Mulheres Reais

Mulheres reais! Sim, eu acordo descabelada, nem sempre quero ir à academia. Há dias que meu cabelo está horrivel e não há creme e nem escova que o faça melhorar.

Eu arrumo as camas, lavo louça e roupas. Cozinho um pouco. E se precisar limpo a casa e lavo os banheiros. Vou ao mercado também, resolvo a vida das minhas filhas, tenho um monte de boletos pra pagar todos os meses.

Sou síndica do prédio também pra ajudar com as minhas contas. Trabalho muitas vezes até tarde da noite. E quando chego, vou cuidar do jantar.

Acabei me tornando uma influenciadora digital do @mulheresdequarenta e também me considero uma formadora de opinião, já que tenho como profissão o jornalismo. Sou advogada também, mas não exerço. E para quem não sabe, estou na vida pública há quase 25 anos.

Quem me deixou os melhores ensinamentos da vida partiu há poucos meses. A dor geralmente se transforma em força para mim. E com ela eu dou um novo significado para a minha vida. Eis o segredo da minha felicidade.

Sim, eu tenho problemas. Sim, eu fico triste e choro de madrugada. Mas no dia seguinte eu acordo pronta para fazer com que meu dia seja melhor do que o anterior.
E essa força não é exclusividade minha. Essa coragem de viver e enfrentar as nossas batalhas está na essência de todas nós que somos mulheres.

Que você encontre diariamente o sentido e a motivação para ser tudo aquilo que você quiser ser!

Vanessa Palazzi
Texto @vanpalazzi
Foto by @valentina_studio
Make @stellamakeup.pro
Bijoux @estelageromini

Como emagrecer com saúde na menopausa?

 

Inevitavelmente, vamos ter que passar pela menopausa. Muitas já estão nesse período, outras ainda irão passar por ele. Adorei as dicas do endocrinologista Dr. Paulo Mário F. de Oliveira que nos orienta sobre como temos que nos preparar para passar bem por essa fase. Confiram!

“Como emagrecer com saúde na menopausa?

Com a chegada da tão temida fase da menopausa, é comum a mulher ter um ganho de peso. O desequilíbrio hormonal afeta diretamente o metabolismo e por isso muitas se sentem desmotivadas, diminuindo a atividade física e não controlando a alimentação. Porém, é possível emagrecer com saúde (ou manter o peso magro) mesmo com a mudança dos hormônios. Confira as dicas do endocrinologista Dr. Paulo Mário F. de Oliveira:

Por que a mulher tende a engordar após a menopausa?

* Nesta fase da vida, o enorme desequilíbrio hormonal que a mulher sofre afeta sua silhueta física, seu metabolismo, sua psique e acaba comprometendo suas relações sócio afetivas. Não era de estranhar que tudo isto se refletisse no peso. A grande maioria se sente desmotivada, infeliz, tende a parar de administrar balança, sua alimentação e diminui a atividade física. A falta do estrogênio por si só, diretamente, não causa aumento de peso.

Peso e alimentação indicada

* Deve-se ter bastante preocupação com a manutenção de um peso adequado dentro de uma dieta saudável, pois o excesso de peso acentua o desconforto físico causado pelas ondas de calor conhecidas como fogachos, característicos da menopausa.

* Os carboidratos complexos e ingeridos com fibras encontrados nas frutas em natura e nos grãos integrais são muito bem vindos. Ajudam na manutenção do peso e previnem doenças como diabetes e aterosclerose.

* Em sua composição, a soja contém substâncias denominadas de isoflavonas que têm uma estrutura molecular semelhante aos estrogênios. Assim, estas substâncias quando ingeridas, na forma de óleos comestíveis, shoyu, ou mesmo concentrado em cápsulas manipuladas farmacologicamente, podem diminuir os sintomas desagradáveis da menopausa. Em relação ao shoyu, como tem um teor de sal elevado, é recomendável usar a versão light. Além disso, a falta de estrogênio tende a modificar o perfil de gordura da circulação, diminuindo o colesterol bom e, em menor proporção, aumentando o ruim. Assim, alimentos ricos em Ômega 3, como peixes tipo salmão e sardinha que podem facilmente ser incorporados a nossa dieta, são recomendáveis.

* O azeite extra virgem sem menor dúvida é a melhor gordura vegetal que pode ser utilizada no preparo e no tempero de alimentos.

Deve-se evitar

* Alimentos ricos em gordura animal, carnes de vísceras e órgãos, embutidos, alimentos processados e o excesso de sal devem ser evitados pelo aumento do risco cardiovascular.

Inchaço

* A sensação de inchaço que a maioria das mulheres se queixam nesta fase da vida dizem respeito principalmente as modificações apresentadas na distribuição da gordura corporal. A gordura abdominal se acentua trazendo uma sensação muito desconfortável e esteticamente desagradável.

* Mais do que diuréticos, é imprescindível manter um peso adequado para a altura. Os chás reconhecidamente diuréticos são o verde, de hibisco e de gengibre com canela.

Exercício físico

* São sempre indicados, mas aquelas que não tinham hábito de praticar, seria mais do que conveniente que tivessem uma orientação profissional.

* O exercício que vem para trazer enormes benefícios mas pode, quando mal orientado, ocasionar lesões e comprometer temporária ou definitivamente o desempenho físico.

* É fundamental alternar atividades aeróbicas com musculação. Essas modalidades trazem benefícios diversos mas que se complementam.

* A atividade física deve ser praticada pelo menos 3 vezes por semana. Entretanto, o ideal são cinco vezes na semana sempre dentro do condicionamento individual a ser bem estimado por profissional habilitado.

Exercícios ao ar livre

* Dentro das aptidões físicas e gostos indivíduas, qualquer atividade física é saudável. Dependendo do objetivo, aquelas com mais gasto energético estão indicadas para quem precisa perder peso. Natação e bicicleta tem menos impacto físico. Corrida e esportes como futebol, vôlei, tênis, etc, tem uma exigência músculo esquelética mais intensa e estão sujeitas a um maior risco de lesão. O trabalho muscular mais intenso também pode ser alcançado ao ar livre em estações de ginástica espalhadas por toda orla marinha do Rio e em praças públicas.

Exercícios que podem ser praticados em casa

* Pode-se adaptar a residência bicicleta ergométrica e esteira para atividades aeróbicas. Assim também, em casa com facilidade pode-se realizar diversos tipos de ginástica e musculação, com ou sem ajuda de pequenos pesos que auxiliariam na obtenção de resultados.”

Paulo Mário F. de Oliveira é endocrinologista, Doutor pela UFRJ, com Mestrado e Pós-graduação pela PUC-RJ, Professor Adjunto Faculdade de Ciências Médicas / UERJ e especialista em Menopausa (CRM 52-34725/6).

 

Estilo não tem idade

Dicas da Gisele Gaspar, da Giz. Confira aí!

“Fiz este post pensando nas mulheres que não gostam de shorts e vestidos curtos, mas querem ficar estilosas no verão.

Muitas mulheres deixam de se curtir por acharem que não estão com o corpo ideal e isso acaba impactando em suas vidas. Então pare de se apegar a números, tanto da idade, quanto da balança. Sou a favor de valorizar aquilo que temos de melhor e não existe nada que não possa ou que não deva usar. 

As calças mais curtinhas, as bermudas e os vestidos longos, são super bem vindos para quem não gosta de nada curto. Esconder o braço por achá-lo gordo pode fazer parecer ainda maior. Coloca esse braço para fora, sem medo de ser feliz, garanto que seu estilo vai prevalecer diante dos seus braços.

Bijuterias, sapatos e qualquer outro acessório podem rejuvenescer o look e criar um estilo único. Outra dica é caprichar no corte de cabelo e na cor, faz toda diferença no nosso visual e no nosso estilo.

A Consuelo Blocker, que está na maioria das fotos, tem mais de 50 anos, tem um corpo normal, muito longe de ser aquela mulher sequinha e veja como esbanja elegância, estilo e charme.

A dica é experimentar peças diferentes, entender o que te faz sentir-se bem e não sofrer pelo que gostaria de usar mas não consegue.

Beijos meninas e podem enviar suas dúvidas, se possível, faço o que pedirem.

Gisele Gaspar

Mule – uma tendência que veio para ficar

Por Gisele Gaspar

A mule teve que passar de novo para eu acreditar que era amor. Não curti de cara, mas agora estou amando, além de super confortável deixa o look mais atual e moderno.

Apesar de ser baixa e ter o peito do pé fechado não achata tanto a silhueta. Fica ótima com saia midi, shorts e calça boyfriend. Ela substitui bem a sapatilha na hora de um look mais descolado, prático e confortável.

Se tem vontade, vale a pena arriscar!

Até o próximo post!

Beijo,

Gisele Gaspar

 

Como envelhecer com prazer

Por Gisela Campiglia

A primeira atitude necessária para vivenciar um envelhecimento prazeroso, é aceitar e valorizar essa fase que faz parte do ciclo natural da vida. De acordo com a lei universal da atração, quando o ser humano não se aceita, não será aceito pelos outros, a energia da rejeição vibra ao seu redor, causando repulsa naqueles que se aproximam. A depressão, ocasionada pela falta de amor próprio, sentencia a pessoa a uma velhice de solidão e sofrimento.

Procurar manter uma bela aparência, utilizando-se de tratamentos de rejuvenescimento e cirurgias plásticas é uma opção válida que pode colaborar no fortalecimento da autoestima, mas, há importantes providências que também precisam ser tomadas. Negar a própria idade impossibilita o preparo eficaz e necessário, para desfrutar de uma boa velhice.

Durante a juventude investimos no desenvolvimento de diversas habilidades, para ter uma vida adulta com boas realizações e autonomia; devemos proceder da mesma forma para vivenciar uma velhice de qualidade. Para que isso ocorra o planejamento da fase idosa não pode começar aos 65 anos, o assunto precisa ser considerado e encarado com a devida responsabilidade e antecipação. Assim como nas demais etapas da vida, o idoso é parte da sociedade e interage com o meio em que se encontra, porém, deve se adequar a um novo ritmo e estilo de atuação em comunidade. Compreendendo que cada etapa do processo da vida tem seu propósito, valor e beleza, proponho algumas reflexões úteis que possibilitam o aproveitamento prazeroso deste período da vida.

Independência Financeira: Hoje em dia é bastante comum que a segurança financeira seja um dos primeiros itens a ser planejado na vida do idoso, através da aposentadoria, poupança, ou, dos diversos planos de previdência privada existentes do mercado. Mas, nada impede que a pessoa afastada de seu trabalho tradicional continue produzindo e recebendo, em valor monetário ou emocional. A sabedoria adquirida com a idade pode ser útil em várias empresas, organizações não governamentais, na formação de jovens iniciantes, inclusive na nobre pratica da caridade. Existem muitas crianças abandonadas em abrigos do governo precisando de amor. O importante é continuar com a participação produtiva, no entanto, adaptar essa atuação a um ritmo condizente com a disposição física pertinente a idade.

Cuidados com a Saúde: De acordo com os hábitos saudáveis já desenvolvidos por cada um, a velhice exige apenas uma manutenção deste estilo de vida, acrescido de regulares consultas médicas preventivas. Porém, as pessoas que são sedentárias, fumam, ingerem bebidas alcóolicas em excesso, e costumam se alimentar com frequência de frituras e gorduras, terão que realizar uma grande mudança de hábitos para envelhecer com qualidade de vida. O desgaste físico próprio da idade, e a lentidão do funcionamento do metabolismo, exigem um ajuste de comportamento para manter uma vida saudável.

Vida Social: Um dos grandes erros, daqueles que não consideram e planejam seu envelhecimento, é acabar por viver no isolamento tedioso de uma vida sem troca afetiva. Cultivar amigos mais jovens, ou, retomar os estudos, possibilita o acréscimo de novos conhecimentos e a interação social. Se inscrever naquele curso tão desejado, o qual não havia tempo para ser realizado, iniciar a pratica de um hobby, aprender a tocar um instrumento musical. Além de hoje em dia, existir a interessante opção de cursar a faculdade da terceira idade, acessível em diversas instituições acadêmicas. A vida é um grande aprendizado, e podemos estudar e aprender sempre mais.

Convívio em Família: Poder estar disponível para a família, fato tão difícil quando se trabalha em tempo integral é uma benção. Se aproximar de seus parentes e colaborar com seus descendentes é um prazer que valoriza a sua presença no âmbito familiar. Se necessário, reveja seu comportamento, pois, ninguém deseja um ranzinza por perto, o bom humor é fundamental. Afinal, estranhos não vão cuidar de você, caso isso seja necessário. Deixar de ser ausente na família fará toda a diferença em sua velhice.

Dispondo de independência financeira, saúde, bons relacionamentos, atualização intelectual, e o carinho da família, não haverá motivos para se lamentar e lutar contra a ação do tempo. Envelhecer não é castigo, é apenas uma das etapas da vida, assuma a sua idade com a postura adequada para que ela seja fonte de realização e prazer.

 

 

Gisela Campiglia é palestrante e colunista do Mulheres de Quarenta especializada em desenvolvimento pessoal, física quântica, bioenergia, psicologia junguiana, metafísica, administração, marketing e publicidade.

Felizes sejam todos os nossos dias

“Dia Internacional da Mulher

Por Gisela Campiglia

Neste artigo especial, em homenagem ao dia internacional da mulher, trago uma reflexão sobre o comportamento da mulher moderna. Meu objetivo é ajudar as mulheres em sua atuação dentro da sociedade de hoje, sem que ela perca sua preciosa feminilidade.

Analisando a valorização do feminino na história da humanidade, observo que o  homem pré-histórico, apesar de ser chamado de primitivo, admirava a fertilidade feminina, considerando a mulher um ser sagrado devido a sua capacidade de geração. A religião wicca, que é considerada pagã e existe até os dias hoje, confere a mulher uma posição importantíssima, pois ela é a personificação da grande mãe natureza. No taoísmo, Deus é designado o Todo, ao mesmo tempo yin e yang, destacando a igualdade de importância e a complementação entre o gênero masculino e o feminino. Religiões politeístas da antiguidade, como as praticadas no antigo Egito, Grécia e Roma, também incluíam Deusas em seu panteão sagrado. Foi com o surgimento das religiões monoteístas, e a qualificação de Deus como masculino, que a Mulher passou a ser classificada como elemento secundário.

A crença de que a mulher é inferior ao homem esta presente no inconsciente coletivo, desta forma, sem aperceber-se disto, há mulheres que procuram seu devido reconhecimento tentando ser iguais aos homens. Uma triste confusão, porque o feminino é complementar ao masculino e não igual.

Dispensar explicações sobre as diferenças entre os sexos opostos parece algo desnecessário, mas, analisando a prática comportamental feminina nos dias de hoje, percebemos que uma boa parte das mulheres esta lutando contra seu sistema hormonal, e atuando de forma masculinizada. O sistema límbico cerebral da mulher é mais desenvolvido que o do homem, desta forma, ela produz em maior quantidade a ocitocina, também conhecida como o hormônio do amor. Esse hormônio é um mensageiro que estimula a formação do leite materno, também associado às emoções e ao comportamento da mulher. Enquanto a natureza masculina é mais vinculada ao combate, a objetividade e ao poder. A mulher é mais complexa, acolhedora e amorosa. Sendo uma cuidadora em essência, tem facilidade em gerar vínculos sociais afetivos. Também é portadora de uma sensibilidade extraordinária, conhecida como intuição. A natureza feminina inclui a habilidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo, ela é multidisciplinar. Em decorrência de sua característica maternal, a qual exige a capacidade de escutar, entender, acolher e solucionar os problemas de seus filhos; a mulher é uma competente comunicadora e mediadora. A pertinente busca da mulher por sua valorização deve continuar, mas, seu modelo de atuação deve ser estruturado com base em sua feminilidade.

Na área profissional, o conjunto de habilidades necessárias para exercer cargos de liderança nas empresas, vai de encontro as capacidades naturais da mulher. O grande líder da atualidade escuta, entende e motiva seus subordinados, é um cuidador. Precisa realizar multitarefas e tomar suas decisões considerando o aspecto racional e o intuitivo. Não é copiando o modelo profissional masculino, e reprimindo suas características de fêmea da espécie humana, que a mulher alcançará o sucesso. Ao reprimir sua própria identidade, a mulher pratica violência contra si mesma.

A solução para a mulher moderna é fazer as pazes com o feminino, assumindo a Deusa que há dentro de si. Recuperando a valorização de sua natureza feminina, a mulher pode utilizar seus preciosos atributos na busca de sua realização. A mulher é uma mensageria do amor na terra, mãe dedicada, geradora de famílias, ideias e negócios. É com aquele jeitinho feminino que mulher pode conquistar o espaço que tanto deseja.

O mundo precisa de amor para se tornar um lugar melhor! Vamos fazer a nossa parte e conquistar nosso espaço sagrado, atuando através da Deusa que existe em cada uma de nós!”

FELIZES SEJAM TODOS OS NOSSOS DIAS

Um beijo meu e outro da Gisela Campiglia!

 

 

Engravidar aos quarenta

img_como_engravidar_depois_dos_40_anos_15482_600Carmem, uma das nossas seguidoras aqui do Mulheres de Quarenta, me procurou para contar sobre a experiência que ela está vivendo aos 46 anos de idade. Inesperadamente, passados 20 anos do nascimento da sua primeira filha, ela descobriu que estava grávida. E é claro que eu quis saber um pouco mais sobre essa história pra poder contar para vocês. Vejam que bacana o depoimento dela.

Carmem, conte-nos como tudo aconteceu?

“Vanessa, sou casada há 27 anos. Eu e meu marido tivemos a nossa primeira filha quando eu estava com 25 anos. Por motivos de trabalho e da vida corrida que levamos, acabei adiando a outra gestação. O tempo passou e, com a chegada dos quarenta, já não tínhamos a menor pretensão.

Quando fiz 42 deixei de usar pílulas anticoncepcionais para não interferir na menopausa. O uso de preservativo foi nossa escolha como método contraceptivo. Do início do ano pra cá eu achava realmente que não estava mais no grupo que teria chance de engravidar. E foi então que inesperadamente engravidei!

Foi uma grande surpresa. A notícia que causou um grande impacto em todos nós. Minha filha, embora com 20 anos, também sentiu um pouco, afinal ela passou muito tempo sendo filha única. Hoje já está aceitando bem o fato de ter um irmãozinho. Meu marido também ficou anestesiado e radiante após o nosso primeiro ultrassom. Estamos emocionados e curtindo cada momento da gestação.”

Eu quis saber da Carmem como era estar grávida depois de tantos anos da sua primeira gestação?

“A diferença é total. Quando minha filha nasceu eu tinha apenas 25 anos. Não curti cada dia, cada momento da gravidez como hoje. Tudo, absolutamente tudo, é diferente! São novas sensações que se devem mesmo ao fato de sermos mais maduras e experientes. Na minha juventude foi tudo muito automático, até por ser a minha primeira experiência como mãe. Hoje dou valor a cada segundo da gestação.

Perguntei à Carmem se ela faria algo de diferente dessa vez.

“Estamos à espera de um menino, o Thiago. É surpreendente a renovação que ele representa em nossas vidas. Uma benção enorme. Com relação à minha primeira experiência como mãe, vou me dedicar mais, trabalhar menos e curtir meu filho intensamente. Vamos viver juntos cada momento.”

O que você diria para as Mulheres de Quarenta que desejam engravidar?

“Meu conselho para as Mulheres de Quarenta que desejam ter um filho é que é imprescindível estarmos com a saúde em dia, nos cercarmos de todos os cuidados para que o bebê e a mamãe estejam seguros. Sigam em frente e curtam e agradecem a Deus por essa benção.”

Gente, não foi demais! Adorei conhecer a Carmem e em breve queremos que ela nos apresente o Thiago! Nós, do Mulheres de Quarenta, desejamos muitas felicidades pra toda a família!

14528268_1245680955482865_1855042014_n

 

Maquiagem para pele madura

IMG-20160810-WA0038Depois de passar um dia incrível com as amigas Patrícia Magalhães, fotógrafa e proprietária do Valentina Studio e com a jornalista e maquiadora Fernanda Libretti, resolvemos fazer um post especial com dicas de maquiagem para as Mulheres de Quarenta. A Fernanda é especialista em preparar peles maduras. Ela fez uma maquiagem bonita e natural para que eu pudesse participar do meu Dia de Diva, no Valentina Studio. Hoje, ela participa do nosso blog com essas dicas super bacanas para nós. Espero que gostem. Eu adorei!

 

By Fernanda Libretti

A maquiagem para pele madura tem alguns aspectos diferentes da make feita em uma pele mais jovem, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. A regra principal (vale para todas, ok?) é que menos é mais. Quanto menos produto você usar, mais natural e mais fácil será  disfarçar as rugas e linhas de expressão.

13891923_1126466014079495_3270969969391223954_n

A pele madura geralmente é mais seca então nunca se esqueça do fator hidratante, seja na escolha da base ou na hora dos seus cuidados diários. Evite também o efeito mate, uma pele natural e iluminada com aspecto de saudável vai te deixar com a aparência mais jovem.

E por que estamos falando disso? Hoje trouxe algumas  dicas para quem já não tem mais 18 anos mas quer arrasar na beleza!

Acerte na make!

Com a pele limpa, tonificada e hidratada é hora de preparar o rosto com o primer. É ele que vai fazer a sua base deslizar com mais facilidade, fechar os poros e diminuir as linhas de expressão. Procure um primer que seja siliconado.

blur-natura-2
Natura Una Blur Me Prime / preço sob consulta (foto: reprodução)

Smashbox Primer Photo Finish / preço sob consulta (foto: reprodução)
Smashbox Primer Photo Finish / preço sob consulta (foto: reprodução)

 

Quer dicas de corretivos? Aí vai!

radiant-creamy-concealer-nars-claudinha-stoco-2
Corretivo líquido Nars / preço sob consulta (foto: reprodução)

natura_Corretivo_Facial_Cor_Bege_Claro_1
Corretivo líquido Natura Aquarela / preço sob consulta (foto: reprodução)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A base para este tipo de pele tem que ser fluida de acabamento natural ou luminoso que disfarça melhor a aparência e o melhor corretivo é o líquido. E o pó? Permitido apenas na zona T e se possível use o translúcido.

Base líquida Mary Kay TimeWise efeito luminoso / preço sob consulta (foto: reprodução)
Base líquida Mary Kay TimeWise efeito luminoso / preço sob consulta (foto: reprodução)

Pó translúcido Antibrilho Quem Disse Berenice? / preço sob consulta (foto: reprodução)
Pó translúcido Antibrilho Quem Disse Berenice? / preço sob consulta (foto: reprodução)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Base Maybelline Super Stay 24h / preço sob consulta (foto: reprodução)
Base Maybelline Super Stay 24h / preço sob consulta (foto: reprodução)

Pó translúcido MAC / preço sob consulta (foto: reprodução)
Pó translúcido MAC / preço sob consulta (foto: reprodução)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na hora de escolher a sombra evite as cintilantes que chamam demais a atenção para a região e faz com que as pálpebras  aparentem  ser muito caídas e não se esqueça do rímel que levanta qualquer olhar. Já as sobrancelhas podem ser preenchidas com lápis ou sombra marrom com um pincel chanfrado. Não esqueça de esfumar para obter um resultado mais natural.

Contorno e um pouco de iluminador estão liberados, mas sem exageros e nos pontos certos.

Quer dicas de rímel, com preço bom e alta qualidade?

big-e-illusion-mascara-extra-volume-com-efeito-de-cilios-posticos-10g-avon
Máscara para cílios Big Illusion Avon / preço sob consulta (foto: reprodução)

PROD_82638920141216020727
Máscara para cílios The Colossal Volum’ Express Maybelline / preço sob consulta (foto: reprodução)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E se te disserem pra não usar batom escuro, esqueça! Qualquer cor fica bem. Se joga!

A Fernanda Libretti está no face e também no instagram. Confiram e sigam suas dicas super especiais!

E se você quiser um Dia de Diva com a Patrícia Magalhães, entre em contato com a equipe do Valentina Studio. Eu recomendo.

Olha aí mais um pouco do nosso ensaio! Até a próxima, meninas! Beijo!

Van

Van 1

Divando

13924854_10154004308508402_6889974802535197672_nEnvelhecer realmente é uma arte. O tempo é implacável, não há como negar. A nosso favor temos a ciência, que faz com que principalmente nós, mulheres de quarenta, tenhamos algumas vantagens na área da estética.

O fato é que nem todo mundo consegue assumir a idade sem se preocupar com o que os outros vão falar. Eu, ao contrário, sempre tive muito orgulho em dizer minha idade. Em especial, quando lancei o blog Mulheres de Quarenta há exatos cinco anos. Seria impossível mentir!

Hoje, aos quase 45, sinto-me bem, realizada, sem traumas, sem medos, sem vergonha e sem medo de ser feliz. E é claro que não encaro com tanta felicidade as rugas ao redor dos olhos, a testa franzida e os cabelos brancos que insistem em aparecer mês a mês.  Mas confesso que eles me remetem à vivência e a todas as experiências que tenho e que me tornaram melhor do que eu era antes.

Mas porque toda essa ladainha? Para contar a vocês que, a convite da amiga Patrícia Magalhães, do Valentina Studio Fotografia, decidi fazer um ensaio fotográfico digamos assim, um pouco mais ousado. Ela faz um trabalho especializado para mulheres da nossa faixa etária.

Claro que eu jamais toparia fazer um trabalho que não fosse de qualidade. Mesmo porque aos quarenta, não tenho nenhuma pretensão.

Ao checar as fotos, vi um trabalho de extremo bom gosto e altamente profissional. A elegância e o requinte das fotos me animaram a ter o meu dia de modelo. E lá fui eu!

13995655_10154004818623402_7870015584748653127_o

Quero dividir com vocês, o maravilhoso trabalho da Valentina Studio Fotografia, feito pela querida e adorável Patrícia Magalhães e dizer que meu dia foi divertidíssimo. Adoramos brincar com as roupas, os acessórios e os vários ambientes que ela cria para que tudo saia com perfeição. A Patty me deixou super a vontade para fazer o que eu quisesse e o resultado…é esse aí!

13988168_10154004308213402_6132157492600844346_o 13938219_10153999817313402_8834733924122650079_o

Ah…vou deixar para que vocês façam uma avaliação.

13963002_10154005137228402_4876141108320061165_o 14054503_10154004818853402_4931197990027592995_o 13988149_10154001928668402_6387403676359745447_o

Gostou? Conheça mais o trabalho da Patrícia Magalhães do Valentina Studio Fotografia.

Para curtir a fanpage do Valentina Studio Fotografia, clique aqui ou através do Instagram.

Para maiores informações, acesse o site: http://www.valentinaestudio.com

Make up by Fernanda Libretti

 

Idade segura

A-Beleza-Das-Mulheres-De-Quarenta-13-1Recebi, através do blog, uma mensagem de uma moça de 25 anos recém-casada. Ela pedia um conselho de uma mulher mais madura – no caso eu – sobre o seu relacionamento.

Ela desabafou. Sentia-se insegura, fantasiava algumas coisas em relação ao seu parceiro e sua autoestima estava muito baixa. Tentava, a todo o momento, agradar o marido. Ele, em contrapartida, a tratava com desdém.

Mulheres da nossa idade saberiam muito bem como lidar com essa situação. A moça, ainda um tanto quanto imatura, não sabia o que fazer.

Meu conselho não poderia ser diferente.

“Cara amiga, as mulheres têm que ter inteligência nos relacionamentos. Devem saber se posicionar quando preciso e recuar em alguns momentos. Às vezes temos que deixar passar algumas pequenas coisas e brigar pelo que realmente vale à pena. Melhor ser feliz do que sempre ter razão. Essa maturidade vem com a idade, mas você já pode aprender. Felicidade não depende de ninguém, mas tão somente de você. Procure ser feliz em primeiro lugar consigo mesma. Valorize-se e seu homem passará a admirá-la. Espero tê-la ajudado um pouco. Obrigada por ter me procurado.”

Poucas palavras a fizeram feliz e mais confiante. Nada que a maturidade dos 40 nos impeça de resolver com tanta facilidade.

Ai, ai…

Ai, meu Santo Antônio!

gabi-e-santo-antonio-550x366Fico feliz quando alguém me questiona sobre o que acontece no mundo dos relacionamentos. Mulheres não se convencem mais apenas com gentilezas. Nem se deixam levar pelas flores e pelos maravilhosos jantares. Elas querem mais. Querem um homem com personalidade: que seja forte o suficiente para segurar a onda quando for preciso; que seja fiel, verdadeiro e que a valorize como mulher.

Homens por sua vez ficam um pouco perdidos em alguns quesitos. Muitos tentam impressionar não só com o que podem oferecer materialmente como também com seus atributos físicos. Outros tantos contam vantagens sobre seu desempenho sexual. Oh, pobres coitados! Não sabem o quanto se equivocam nisso.

A expectativa de encontrar o par perfeito e o desencontro de ideais levam homens e mulheres a se frustrarem nos caminhos do amor.

Mulheres do mundo moderno conquistaram o mercado de trabalho, a liberdade financeira e ficaram independentes. Desejam encontrar alguém mas exigem que o homem se comporte exatamente do jeito que elas querem. E quando eles tentam ser aquilo que não são e perdem sua essência elas, consequentemente, não o querem mais.

Eles, é claro, ficam confusos com a quantidade de mulheres que também estão à procura do par perfeito e se perdem nesse caminho. Não sabem muitas vezes diferenciar o joio do trigo. E assim trocam de parceiras a todo momento numa busca incansável da tal felicidade.

E como a esperança é a última que morre, um dia os pares se encontram. E a torcida é para que se afinem da melhor maneira possível, sem muitas cobranças e nem exigências já que isso faz parte da maturidade, típica do aprendizado que adquirimos ao longo do tempo.

Pelo menos é assim que deveria ser.

Bem, vamos continuar tentando! Acabei de acender uma vela pro Santo!

Add to cart
AN