Meus filhos, seus filhos…

HOs novos modelos de família que surgiram no mundo moderno modificaram a convivência familiar. Muitos casais são obrigados a conviver uns com os filhos dos outros: meus filhos, seus filhos e quem sabe os nossos filhos.

Na maioria das vezes a maturidade de ambos leva à construção de relações saudáveis. Outras, no entanto, são um tanto quanto conflitantes.

Sim, por que queira ou não cada um recebeu um tipo de educação que certamente reflete no modo como educamos nossos filhos. Cada um tem os seus princípios.

Muitas vezes uma atitude que nos parece normal pode ser inadequada para quem a observa. Nosso jeito de lidar com algumas situações e de resolver conflitos que envolvem nossos filhos nem sempre é o mesmo do seu parceiro ou da sua parceira.

Pior mesmo quando um dos dois se intromete na educação do outro. Ninguém gosta de ouvir críticas a esse respeito, mesmo por que por mais que estejamos errados estamos sempre tentando acertar. E aí, se ninguém segurar a onda, certamente haverá desentendimento: comentários a respeito do tipo de educação que damos aos nossos filhos podem se transformar numa grande confusão.

Reunir e conviver com esses novos modelos de famílias requer muita paciência. Ambos precisam estar dispostos a aprender. Exige tempo, mas nada impede que essa relação funcione bem. Basta querer.

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : mulheresdequarenta

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.