Descubra como dizer adeus aos ácaros e evitar alergias

Você sabia que os ácaros são grandes correspondentes de algumas alergias do cotidiano? Esse ser minúsculo, possível de ser notado apenas por microscópio, é responsável por gerar, muitas das vezes, rinite, asma alérgica e dermatite atópica.

Ele consegue sobreviver facilmente em colchões, tapetes, almofadas, bonecos de pelúcia e roupas de camas, e também gosta de habitar em lugares úmidos.

Um tapete de um metro quadrado consegue abrigar cerca de 100 mil ácaros, esses bichinhos mortos, que fazem parte da subclasse do Acari e Acarina, que são os mesmos que os carrapatos, podem subir junto da poeira e facilmente ser inalado.

A partir disso começam os relatos das alergias que citamos acima, e que destacaremos como diferenciar uma das outras.

Rinite

Uma inflamação que ocorre na membrana nasal, e que pode ser crônica ou aguda.

Com diferentes tipos, existe a renite irritativa, medicamentosa, vasomotora, alérgica e a menos comum, da gestante, do idoso, do esportista e a gustativa.

As crises de rinite alérgica podem ter várias causas. A própria poluição, pólen, poeira, tintas, mofo, fumaça de cigarros, inseticidas, combustíveis, perfumes, enfim, qualquer substância a qual a pessoa seja alérgica.

Os sintomas são congestão nasal, espirros constantes, coriza, prurido e ardor nos olhos, nariz e boca e, eventualmente, dor de cabeça e febre.

Em caso de sintomas, busque sempre a ajuda de um especialista da área.

Asma

A asma está presente na vida de muitas pessoas, tanto dos adultos quantos das crianças. Tornando-se mais comum durante a infância! Conhecida como doença inflamatória crônica, ela irrita ou inflama as vias respiratórias, causando tosse, chiado ou aperto no peito.

Pode ser alérgica, causada por contato com fumaças, produtos químicos e mudanças de clima. Embora seja mais conhecida como bronquite alérgica ou bronquite asmática, nos casos mais avançados o termo correto é asma.

Como a cultura brasileira tem muitos mitos, para a asma, também existem alguns. Entre eles:

A bombinha vicia

Chás e simpatias possuem efeitos curativos.

Dermatite atópica

A dermatite atópica, também conhecida como eczema atópica, uma doença inflamatória crônica, com início mais frequente na infância, causa erupções na pele, resultando em lesões avermelhadas que apresentam crostas, coçam, descamam e às vezes ficam úmidas.

Geralmente está interligada a pessoas que tenham história familiar de asma, rinite alérgica ou dermatite atópica, podendo se agravar por conta de grandes exposições ao ácaro.

A Dermatite é mais comum na infância e pode desaparecer com a idade, assim como piorar. Sua incidência vem aumentando gradativamente, principalmente em regiões urbanas, chegando a acometer até 20% da população.

A dermatite atópica, como a maior parte das doenças alérgicas, não tem cura, porém existe a possibilidade de desaparecer com a idade. Com tratamento, seus sintomas podem ser controlados.

Meio de prevenção

A higienização é a forma mais correta para a eliminação dos ácaros, com isso indicamos aqui a Tech Haus, uma empresa qualificada e responsável de limpar os lugares onde esse ser vive.

Assim, fica muito mais fácil viver tranquilamente sem o alarde do ácaro, prevenindo-se das doenças acima elencadas.

Para mais informações, acesse: https://instagram.com/techhausbrasil?igshid=l80gqlgxn6aq

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add to cart
AN