Rumo aos 50

Recebi uma mensagem de uma amiga falando sobre o que tem passado nos últimos anos. Ela é uma mulher de quarenta, quase beirando os 50.

No seu depoimento pude perceber o receio que tem de ficar só. Ela vive um relacionamento há pouco tempo e tomou a iniciativa de falar para o companheiro a respeito das suas expectativas. Ela não quer viver uma “amizade colorida” para o resto da vida. Minha amiga quer um homem ao seu lado, que possa compartilhar das horas boas bem como acompanhá-la ao médico quando for preciso. Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. Por que não?

Ela abriu o jogo. Foi clara com relação aos seus sentimentos. Colocou-o contra a parede. Ele pulou fora, claro! Sentiu-se acuado. Homens detestam se sentir assim. Basta mostrar seus sentimentos e eles fogem…como o diabo da cruz!

Nós mulheres somos diferentes. Não há como negar a nossa essência. Mas a idade nos ensina a dominar as nossas emoções. Com eles, muitas vezes, é preciso usar doses homeopáticas. Não se pode cobrar nada logo de cara. É preciso esperar um pouco, principalmente no começo das relações. Tem que ter tato.

O fato é que nós somos apressadinhas. Esse negócio de nominar as relações faz toda a diferença para as mulheres. Fulano é meu namorado. Cicrano é meu namorido, e assim por diante. Para os homens não, eles não ligam muito pra isso.

A verdade é que não dá pra parar o tempo. Ele continua correndo. É rápido e veloz! E muitas mulheres, assim como muitos homens também, temem envelhecer.  Mas o tempo é incontrolável…e acima de tudo implacável. Melhor mesmo é saber envelhecer. Aceitar as pequenas rugas, os cabelos brancos e aproveitar o melhor de tudo isso: a experiência que adquirimos através dos anos.

E por conta disso, logo, logo terei que criar o blog das Mulheres de Cinquenta! E com muitas histórias pra contar. Pensa que demora? Aguardem! rsrsrsrs

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : mulheresdequarenta

1 Comentário

  1. eugeno reynaldo palazzi 30/08/2012, 12:33 pm comentar

    Meninas e meninos, aproveitem. O relógio é implacável e a vida passa num piscar d´olhos!!Depois dos 50 entdão, parecemos um bólido de fórmula 1 . Que rapidez impressionante. Antigamente passavam-se os dias, depois as semanas e agora quando nos damos conta, já estamos comprando os presentes de natal novamente!!!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.