Pode? Não pode!

Vamos começar pelos meninos. Meias brancas com sapato social…não pode! Não existe coisa pior do que olhar para baixo e se deparar com esse visual. Esse, para mim, é um dos piores.

Recebi um texto fantástico (de autoria desconhecida) dando dicas sobre o que os homens não devem usar. Lá vai.

Meu conselho particular: – Meninos, sigam as dicas, por favor. Nós, mulheres, agradecemos!

O que os homens nunca deveriam usar – ou ter usado:

1) O trio mais famoso do que o do Mcdonalds: pochete, bermuda jeans e sandália papete. Se vier acompanhado do celular (na capinha) na cintura então… É caso para fingir que não conhece.

2) Blazer com gola rolê por dentro. É o figurino preferido de 10 em cada 10 novos cabeleireiros recém bem-sucedidos na cidade. Esse tipo acha esse conjunto o uniforme da ‘elegância’. Geralmente abrem salão na cidade com os nomes de Roberto’s Coiffeur, Cabral’s, Antonio’s e por aí vai.

3) Sapato social de ‘franjinha’ (aquele detalhe de penduricalho em cima). Se for curto a ponto de aparecer a meia branca por baixo, a coisa beira a piedade. Esse tipo fica ótimo num dublador de Michael Jackson cantando ‘Billie Jean’ no Largo da Carioca.

4) Calça de cintura alta e preguinhas…… Cuidado com os testículos! Eles não têm culpa se você se veste mal. Gerentes de churrascaria rodízio costumam adotar esse visual acompanhado de uma vistosa camisa vermelha de seda javanesa. Correntão de ouro e pulseira de ouro é melhor esquecer. Deixe para os bicheiros.

5) Perfume KOUROS (Yves Saint Laurent) ou NATURA. Num acampamento pode ser usado como repelente (pena dos seus companheiros de viagem). Um cara que usa esse perfume se torna inesquecível. O trauma nas pessoas ao redor é irreversível.

6) Essa vai doer em muito ‘Maurício’ mas é a minha opinião: Casaquinho de lã jogado nas costas e amarrado na frente. Esse visual geralmente vem acompanhado de um cabelo arrumado pela mamãe a ‘ La Roberto Justus ‘. Tem solução, mas tem que ser mudado ainda na infância ou no máximo adolescência. Depois fica difícil.

 7) Unha suja (e sem cortar). Se você não for mecânico pode ter certeza que brochará sua namorada ou pretendente. Caso seja bonito, atlético e gostosão, ela será somente um pouco mais tolerante, entretanto, irá pedir para limpá-las assim que acabar a noite de fetiche com um desleixado. Não esqueça também de aparar aqueles pelinhos horríveis que por ventura saiam do nariz ou da orelha – em nome da higiene, please!!!!

8) Base incolor na unha. Triste amigo. Só limpar e cortar já é suficiente. Cuidado se tem esse hábito, pois daqui a pouco estará pedindo ‘francesinha’ no salão.

9) Fazer sobrancelha. Se for tirar um fio maior, ok. Agora, se for limpar e afinar nas extremidades, é melhor tomar cuidado. Daí para usar rímel e delineador é um pulo. Não estranhe se vier uma vontade incontrolável de chamar um amigo de infância para assistir ‘Brokeback Mountain’ comendo pipoca light.

10) Cueca furada ou muito vistosa (vermelha, pink, salmão, cetim verde bandeira). Amigo, por favor, treine tirar a calça puxando a cueca junto. Nenhuma mulher no mundo agüenta esse choque visual. Se ela vir a sua cueca é provável que você fique na mão (literalmente) Esqueça também a sunga branca na praia. Nem precisa explicar.

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : mulheresdequarenta

9 comentários

  1. Álvaro Martinelli 04/10/2011, 8:43 pm comentar

    Chorei de tanto rir!

  2. Jane 05/10/2011, 4:24 pm comentar

    kkkkk nem lembrava de alguns itens desses, tipo gola rolê. Só jesus na causa!
    Bjo

    • MULHERES DE QUARENTA 05/10/2011, 5:48 pm comentar

      Jane, e o molho de chaves pendurado na cintura…é o fim também, não é? rsrsrsrs
      Beijos!

  3. Katia 05/10/2011, 9:34 pm comentar

    Ufa..Graças a Deus nunca cruzei um desses!!!!

  4. Arnaldo 19/10/2011, 8:36 pm comentar

    Cara Vanessa Palazzi, este texto não é de Arnaldo Jabor. Por favor, retire o nome de Arnaldo Jabor do seu blog para evitar desentendimentos. O leitor desavisado, muitas vezes, acredita em tudo o que está escrito, inclusive na assinatura de determinados escritos. Com o advento da internet, este fenômeno tornou-se cada vez mais frequente, já que falsos e-mails divulgam, a esmo, textos que jamais foram assinados pelo autor indicado na mensagem. A senhora também foi vítima como pode-se provar em seu próprio blog. Será justa a apropriação indevida e o uso descabido de nomes de personalidades notórias, sem a conivência dos autores?

    • MULHERES DE QUARENTA 19/10/2011, 8:58 pm comentar

      Carlo Arnaldo, lamento o engano que já foi prontamente corrigido.
      Grata pela compreensão.
      Vanessa Palazzi

  5. Fatima 19/10/2011, 8:46 pm comentar

    Tá na cara que este texto não é do Jabor. Mas, por que a responsável pelo blog escreveu que é do Jabor? É lamentável usar o nome de personalidades renomadas em vão. Basta o cara ser ilustre para colocarem o nome dele em tudo quanto é texto. E o pior ! Tem gente que acredita que é do Jabor, do Veríssimo, Luís Nacif, Lya Luft, etc. Acho que nem Gandhi, Buda, Confúcio escapam ! Não me admiraria em encontrar o nome de Jesus Cristo como autor de um escrito qualquer.

    • MULHERES DE QUARENTA 19/10/2011, 8:57 pm comentar

      Cara Fátima, confome comentário do próprio Arnaldo, que segue abaixo, provavelmente fui vítima de engano, assim como pode acontecer com qualquer pessoa que está conectada ao mundo virtual. A intenção não foi a de denegrir de forma alguma a imagem de Arnadlo Jabor, jornalista assim como eu, pelo qual tenho muito respeito e admiração. Pelo contrário, caso o texto fosse dele, estaria lhe rendendo uma homenagem. De toda forma, peço que me desulpe pelo erro que já foi prontamente corrigido.
      Te espero nos próximos posts e agradeço sua colaboração aqui no Mulheres de Quarenta.
      Um abraço,
      Vanessa Palazzi

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.