Impotência sexual

sexo_min_cbcd-1382580

Falar desse assunto não precisa ser exclusividade dos homens, porque muitas mulheres sofrem com a disfunção sexual dos parceiros e isso pode afetar muito o relacionamento a dois. Os homens sentem-se fracassados e, muitas vezes, entram em depressão. As mulheres, por sua vez, podem achar que o problema é com elas. Veja o que diz a sexóloga Lelah Monteiro sobre essa questão e a recomendação que ela dá para quem passa por esse problema.

“A disfunção erétil é muito mais comum do que se pensa. Todo homem irá falhar pelo menos uma vez na vida, segundo a Associação Brasileira de Urologia. Relaxe: você não está sozinho! Milhões de homens no mundo já passaram por isso!

O problema pode ser orgânico, psicológico ou, na maioria dos casos, uma junção desses dois fatores. Não aceite quando alguém falar que isso é “coisa” da sua cabeça. Pare de se culpar! As disfunções sexuais ocorrem em todo e qualquer relacionamento e o quanto antes buscarem ajuda, melhor.

diagnostico_3-600x300

Se você já foi ao médico e os exames não deram em nada, não se preocupe. Se não se trata de doença e sua saúde está ótima, cuide melhor da sua relação íntima.

Há poucos anos, não havia queixa da ejaculação precoce, mesmo porque o prazer era dado apenas ao homem. Na atualidade, os homens se queixam de falta de desejo e a da excessiva cobrança por desempenho.

Hoje, muitos homens sofrem calados, mas lembre-se que os relacionamentos incluem mais de uma pessoa, por isso é fundamental que tenham uma conversa franca para que o problema possa ser resolvido da melhor maneira possível.”

Olhar de amor

 

Lelah Monteiro é psicanalista, fisioterapeuta uroginecológica e urológica, terapeuta de casais e sexóloga.


 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : mulheresdequarenta

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.