Muita calma nessa hora

Uma das boas coisas de se fazer 40 e que aprendemos a ter um pouco mais de paciência. Aquele afã da juventude, de querer que as coisas aconteçam na mesma hora, toma outras proporções.

Não que eu não seja imediatista. Sou sim! Não espero as coisas acontecerem por si só. Corro atrás do que eu quero, mas também sei esperar.

Confesso que esse é um exercício que venho praticando há alguns anos. Nada como o tempo para nos ajudar nisso.

E também aprendi a aceitar algumas coisas de uma maneira melhor. Vejo a vida de uma forma bem diferente do que antes.

É comum quando algo nos acontece ficarmos nos questionando. Muitas vezes nos achamos injutiçados. Quantas vezes questionei Deus pelas coisas que me aconteceram?

Mas hoje entendi que tudo tem um propósito, tudo tem uma razão de ser. E ainda que tenhamos que passar maus bocados, aprendemos que depois da tempestade vem a bonança. E quando ela chega, ah…como é bom.

O melhor de tudo é que depois de um tempo você passa a entender perfeitamente porque as coisas aconteceram daquele jeito.

É, a vida é um eterno aprendizado. E eu, sempre acredito, que dias melhores virão!

1 Comentários

  1. Vanessa, só este seu texto já demonstra quanta maturidade você já adquiriu para saber que a paciência é algo muito importante. Tem um “ditado” que eu acho muito verdadeiro e que se encaixa muito naquilo que escreveu: “O tempo é o senhor da razão”! Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add to cart
AN