Rir é o melhor remédio

O ditado é antigo mas não perde a sua validade.

Com a vida corrida de hoje e com todos os problemas que temos que resolver muitas vezes nos esquecemos de fazer coisas que nos dão prazer. Nem sempre nos permitimos aproveitar os momentos bons da vida. Geralmente por falta de tempo. Nem sempre por falta de opções. Isso não falta, certamente.

É preciso reservar um tempo do seu dia para fazer ao menos uma atividade que te dê prazer. Não precisa muito. Um simples momento pode se transformar numa boa risada. Acariciar o seu animal de estimação, contar uma história engraçada para o seu filho, abraçar um ente querido ou rir dos erros que você mesmo comete.

Muitas situações podem se tornar prazerosas ainda que você tenha preguiça de realizar. Basta encarar de outra forma. Quando você muda o modo de pensar pode até achar graça numa situação mais complicada pra você.

Depois de um dia exaustivo de trabalho fui me encontrar com o amigo Roberto Caruso que não via há anos. Ele é ator, muito talentoso, e tem um projeto chamado Rindô. Quando nos vimos nos abraçamos como se tivemos nos visto dias antes.

Todas as terças ele realiza um jantar regado a risos. Ele tem várias personagens e se apresenta numa cantina italiana, o  Mamarana Cantina e Lounge, em Sao Paulo.

Só posso dizer que sai de lá leve e aliviada com tantas risadas. Eu me esqueci rapidamente de todos os aborrecimentos que tive no meu dia e voltei para casa com a certeza de que “rir ainda é o melhor remédio”!

E você? Quantas vezes ja sorriu hoje, heim?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add to cart
AN