos de sálvia

3 colheres de sopa de salsinha

3 cebolas

3 alhos

1 colher de sopa de orégano

Modo de Preparo: Retire bem a gordura da peça de filé mignon, abra-a ao meio sem cortá-la até o final. Misture o suco de abacaxi e o de uva. Coloque a peça em um saco plástico e adicione os sucos, feche e deixe no refrigerador por 30 minutos. Retire a peça, reserve o suco de fruta e  abra em uma assadeira.À parte higienize as cebolas e o alho, corte-os em rodelas e tempere com sal e orégano. Recheie a carne e enrole, fechando-a com palitos. Misture ao sal grosso com as ervas ( tomilho, sálvia e salsinha). Adicione este sal com ervas por cima da peça de filé de maneira uniforme. Cubra com papel manteiga e leve ao forno médio por 60 minutos ou até ficar cozida, retire o papel, derrame os suco de fruta e retorne ao forno até dourar. Sirva a seguir.

Cremoso de Chocolate ao Licor

Rendimento: 4 porções   120kcal/cada

1 xícara de leite desnatado

1 pote de iogurte natural desnatado

2 colheres de sopa de chocolate em pó

½ cálice de licor

1 sachê de gelatina sem sabor

3 colheres de sopa de adoçante em pó para culinária

Modo de Preparo: Dissolva a gelatina conforme instruções da embalagem. Reserve. Leve ao liquidificador todos os ingredientes e a gelatina dissolvida. Bata por 4 minutos.

Coloque o creme em taças e leve à geladeira por 4 horas. Decore com raspas de chocolate. Sirva a seguir. Opção  de licor: Amareto

 

Roseli Rossi  é  colunista do Mulheres de Quarenta. Nutricionista formada pelas Faculdades Integradas São Camilo (CRN 2084 /1983), com título de Especialista em Nutrição Clínica concedido pela ASBRAN – Associação Brasileira de Nutrição. Pós Graduada nos cursos de especialização de Planejamento, Organização e Administração de Serviços de Alimentação; Fitoterapia Aplicada à Nutrição Funcional e Nutrição Ortomolecular com Extensão em Nutrigenômica. É Diretora da Clínica Equilíbrio Nutricional e autora dos Livros: “Saúde & Sabor com Equilíbrio” – Receitas Infantis, “Saúde & Sabor com Equilíbrio” – Receitas Diet e Light Volumes I e II, Colaboradora do livro Nutrição Esportiva – Aspectos relacionados à suplementação nutricional e autora do Livro “As Melhores Receitas Light da Clínica Personal Diet”.

 

 

Add to cart
AN