Filhos que ensinam

Quando cheguei em casa, logo após o nascimento da minha primeira filha, abracei minha mãe e chorei.

Foi nesse momento que senti a verdadeira responsabilidade de ser mãe.

Apesar de toda a emoção da maternidade, de ser abençoada por ter a oportunidade de experimentar a melhor sensação do mundo e de ser capaz de gerar um novo ser, fui invadida pela insegurança de ser mãe. É incrível essa sensação. Ao mesmo tempo que nos sentimos completas como mulher, nos cobramos pelo êxito na tarefa que vamos ter que levar pelo resto das nossas vidas.

Minha filha me fortaleceu. Ela me deu coragem para seguir em frente. Eu sabia o quanto ela precisaria de mim.

E foi nesse momento que entendi todos os “nãos” que recebi da minha mãe. E passei a admira-lá cada dia mais.

Nos braços dela chorei e agradeci por tudo o que ela havia feito por mim, por todo o seu amor. E com toda a liberdade que uma filha deve ter com a mãe, falei dos meus medos e da responsabilidade que sentia de falhar na educação da minha pequena.

Minha mãe olhou-me nos olhos e disse:

– Minha filha, os filhos nos ensinam a viver. Sua filha tem muito pra lhe ensinar. Ela não aprenderá tanto com você como você aprenderá com ela.

As palavras da minha mãe, naquele momento, ficarão guardadas para o resto dos meus dias.

E assim tenho vivido. Tenho duas meninas que fizeram de mim uma pessoa muito melhor.

Hoje sei exatamente o significado do amor incondicional. Ainda tenho muito a aprender!

1 Comentários

  1. LIndo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! fiquei emocionda, e orgulhosa. São estas pequenas coisas na vida que fazem com que ela valha a pena de ser vivida, apesar de todos os percaussos ,sempre aparece uma gotinha de luz divina para iluminarnossas almas. OBRIGADA POR TUUUUUUUUDO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add to cart
AN