Divórcio

Motivos? Todo mundo tem. Sempre que a gente encontra alguém que se separou fica pensando nos motivos do desenlace. Muitas pessoas não acreditaram quando eu me divorciei. Nós parecíamos um casal perfeito! Mas não éramos.

Na verdade, a primeira coisa que nos vem em mente é que o casal se separa por traição. Claro, esse sem dúvida é um dos motivos mais comuns na separação entre casais.

Incompatibilidade de gênios? Sim, ela existe. Mas ninguém casa enganado! Lá no começo do seu namoro você já tinha traços da personalidade do seu par. E não adianta dizer que não sabia que ele ou ela era sim. Ninguém muda tanto em tão pouco tempo. Pode até ser que você tenha mascarado com o seu amor alguns defeitos, mas que eles estavam lá… ah isso sim, não tenho dúvidas!

A questão financeira: isso pega sim no relacionamento. Já dizia minha avó: “Antes de casar, amor e uma cabana! Depois: amor e uma cabana? Uma banana!” Rsrsrsrsrs

Ninguém quer viver junto de alguém sem construir alguma coisa. Ninguém casa para regredir, ainda mais depois que se têm filhos. A gente pensa no futuro deles, quer o melhor para eles. Hoje homens e mulheres trabalham em igualdade de condições. Ambos dividem as tarefas do lar e a criação dos filhos compete aos dois, certo?

Mas tenho ouvido muitas historias por aí! Casais que deixaram a chama se apagar (nossa, que brega isso! rsrsrsrsrs). Mas é verdade. Quando o casamento entra na rotina – e entra mesmo sem você querer – as coisas começam a desandar. Mesmo sem perceber, você se vê assistindo televisão todos os dias ao lado do seu marido ou mulher. Datena, Luciana Gimenez, Ronnie Von… Vocês se esquecem de que existe uma televisão a cabo e que mesmo em casa e possível assistir um filme bacana e estourar uma pipoca para comerem juntos!

Vocês dormem sempre nos mesmos horários. Depois do banho você coloca o seu pijama de gatinho (aí que deprê!), coloca a sua pantufa (vai me dizer que você não tem uma?) escova os dentes, entra na cama de fininho e enquanto ele pilota o controle da TV, você adormece sem nem mesmo receber um “boa noite”!

Festas, nem pensar? Sair para dançar? Bobagem: você já está casado, não e? Depois de jantar fora – o que acontece uma vez a cada quinze dias – você volta correndo pra casa, afinal, já bebeu e comeu até não aguentar mais e esta na hora de dormir!

Lugares diferentes, pra que se você tem um restaurante na rua que você mora?Bar com os amigos? Imagina! Pensou se rola uma cantada? Você não vai aguentar! O legal é sair sempre com os mesmos amigos- aqueles casais que você não suporta mais ver, mas que ele (ou ela) adora – e fazer sempre os mesmos programas: cerveja, churrasco e cuidar das crianças. Ser diferente pra quê?

Essa rotina, entre outras coisas, acaba com os relacionamentos. E o pior e que quando você esta nessa situação, não percebe a que ponto as coisas chegaram. Tudo passa a ser normal pra você. A gente só enxerga tudo isso depois que esta fora da relação.

Se você percebeu algum sinal, se isso te parece familiar, está na hora de mudar! Se a relação vale a pena, pare de achar motivos para brigar. Ao invés disso, saia para dançar depois do jantar. Encha a cara com o seu par e deem boas risadas, ainda que estejam sozinhos. Discutir a relação? Você não vai precisar mais disso.

Corre lá! Caso contrário você vai precisar encomendar o seu bolo. E eu, sinceramenete, espero que não!

9 Comentários

  1. Como sempre,muito bom! Parabéns,amiga! Eu nunca encomendei um bolo de casamento, então acho que não vou precisar encomendar esse… a maioria das situações que vc colocou são verdadeiras,acontecem mesmo…o engraçado é ouvir as amigas e os amigos te contarem isso…Sucesso

  2. O problema é que a maioria dos casamentos fica chato assim! Bom mesmo é tentar fazer as coisas sempre de um jeito divertido, e ser feliz a qualquer custo….ou então, manda fazer o bolo, rssss!
    Bjs, linda! Adorei!
    Marta

  3. É isso mesmo, amiga, estou passando por isso, e o pior exatamente como vc descreveu. Muitas vezes ficamos por comodismo (o que é pessimo, pois demonstra que no temos amor proprio). Sempre os mesmos lugares, a mesma roda… chegaaaa!!!! bjs

  4. Fiquei casada por 20 anos. Posso dizer que fui feliz…até meus filhos ficarem adultos e sairem para estudar fora. Quando ficamos “nós dois” naquela casa enorme,decobrimos que éramos dois estranhos. Acho que ficamos voltados aos filhos e esquecemos o lado sentimental, e vamos levando o casamento.
    Eu não fiquei acomodada e quis viver,por isso me separei. Foi bom para os dois…

  5. ESTA FOI PERFEITA E NÃO SERVE SÓ PARA OS CASAIS DE QUARENTA ANOS , MAS PARA ATÉ PARA OS DE QUARENTA ANOS DE CASADOS!
    VOU REPENSAR O MEU.RSRSRSRSRS.

  6. Muitas vezes a rotina é assim mesmo, sem novidades, sem nenhuma emoção….Mas ver os filhos crescendo, encontrar os mesmos e fiéis amigos, comer na mesma pizzaria onde a gente já é conhecido e bem tratado não é ruim. Acho que é uma das fases de um relacionamento, chamado casamento, que esta sempre em mudança. Se agora esta chato, amanhã pode estar muito legal e assim os anos vão se passando…
    Essa é só a minha opinião.
    Bjos

  7. Isso ai que você estão sentindo é um demônio para acabar com a felicidade de ambos…. como alguém pode ser feliz tendo que apresentar um Padrasto para seus filhos? Qual é a referência que eles terão após o divorcio ????

    Como se existisse algum divorcio bonito…

    Como se alguém dedicasse 20 anos de uma vida para no meio dela ter que começar tudo de novo…

    Como se o amor nunca tivesse existido…

    Cruzes… pense agora em se casar de novo, e quando estiver se casando pense que haverá de novo um fim, porque quem não concluiu um casamento certamente não concluirá um segundo!

    Milhões de dúvidas dizendo:
    Quem esquece o outro mais rápido?
    Quem se dá melhor na vida primeiro?
    Quem tem mais estomago para enfrentar as horas de solidão?
    Quem é mais psicólogo para educar os filhos depois do divórcio?
    Quem é o pai ou a mãe mais amado?

    Vocês só podem estar loucas arrumando lados bons para uma desgraça…. a vida jogada fora!

    Me desculpem mas…. por pior que seja, você teve um grande motivo para começar…. impossível não ter um igual para continuar!

    Beijos fiquem com Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add to cart
AN