Dicas para escolher a cor para o Réveillon

Já sabe que cor vai passar no Réveillon? Amarelo, vermelho, azul, branco, verde, rosa… Sabe o que as cores significam? Eu acredito que a cor passe um pouco de energia, mas de verdade, está muito mais dentro da nossa cabeça do que na cor em si.

É claro que o vermelho estimula e é muito sensual, o amarelo tem muita energia assim como o sol, o azul acalma, o branco passa paz e tranquilidade, e o rosa é sempre muito feminino. Mas escolha a cor que mais tem sentido para você.

Eu particularmente sou muito fã de branco, sempre uso quando quero atrair coisas boas e me sentir bem, mas isso funciona para mim. Você deve descobrir qual a cor que realmente te passa alguma mensagem e se jogar nela.

Para quem vai passar na praia e não vai a nenhuma festa, não deixe de escolher uma produção bacana só por não ter um super evento ou estar só com a família. Lembre-se, nós nos vestimos para sentirmos que estamos bem e nos fazermos bem, nunca se vista só porque alguém vai te ver. O ato de pararmos para cuidar um pouco da gente, já melhora a autoestima e nosso astral.

Essa roupa pode estar dentro do seu próprio armário, olhe com carinho e de repente você não precisa comprar nada, só algo que realmente tenha vontade ou esteja precisando.

Bom meninas, desejo a todas vocês boas festas, parando para pensar no que quer levar para o outro ano e o que não vale mais a pena. Faça esse balanço da sua vida, você vai perceber como o ano começa com um frescor e algumas copiosas resolvidas.

Beijosss e obrigada por este ano. Gosto muito de estar presente neste blog a convite da Vanessa para falar com todas vocês!

Por: Gisele Gaspar, comunicóloga, Master Practitioner em PNL, com formação na SBPNL e Consultora De Imagem. Atuou por 22 anos na área de relacionamento ao cliente.
Por uma vontade de ajudar as pessoas a serem sua melhor versão, e deixar isso visível para que sejam lembradas em todas as áreas da vida e ficarem mais perto dos seus sonhos, se especializou em gestão de marca pessoal, baseada em uma metodologia criada por ela própria que tem como o Pilar mais forte os 3vs da comunicação!

Maquiagem para as festas de final de ano

Mais um ano segue para a reta final, e com a aproximação das festas, a maquiagem pode ser um pouco mais caprichada. Sempre surgem muitas dúvidas que envolvem desde a combinação entre a cor da beleza e da roupa, até o local das comemorações.

Se você assim como eu, já está pensando na produção das festas, vem ver as dicas que trouxe hoje.

Hora de brilhar

Para as mais ousadas que adoram brilho e cor, a hora é agora. Apesar de clichê, os tons de dourado e vermelho combinam muito bem com a época e também entre si. Um ótimo exemplo, é usar a sombra dourada (caprichem no esfumado) ou um delineado gatinho dourado com os lábios em tons de vermelho.

Glitter? Liberado. Sombra colorida também! Tons de azul e verde garantem um look ousado e chique, principalmente se combinados com um batom nude.

Sol e Calor

Nesta época do ano, as temperaturas estão mais altas neste lado do hemisfério, e a preparação da pele para quem vai comemorar nas cidades tem que ser um pouco mais elaborada. Procure um bom primer e não se esqueça de limpar e hidratar bem a pele, incluindo as oleosas (procure um produto de qualidade e adequado ao seu tipo de pele).

Para quem estará na praia a minha dica é, quanto menos melhor. Uma pele bem cuidada garante que o menos é mais na hora de preparar a pele. Aqui também é possível usar os tons brilhantes, experimente as sombras metálicas ou com brilho discreto arrematando o look com um batom cremoso ou gloss que combinam muito bem com a atmosfera litorânea.

Roupa e Maquiagem

Não é preciso combinar sempre a roupa com a maquiagem. Claro que determinadas ocasiões exigem bom senso. Se você está no litoral e vai usar uma roupa leve para entrar no novo ano, então não é legal usar um super esfumado com pele matte.

Se você é nova e tem medo de errar não se preocupe, a minha dica é tente usar tons próximos à roupa que você vai vestir para a ocasião… Não precisa ser igual para não ficar exagerado, e assim você evita os erros.

Se o clássico branco fizer parte do seu look durante o réveillon, os esfumados marrom, dourado e bronze vão cair como uma luva na sua produção.

Me digam o que vocês estão preparando para este finalzinho ano. Contagem regressiva para as festas e até a próxima!

Fernanda Libretti – Jornalista de formação e apaixonada por beleza. Formada em Maquiagem pela Escola Madre, além de ter feito cursos em outras instituições. Trabalha especialmente com Maquiagem Social e Noivas – at home. Colaborou com trabalhos em curta metragens, vídeos e comerciais para a web.

Reflexões de Fim de Ano

Por Gisela Campiglia

Estamos chegando ao final de mais um ano, neste período as pessoas costumam refletir e fazer um balanço de suas vidas. Para um bom aproveitamento do ano que está por vir, o questionamento deve permear as várias áreas em que atuamos durante o ano que passou. Na intenção de colaborar, abaixo coloco alguns tópicos que vão ajudar você neste processo.

Pessoal
-Você se permitiu usar parte de seu tempo para cuidar de seu corpo físico, sua saúde, alimentação e fazer exercícios físicos?
-Você observou e cuidou de seus pensamentos e emoções? Praticou diariamente uma interiorização reflexiva, meditação, ou fez orações para buscar paz e equilíbrio?

Profissional
-Você ficou satisfeita com sua prosperidade financeira? Profissionalmente você acredita que pode ser mais criativa e produtiva? Suas relações com as pessoas no trabalho foram harmoniosas?

Laser
-Você criou tempo para desfrutar de momentos de lazer e diversão, se distrair e recarregar suas forças?

Intelectual
-Neste mundo globalizado de mudanças constantes e rápidas, você buscou pesquisar e estudar, para se manter atualizada?

Familiar
-Como foi a sua relação com seus Pais?
– Na qualidade de mãe, você esta conseguindo orientar seus filhos para serem pessoas realizadas? Colocou os devidos limites para seus filhos, sem criar inimizades? Conseguiu motivar o desenvolvimento das habilidades deles?

Romance
-Caso você esteja solteira, escolheria a si mesmo como namorada?
-Você considera que está preparada para conquistar o amor no ano que está chegando?
-Caso você esteja em um relacionamento, você conviveu com seu parceiro romântico de forma acolhedora e leal? Tolerou as diferenças e limitações do parceiro, compreendendo que ele é apenas uma pessoa em evolução com você?
-Você valorizou o fato de ter sido escolhido para ser companheiro amorosa de alguém?

Social
-Você encontrou tempo para cultivar seu relacionamento com as pessoas que tem afinidade com você? Aceitou convites para festas e convidou seus amigos para sair com você?

Espiritual
-Você assumiu a sua porção divina? Praticou uma religião com seriedade, ou atou através do princípio de amar ao próximo como a si mesmo?

Reflexão final
-Quando você olha para o ano que passou, qual sentimento se manifesta?
-Até o momento presente em sua vida, qual foi a sua contribuição para fazer deste mundo um lugar melhor?
-De forma geral, qual nota você dá para sua vida como um todo?
-O que você pretende fazer de diferente para melhorar a si, e ao mundo?

Através dessas reflexões e da prática do autoconhecimento, certamente você terá melhores chances de fazer um ótimo aproveitamento do novo ano que está chegando. De coração, desejo que esse artigo colabore com as suas realizações de vida!

Paz & Luz!

Gisela Campiglia

Formada em psicologia, física quântica, bioenergia e metafísica. Trabalha com desenvolvimento pessoal, promove palestras, escreve artigos e é colunista do Mulheres de Quarenta.

Retrospectiva de 2017

Você já parou para pensar que todos os anos é sempre a mesma coisa? Você faz uma reflexão sobre o ano que passou, lamenta-se de muitas coisas e cria um milhão de expectativas para o ano que se aproxima. É ou não é?

A grande verdade é que sempre estamos esperamos por alguma coisa. Nem sempre estamos felizes com aquilo que temos.  Queremos sempre mais. Quantas vezes nos colocamos de vítimas das circunstâncias e achamos que os nossos problemas são maiores do que os dos outros?

É claro que todos nós passamos por momentos difíceis e isso é totalmente compreensível. Uma briga de família, um rompimento inevitável de um relacionamento, um filho com problemas na escola, uma doença repentina, a perda de um ente querido, a traição de uma amiga, a perda de um emprego, a instabilidade financeira, e tantas outras atribulações que temos no dia a dia.

Não é fácil. Aprender a lidar com essas dificuldades é o nosso grande desafio.  E é claro que eu também passo por tudo isso. Sou uma mulher imperfeita que quer se aperfeiçoar a cada novo dia.

Eu busco forças no abraço que as minhas filhas espontaneamente me dão quando chego do trabalho, no telefonema da minha mãe na manhã em que estou mais atribulada. No coração que recebo repentinamente do meu marido no celular. Nas mensagens que as amigas carinhosamente me enviam, nos incentivos que as seguidoras do Mulheres de Quarenta diariamente postam nas redes sociais, nos elogios que inesperadamente recebo da moça da limpeza, nos abraços sinceros – e demorados – e nos beijos estalados.

Este ano eu ri de mim mesma, fui feliz, realizei muitas coisas, construí, desapeguei, rompi. Eu cai e me levantei. Eu me reergui.  Aprendi com todas lições que a vida me deu. Decepcionei-me com alguns e, ao invés de virar a página, joguei alguns livros fora.

Eliminei da minha vida tudo aquilo que eu não queria mais. Fiz as minhas escolhas e, por mais doloridas que possam ter sido, não me arrependo de nenhuma delas. Eu me permiti chorar quando estava triste. Sempre encontrei um ombro amigo para me amparar.

Eu me aproximei mais de Deus. Estamos em comunhão a todo momento. Deus vive dentro de mim e meu canal de comunicação é direto com Ele.

 

Eu não plantei uma árvore, mas escrevi um livro. Abri minha própria empresa, fiz  meu primeiro encontro fora de São Paulo, aumentei meu rol de amizades, vou conhecer a Espanha e farei um encontro em Portugal.

Sou uma mulher que se alimenta de seus sonhos. No ano que vem, vou seguir em frente e agradecer por cada novo dia.

E que venha 2018 com muitas boas notícias pra mim e pra você!

Bora ser feliz!

Um grande beijo e minha gratidão a todas vocês que me seguem aqui no Mulheres de Quarenta!

Vanessa Palazzi

 

 

 

O consumismo de Natal

 

Por Gisela Campiglia

Estudos realizados pela universidade de Harvard concluíram que as pessoas que não têm dinheiro para moradia, vestuário e comida, não conseguem ser felizes, porque suas necessidades básicas não são atendidas. Mas, esse estudo também mostra um resultado no mínimo curioso: as pessoas muito ricas são menos felizes do que as de classe média, porque tendo dinheiro sobrando, algumas delas se tornam consumistas, o que leva à vaidade excessiva e gera inveja. Esse tipo de pessoa começa a confundir quem ela é com o que ela tem, com isso passa a acreditar que ela é o carro que possui, as joias que usa, a roupa que veste, etc. Há um afastamento do valor próprio, e em busca da felicidade passam a comprar cada vez mais. Porém, essa busca é ilusória, porque o prazer de adquirir um bem material é temporário. Quando compramos uma roupa nova sentimos um prazer momentâneo, mas com o tempo ele passa, e a vestimenta acaba ficando jogada no armário. No objetivo de alimentar essa falsa sensação de felicidade surge um novo desejo de compra, e esse ciclo fugaz continua.

A verdade é que o consumo exagerado revela um vazio interior, um estado de infelicidade. Mas, como muitas pessoas passam a vida no automático, sem fazer grandes reflexões e praticar o autoconhecimento, elas não sabem identificar nem mesmo o que sentem. Muito triste!

Não confunda quem você é com aquilo que você possui!

O consumo exagerado revela um vazio interior, um estado de infelicidade.

Um dos princípios da filosofia budista diz que para alcançarmos o estado de iluminação precisamos nos livrar dos desejos da mente. A plenitude só pode ser atingida quando conseguimos controlar nossos pensamentos, por isso os budistas praticam mantras e meditação. As pessoas que desenvolvem uma mente agitada costumam ser mais confusas, porque têm grande dificuldade de concentração e foco. O resultado, é que elas não conseguem acessar sua fonte interna de sabedoria e conquistar a verdadeira felicidade.

Perceba que suas maiores riquezas são aquelas que não foram compradas com dinheiro. Amor, alegria, tranquilidade e gratidão não tem custo financeiro, são sentimentos que ocorrem de dentro para fora. Felicidade é um estado de consciência, ela é interna e intransferível.

No final do ano nossos desejos consumistas são extremamente estimulados pela propaganda. É Black Friday, Natal, férias, liquidações. Reflita sobre as dívidas que você pode acumular se acabar comprando o que não precisa. O consumo exagerado é muito mais fonte de infelicidade do que de felicidade. Saia do automático, não permita que as necessidades do mercado definam seu comportamento de compra.

Gisela Campiglia

Formada em psicologia, física quântica, bioenergia e metafísica. Trabalha com desenvolvimento pessoal, promove palestras, escreve artigos e é colunista do Mulheres de Quarenta.

Inspirações de Final de Ano

Por Fernanda Libretti

Inspirações de Final de Ano

As festas de final de ano estão chegando e eu não sei vocês, mas eu já estou pensando na roupa e na maquiagem nas noites de comemoração.

E foi pensando em ideias para estas festas que hoje eu trago para vocês diversas inspirações de maquiagem e cabelo que caem bem em qualquer idade.

Boca tudo

O vermelho é uma cor que vai bem em todas as ocasiões festivas e se você não abre mão de uma boca sexy e maravilhosa vá de vinho. E para ficar a cara do verão experimente um batom com fundo alaranjado. Combine com cabelo de diva, muito volume na raiz e babyliss largo fazendo ondas naturais.

 

 

Brilha muito

Aproveite a onda glow que tomou conta da maquiagem nas últimas temporadas e junte isso com todo o brilho que estas festas pedem. O combo sombra cintilante + messi hair deixa o look atual e se estiver muito calor aposte em um coque alto. E que tal trocar aquele batom mate por gloss? A versão 2017 do produto não fica com aspecto melecado e nem gruda o cabelo nos lábios

 

Sex on The Beach

Vai passar a virada de ano na praia? Nada de maquiagem forte e cabelos alinhados. Faça a linha make-up no make-up com pouco produto, pele leve e cabelos naturais ou com gel de aspecto molhado. É sucesso na certa

Dama da festa

Se você faz a linha tradicional e não abre mão de pele impecável, um lindo esfumado e cabelos alinhados tem diversas opções, inclusive os rabos e coques laterais e ainda com tranças que são chiques e atemporais.

 

Olhos coloridos

Nada melhor que uma festa de final de ano para se abrir as novas possibilidades. Você já pensou em usar um esfumado colorido?  Se for muito para você, tente incluir a cor aos poucos na maquiagem. Quem tal um lápis colorido abaixo dos cílios inferiores?

É um ótimo jeito de começar!

 

Queridas leitoras, espero que vocês tenham gostado deste último texto do ano, que vocês deixem para trás tudo o que não deu certo e abram caminho para um ano novo cheio de sucessos e conquistas e com muito mais beleza!

Feliz 2018!

Beijos!

Fernanda Libretti é jornalista, maquiadora profissional e colunista do Mulheres de Quarenta.

Os signos e os looks para o Ano Novo

m3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De olho na virada do ano, e nas esperanças de um novo tempo, a astróloga Jacqueline Cordeiro, preparou  dicas pra que todas nós aqui do Mulheres de Quarenta possamos nos inspirar para a passagem do ano.

Além de  cores, looks e acessórios certos pra cada signo, os conselhos têm também energizações, mantras, tudo para começar com o pé direito em 2017, que será um ano regido por Saturno! Que tal?

No Brasil, a tradição é usar roupas brancas, que simbolizam a paz. Se você quer manter a tradição, brinque com os acessórios e, na hora de escolhê-los, busque a cor que transmite a energia que está buscando no Novo Ano.

reveillon-17
Da esquerda pra direita: 1- vestido com saia de babados combina com o jogo de cintura dos signos de Gêmeos, Libra e Aquário. 2- vestido com franjas e casaquinho tem um toque de glamour e sensualidade que tanto os signos de Áries, Leão e Sagitário amam. 3- vestido de seda assimétrico, o toque agradável é fundamental pros signos de Touro, Virgem e Capricórnio. 4- vestido de renda, pros signos mais românticos do zodíaco; Câncer, Escorpião e Peixes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Produção para os 12 signos

1) Signos de fogo:  arianas, leoninas e sagitarianas são as mais ousadas, corajosas e impulsivas.  São as guerreiras do zodíaco.

Look sensual Aposte em vestidos com recorte triangular ou em losango para mostrar a pele nas laterais da cintura. Abuse de fendas laterais e costas de fora. É supersexy! Os vazados são ótimos para quem quer sensualizar!

Look sensual
Aposte em vestidos com recorte triangular ou em losango para mostrar a pele nas laterais da cintura. Abuse de fendas laterais e costas de fora. É supersexy! Os vazados são ótimos para quem quer sensualizar!

 

2) Signos de Terra:  taurinas, virginianas e capricornianas. São as mais focadas, responsáveis, práticas e organizadas.

Se prefere mais discrição no look branco, aposte naqueles com trabalho artesanal, como macramê, tricô, crochê ou bordados.
Se prefere mais discrição no look branco, aposte naqueles com trabalho artesanal, como macramê, tricô, crochê ou bordados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No quesito esmaltes, para a turma dos signos de terra, usem e abusem das “francesinhas”. Para as mais divertidas, os esmaltes com “confete” e de bolinhas coloridas caem super bem. E claro, os metalizados prata, dourado, azul ou vermelho também são ótimos!

 

 3)Signos de Ar: geminianas, librianas e aquarianas são as mais sociáveis, versáteis, extrovertidas e comunicativas. Vejam o que lhes cai bem!

Se vai optar pela combinação branco (paz) e dourado (prosperidade), abuse das pulseiras. Agora se quer atrair outras energias, se joga nas pulseiras coloridas de acrílico. O rosa (amor), vermelho (garra), azul (serenidade), laranja (bom humor), verde (saúde) e lilás (intuição).
Se vai optar pela combinação branco (paz) e dourado (prosperidade), abuse das pulseiras.
Agora se quer atrair outras energias, se joga nas pulseiras coloridas de acrílico. O rosa (amor), vermelho (garra), azul (serenidade), laranja (bom humor), verde (saúde) e lilás (intuição).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4) Signos de  Água: cancerianas, escorpianas e piscianas são as mulheres mais criativas e cheias de inspiração.  São as mais românticas e suaves do zodíaco.

Mulheres do signo de água amam o mar e não trocam passar a virada na praia por nenhum outro lugar. Maiô de cor preta (poder), rosa (amor) ou azul (serenidade) com saia branca longa, que pode ser plissada pra ficar super na moda, é tudo de bom!
Mulheres do signo de água amam o mar e não trocam passar a virada na praia por nenhum outro lugar. Maiô de cor preta (poder), rosa (amor) ou azul (serenidade) com saia branca longa, que pode ser plissada pra ficar super na moda, é tudo de bom!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E aí, meninas, curtiram as dicas da nossa querida Jacqueline Cordeiro?

Em breve, mais novidades sobre astrologia e moda pra vocês!

Beijos, meninas!

 

 

 

 

Um presente pra mudar seu futuro

mulheres-de-quarenta

Fim de ano chegando e é inevitável não fazermos uma retrospectiva da nossa própria vida.

A grande verdade é que nessa época, queira ou não, sempre renovamos as esperanças de que dias melhores virão e que teremos uma nova chance para realizar tudo aquilo que queremos.

Todos os sonhos que ficaram guardados na gaveta, os desejos de mudanças e vontade de fazer algo diferente em todos os aspectos da nossa vida.O fato é que todo mundo promete alguma coisa mas nem sempre consegue cumprir, não é? Por que será?

Vocês já se deram conta da força que as palavras têm? Dizem que o universo conspira a nosso favor, mas nem sempre você sabe ao certo o que realmente quer. Talvez por isso os sonhos fiquem perdidos em algum lugar.

Pensando nisso, a minha querida amiga Beatriz Zanetti, preparou um presente para que todas nós, do Mulheres de Quarenta, possamos anotar todos os nossos planos para o Novo Ano e começar 2017 com todas as metas estabelecidas.

20161112_102123

Quem não quer cumprir as suas promessas? Quer uma vida nova? Nunca é tarde para mudar!
Pare de desperdiçar sua energia com o que não vale a pena. Acredite mais em você e faça seu ano ser melhor do que nunca.
Pra começar, separe uma hora do seu tempo para dar esse presente a você mesma. Pense com carinho no que vai escrever e tenha a certeza de que tudo se realizará. Não se esqueça que somente você pode mudar a sua vida! Eu tenho fé!
Seja mais feliz em 2017!
Um grande beijo,
Vanessa Palazzi
Acesse o link abaixo com esse maravilhoso e-book para que você possa fazer todas as transformações que deseja para a sua vida em 2017!

 

 

A ceia de Natal

1222-receita-de-natal-10-dicas-site-1024x769

Você, assim como eu, deve estar se programando para a Ceia de Natal. Por isso, mais uma vez recorri a minha querida amiga e consultora de imagem Lilian Riskalla para dar dicas de como receber e o que fazer para arrasar nas Festas de Fim de Ano. Vejam as dicas que ela nos dá. Espero que gostem!

“A ceia de natal envolve muitas tradições familiares. Algumas famílias têm suas próprias receitas “secretas” para a ceia de natal, outras comem apenas os pratos natalinos tradicionais, como peru ou chester.

Cada país tem em sua ceia de natal algumas peculiaridades, muitas pessoas seguem o menu europeu, mas esquecem que é inverno no Hemisfério Norte. A ceia de natal brasileira incorporou várias receitas locais, como a rabanada e o bolinho de bacalhau, que chegou ao país com a colonização portuguesa, além de pratos mais leves adequados ao nosso verão.

rabanada_link

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se quiser sair do tradicional, opte por contratar um buffet contemporâneo ou você mesmo pode preparar receitas diferentes e montar o próprio menu da sua ceia, não faltam sugestões interessantes super fáceis de encontrar na própria net.

Se for receber durante a passagem de ano novo, prepare receitas para que seu ano novo seja próspero.

Como prato principal, prepare uma deliciosa carne de porco, acredita-se que a capacidade do animal de gerar muitos filhotes atrai prosperidade para quem a saboreia. Você pode optar também pelo preparo de um prato com peixe, pois ele é considerado o portador da boa sorte e da purificação. Devido ao grande número de ovas que ele produz, seu consumo lembra também a ideia de fertilidade para o novo ano. O arroz com lentilhas é uma ótima opção de acompanhamento dos pratos principais, é simples e rápido de fazer e não se esqueça das romãs.

Como na Ceia do Natal, você tem a opção de fugir do menu tradicional e optar por um menu contemporâneo e inusitado.

ceia-de-natal_large

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capriche na decoração da mesa, você pode inovar e criar ou montar inusitado, algo totalmente de acordo com seu estilo mesmo focando no tema,se o jantar for tradicional use uma linda toalha, num caso mais informal o jogo americano pode ser usado. As louças devem ser escolhidas para combinar com a toalha, ou com os guardanapos e flores, as brancas são mais fáceis, você pode acomodar os pratos em souplats.

decoracao-mesa-para-ano-novo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capriche nas taça, copos e nos enfeites, use castiçais, se quiser, desde que não atrapalhem a visão.”

Boas Festas!

Beijos!

Evite gafes nas festas de fim de ano

festa-nata-etiqueta

Mais uma vez a nossa querida consultora de imagem e comportamento Lilian Riskalla veio nos dar a sua contribuição para o Mulheres de Quarenta. Como estamos perto das festas de fim de ano, nada melhor do que falar sobre etiqueta nesse clima de Natal. Que tal? (Rimou! rs)

“Natal e Ano Novo estão chegando e nessa época se intensificam os almoços, jantares com amigos e familiares.  Por isso, vamos esclarecer algumas dúvidas quanto ao comportamento para evitar algumas gafes.

Quando você é a convidada…

Presentes

É gentil levar presentes para as pessoas que você conhece e tem mais intimidade, mas não existe uma obrigação de levar presentes para todo mundo, como a namorada do seu primo, a sogra do seu irmão e assim por diante. Você não precisa comprar presentes caríssimos: use o bom senso, o bom gosto e a sua criatividade.

Nas refeições

Na mesa, sente-se ereta na cadeira. Nada de despencar na cadeira. Não se precipite e nem sente em qualquer lugar. Quando a dona da casa chamar para sala de jantar, espere que ela indique seu lugar. Se for um jantar sentado, não se debruce sobre o prato que vai comer. Ao contrário, fique atenta: não reclame da comida em hipótese nenhuma, mesmo que não goste do prato.

Peça para servirem pouco e coma somente a guarnição. Se não gosta do que lhe serviram, disfarce. Toque a comida com os talheres. Se tiver ingredientes que você tem alergia, não faça alarde. Não reclame do serviço.

Você pode até beber mais de uma dose, desde que NÃO FIQUE EMBRIAGADA!

mulher-vinho-580x385

Nada de pentear ou ajeitar o cabelo, nem retocar a maquiagem enquanto estiver sentada à mesa, em momento algum use palito de dentes ou fio dental. Também é uma gafe terrível limpar os dentes com a língua ao final da refeição. Quando terminar de comer, deixe o prato exatamente onde estiver. Empurrar o prato para frente é uma grosseria imperdoável.

Se já está tarde e você não vê a hora de ir embora, deve se despedir e se retirar, sem esquecer de agradecer o convite e elogiar a qualidade da festa. No dia seguinte, telefone e cumprimente os anfitriões pela festa.

Se você é quem convida:

Em ocasiões informais, o convite pode ser feito pessoalmente, por telefone, ou mesmo por e-mail, com no mínimo, seis dias de antecedência. Receba os convidados com pontualidade, caso ocorra algum imprevisto que a atrase ao receber, peça a um membro da família para representá-la.

Receba a todos com naturalidade e descontração, seus convidados devem se sentir à vontade. Você, anfitriã, não precisa comprar presentes para todos os convidados. Em família é importante adotar um critério. Pode-se optar pelo amigo-secreto. Preste atenção aos convidados até o último minuto. Acompanhe-os  até a porta e, se necessário, até o carro, quando eles forem embora.

Você pode beber, mas NÃO FIQUE EMBRIAGADA!

Aproveite bem esse período para se programar. Espero vocês no próximo post.

Um beijo da Lilian Riskalla.”

Eu tenho valor!

julia-roberts-cabelo-ruivoTenho uma amiga que não sabe o quanto é bonita. Ela é diferente, exótica. Ruiva, cabelos ondulados, alta, esguia. Mas além de toda a aparência física chamar a atenção, ela é bonita por dentro.

Uma mulher inteligente, independente, doce, meiga, generosa. Uma pessoa muito querida. Só de olhar já dá pra perceber.

Dia desses sentamos para conversar. Ela queria um conselho. Um moço interessado por ela voltou a procurá-la. Ela não sabia o que fazer. Na verdade ele já havia tido grandes chances de estar com ela. Mas com medo daquele “mulherão”, retrocedeu.

Isso acontece com frequência. Esse mundo louco dos relacionamentos tem feito isso com homens e mulheres.

Mas a questão era se ela deveria ou não lhe dar uma nova chance? Quem sou eu para decidir? O fato é que na vida nós temos algumas oportunidades. Quando elas passam por nós é preciso pegar ou largar.

Sim, existe o livre arbítrio. Ele faz parte das nossas decisões. Mas o tempo, algumas vezes, é fundamental. Aquele tal “time” que se diz em inglês! Quando ele passa, nem sempre é possível voltar atrás. E aí, não há mais nada a se fazer. Apenas lamentar. Fazer o quê?

Minha amiga entendeu bem meu recado. Mais do que isso, ela olhou-se no espelho e sentiu-se mais confiante. Sabe que precisa de um homem que lhe dê o valor que ela tanto merece. Afinal, não é sempre que se encontra um mulherão dando sopa por aí, certo?

Feliz 2013, amiga! Muitas coisas boas ainda estão por vir! Confie!

marica cros

A felicidade alheia

foto casal sorrindoSer feliz depende de você. Única e exclusivamente? Eu diria que não!

É bom estar com alguém com quem possamos compartilhar. Claro que não dá pra viver só de bons momentos. Algumas coisinhas podem te aborrecer. Seu par também tem todo o direito de não gostar de alguma coisa.

Mas a grande questão não está aí. Se na relação ambos estiverem preocupados apenas com a sua felicidade, o castelo que vocês começaram a construir facilmente pode ruir. Também não adianta jogar a sua infelicidade nas costas do outro. Pode até ser que ele não seja um grande colaborador, mas 50% dessa felicidade depende de você.

Tenho uma amiga que acabou de se casar. Foi o casamento mais rápido que eu já vi. Em três semanas eles trocaram alianças e estão morando juntos. E muito felizes. Na simples e inusitada comemoração, o noivo falou o quanto queria ver sua mulher feliz. Era tudo o que ele queria. Eu adorei ouvir isso e fiquei contente pela minha amiga. Ela merece. Ele também.

O amor, na sua maior grandeza, representa doação. E não tem coisa mais gostosa do que ver o outro feliz na sua companhia. Isso nos dá satisfação. Bom saber que o outro sorri porque você está ao seu lado.

Sim, você pode querer ser feliz com você mesmo. Mas com a ajuda do outro, sem dúvidas você se realizará mais ainda.

Sejam felizes, meus queridos amigos!

 

Preferências

dedinhos-fazendo-as-pazesConhecer melhor um ao outro faz parte dos relacionamentos. Quando isso começa a acontecer é comum surgirem os primeiros conflitos. Claro que quando se está no estágio paixão, qualquer defeitinho é irrisório.

Mas passado esse período já se começa a olhar para o outro com outros olhos. E nessa fase podem surgir os pequenos conflitos. São aquelas tais preferencias que a gente inevitavelmente tem. Os anos as acentuam um pouquinho mais.

Sim, você já sabe bem o que quer, o que gosta, como gosta e mais do que isso, sabe melhor ainda o que não gosta e o que não quer pra você. E muito diferente de antes, não tem tanta paciência assim pra se fazer entender. Ou é assim, ou é assim, certo?

Mas é preciso ter jeito pra se colocar. Saber falar, se fazer entender. Não precisa ofender. Diga o que gosta e aquilo que não te agrada. Seja sutil. Mande recados aos poucos. Para um bom entendedor poucas palavras bastam. Atente aos sinais, eles podem vir a qualquer momento e em qualquer situação. Fique alerta!

Nem sempre as coisas sairão do jeito que você está esperando. Quando um não sabe se expressar muito bem, fala além do que deve, usa palavras inadequadas, as coisas podem se perder um pouco. E não raro acontecer uma discussão numa hora dessas. E aí você junta outras coisinhas que já vinham te incomodando e coloca tudo pra fora! Aí, sai de baixo…ainda mais se você for como eu…rsrsrs

Depois de tudo falado nem sempre você é compreendido, mesmo porque no início se expressou mal. Claro! Nem sempre o outro, que ainda não te conhece muito bem, consegue interpretar aquilo que você queria dizer. E pode se sentir ofendido, ainda que nao seja essa a sua intenção.

Bom, se o assunto esticar, pare. Se não estiver dando certo, deixe para o dia seguinte. Esfrie a cabeça. Faça as pazes, fique de bem! Comece de novo. Dê uma nova chance, afinal vocês ainda estão se conhecendo, certo?

É…tem gente que gosta de picolé de jaca…fazer o quê? Viva as diferenças!

casal-se-olhando-1294427008559_1024x768

 

Navegue… por Fernando Pessoa

menino_jesusEssa é a minha mensagem de Natal pra você e os meus melhores votos de um Feliz 2013!

“Navegue

Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá.

Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra.

Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos.

Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu.

Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde.

Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu.

As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas as faces.

O sorriso! Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o!

Quem você ama? Guarde dentro de um porta jóias, tranque, perca a chave!

Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa.

Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é outro, se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem ela.

Abra todas as janelas que encontrar e as portas também.

Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.

Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho.

Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas.

Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.

Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.

Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.

Olhe para o lado, alguém precisa de você.

Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.

Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.

Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também.

Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.

Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!

Se perceber que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente.

Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudades, mate-a.

Se perder um amor, não se perca!

Se achá-lo, segure-o!

Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada.

Fernando Pessoa”.

O presente do meu pai

Papi chapéu
É, esse é o meu velho. Ele é um barato! E ele usa chapéu!

Quando o aniversário da minha mãe se aproximava, ficávamos ansiosos esperando o presente que meu pai compraria para ela. Nunca tivemos a oportunidade de escolher. Não por nada. Mas ele não ligava para isso.

Na sua simplicidade, ele sempre achou que a agradaria com utensílios para o lar. Na data do aniversário, ele lhe dava um liquidificador novo, uma batedeira, ou ainda uma máquina nova de lavar.

Claro que a gente não achava que aquilo era o presente que ela merecia. Queríamos mais! Uma coisa diferente. Uma bolsa, um sapato quem sabe. Ele podia sim dar, mas não sabia como. Ela, na sua grandeza de mulher, recebia os presentes com amor. E nos agradecia.

Ele ficava todo feliz por ter lhe agradado! E ela estava realmente grata pelo presente.

Por outro lado, meu pai além de nunca ter deixado faltar nada para a minha mãe, sempre lhe proporcionou coisas muito boas. Claro que isso nem sempre acontecia nas datas especiais. Além disso, sempre esteve presente, em todos os momentos das nossas vidas.

Nunca vi minha mãe exigir nada dele. Ela nunca precisou. Ao mesmo tempo ele também nunca lhe cobrou nada. Um colaborou com o outro durante o casamento e se doaram na medida certa. Nem mais, nem menos, mas o suficiente para os dois.

Papi e Mami

Eles vivem bem e felizes até hoje. Claro que às vezes sai uma faísca, como em qualquer família italiana como a nossa. Eles se amam pra valer e são o meu melhor exemplo.

O amor…ah…o sublime amor. Com todas as suas nuances, ele sempre imperou entre eles.

foto Mami

O que será que minha mãe vai ganhar neste Natal? A única certeza é que, mesmo que ela não ganhe nada, abrirá um sorriso maravilhoso! Ela é assim, meu maior e melhor exemplo de mulher. Um dia eu chego lá!

Barrados no Baile

yellowhome1Participei recentemente de um programa de TV para falar sobre moda e comportamento, um assunto que confesso: eu adoro!

Com as proximidades das festas de final de ano há obrigatoriedade, em muitos lugares, de determinados tipos de trajes. E aí surgiu uma questão? E se você for “barrado no baile” por não estar adequadamente vestido? Isso pode ocorrer? Sim, pode!

Se você comprou o convite já sabendo que a festa exigia branco, melhor usar essa cor. A organização pode sim se opor ao seu traje e você já aderiu ao convite sabendo das condições da festa. Isso funciona praticamente como um contrato, certo?

A mesma coisa ocorre, por exemplo, quando você matricula seu filho numa escola onde há obrigatoriedade do uso de uniformes. Algumas empresas também exigem essa condição de seus funcionários e assim por diante. Essa bilateralidade tem que existir e se você concordar, tem que cumprir!

Os estabelecimentos públicos ou privados também podem ter algumas exigências. Você não vai jantar no restaurante mais chique da sua cidade de chinelos não é?

Claro que sou contra toda e qualquer a radicalidade! Mas tem que haver um pouco de bom senso de ambas as partes.

Do ponto de vista jurídico não existe uma norma especifica para esse assunto, mas o Poder Judiciário está aí para te defender. E se você, de alguma forma se sentir lesado por isso, poderá ingressar com uma ação judicial.

Na falta de norma que regulamente a matéria o juiz julga por analogia – casos semelhantes – de acordo com os costumes e princípios gerais do direito.

Caberá uma ação por danos morais se você se sentir humilhado ou constrangido de qualquer forma. Isso pode ocorrer.

Bom…a verdade e que você não vai querer perder nenhuma festa não è? Se amarelo te dá sorte no Réveillon, que tal comprar uma roupa íntima dessa cor? É…dizem que da sorte!!!

vestido-longo-branco-2

O que acontece comigo

A vida é uma coisa engraçada. Eu sempre encontro coincidências quando converso com alguém. Os momentos e as personagens podem ser diferentes, mas as histórias geralmente têm o mesmo enredo.

Quem na infância nunca fez uma arte? Quem não chorou a morte de um bicho de estimação? O sorvete preferido, a música que marcou a sua época, o seriado de TV e um filme inesquecível.

O primeiro beijo, o primeiro namorado e a primeira decepção da adolescência.

O boletim escolar, a professora megera, a lista do vestibular e a festa de formatura.

Uma turma de amigos, a primeira bebedeira, o ano novo na praia e as férias na casa da avó.

O cheiro da comida de casa, o primeiro emprego e uma mentira mal contada. A bronca do seu pai e o pedido de desculpas. Um abraço apertado e o colo da sua mãe.

A viagem dos sonhos e o amor da sua vida. O casamento, o nascimento dos filhos e a perda de um ente querido. As rugas de expressão e o seu primeiro fio de cabelo branco. A traição, o reencontro e o perdão.

O seu encontro com Deus.

Os anos passam, inevitavelmente e a vida continua. Momentos bons e ruins fazem parte da nossa bagagem. O que vale a pena, carregamos conosco. O resto, fica no meio do caminho.

É, o que acontece comigo, muitas vezes também acontece com você!

Que você tenha uma longa e boa caminhada.

E agora? Está melhor?

(Colaboração de Priscilla Kabakian)

Ouvimos muito esta frase quando vamos ao oftalmologista. E como vamos depois dos 40! As letras e números continuam os mesmos. O que muda apenas é a lente com a qual enxergamos o que está bem ali na nossa frente. 

Na última vez que passei por essa experiência, me receitaram novos óculos. Isso há mais de um ano. Evitei fazer esse novo investimento por um tempo. Pra que gastar um monte de dinheiro e ter que assumir que o “braço está ficando curto”? 

Mas percebi que esse item virou resolução de ano novo e, há pouco menos de um mês, lá fui eu passar pelo “assim ou assim?” novamente. “E agora? Está bom?” dizia a oftalmo enquanto mudava aquelas letrinhas minúsculas na parede. Nossa, parece que elas realmente diminuíram de tamanho!

Naquela mesma semana, recebi um convite especial para um jantar, de uma pessoa que está indiretamente na minha vida há muito tempo.  Lá fui eu com meus óculos novos – de leitura mesmo – não aqueles lindos (e caros) de sol…. Confesso, eu me rendi!

Durante o jantar, como num passe de mágica, aquela lente mudou tudo! Comecei a enxergar aquele homem de outra forma. Tentava enxergar longe quando tudo estava tão perto. Parei para pensar um pouco sobre a minha vida. Muitas coisas vieram na minha cabeça.

Depois da minha separação, há 3 anos, queria encontrar um grande amor. Procurei em vários lugares, situações e momentos diferentes.  Muitas coisas mudaram. Fiquei mais segura como mãe solteira –  ou divorciada – como preferirem.  Grandes mudanças profissionais aconteceram. As amigas que não eram tão amigas se tornaram fundamentais na minha vida. Outras amigas, que eram muito mais amigas, já não estão tão próximas. Talvez as lentes dos 40 anos me ajudaram a enxergar isso melhor.

Agora, de óculos novos e com um grande amor, sinto-me mais feliz. Sei que mesmo se meus óculos quebrarem, meu novo amor vai me conduzir pelo caminho certo. É isso que eu espero. Estou certa também que terei amigas queridas compartilhando das minhas alegrias e vibrando com o que estou sentindo.

“Assim ou assim? E agora? Está melhor?” Acho que a vida é assim mesmo, as coisas são como elas são. Nós temos que mudar a forma de enxergar, ainda que os óculos novos nos ajudem nessa tarefa.

Que cada uma de nós encontre a forma mais feliz de ver o mundo! Sim, eu uso óculos!

A mulher mais amada da festa

Deparamos-nos no Réveillon com uma cena incrível. Depois da queima de fogos, um casal dançava apaixonadamente. Ela, uma mulher de aproximadamente 30 anos, de corpo robusto – na verdade um pouco cheinha – sem nenhuma maquiagem aparente. Com os cabelos presos e um brinco bastante discreto. Loira, pele bem branquinha, olhos castanhos, de vestido curto, tomara-que-caia, ela estava feliz dançando ao lado do seu par.

Ele um homem alto, magro, corpo atlético, por volta dos seus 30 anos também. Bonito, muito bonito. Cabelos castanhos e um olhar encantador. Para ela, é claro!

O casal dançava feliz. Estavam alegres. Ele tinha um olhar apaixonado, daquele que todas as mulheres querem receber um dia de um homem. Era carinhoso. Estava alegre e satisfeito com a sua amada. Em nenhum momento saiu de perto dela. Ele a cortejou a cada momento. Dançou e cantou uma música inteira olhando fixamente nos seus olhos.

Quando a música acabou, ele delicadamente lhe deu um beijo e um abraço apertado. Ela era única naquela noite para ele. Provavelmente ela é única na vida dele.

Eu e minhas amigas ficamos encantadas. Ela era a mulher mais amada da festa. Como é bom ver que o amor ainda existe e entendê-lo das formas mais despretensiosas que existe. Sem preconceito.

A mulher mais amada da festa estava feliz. Era segura de si mesma e provou que estava livre de ser uma pessoa complexada. A mulher mais amada da festa estava com seu amado ao seu lado.

Imaginem a cena! A música está aí: Without You – David Gheta.

Que você também seja a pessoa mais amada da festa!

Add to cart
AN