De bem comigo

mulher-ciclista-bicicleta-650x350No almoço de domingo minha mãe me perguntou como eu me sentia. Mães têm essas perguntas guardadas no baú. Na verdade ela queria saber como estava meu coração.

Naquele mesmo dia eu havia saído sozinha pra andar de bicicleta. Nesses momentos eu aproveito para pensar na vida. O vento batendo no meu rosto me deu uma sensação incrível de liberdade. Fazia tempo que eu não me sentia assim. Uma imensa felicidade me invadiu. Respirei profundo e pedalei ainda mais forte.

De repende, eu me dei conta que sou ótima companhia para mim mesma. E que nem sempre me importo de estar só. Descobri que algumas vezes não só gosto, como preciso ficar quieta, a sós comigo mesma. Nessas horas eu me encontro. Deixo meus pensamentos à vontade. Tenho uma franca conversa com meu consciente e coloco minha cabeça no lugar.

Eu me questiono e encontro as respostas para todas as minhas perguntas. Faço afirmações. Censuro-me. Aconselho-me comigo mesma. Resolvo meus problemas. Identifico meus erros e encontro as soluções. Traço metas, faço planos, sigo meu caminho. Faço promessas. Peço perdão.

Contei sobre o meu passeio para a minha mãe. Ela me abraçou e me deu um beijo. Minha mãe, melhor do que ninguém, sabe que eu trilho meu próprio caminho. No aconchego do seu colo, eu suspirei aliviada.

É…sinto-me bem comigo mesma.

Feliz Páscoa pra você!

4 Comentários

    1. and done, and the cubs keep who they are going to keep, and thow some bones to the guys who nevsrdede/ee a raise, they will have about 30 mil to spend… if they want to keep the payroll the same. this does not include any relief they might get if they move Z or Sori.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add to cart
AN