Como anda sua autoestima?

 

tristedeprimida-e-sozinha

Recentemente uma leitora do blog me procurou para falar sobre a sua baixa autoestima. Ela estava numa pior. Havia acabado de se separar, filhos para cuidar, a instabilidade financeira lhe dava muita insegurança, problemas familiares e tantas outras coisas mexiam com o seu emocional.

Eu me lembro bem de algumas fases difíceis pelas quais já passei. Num desses meus momentos, cheguei à conclusão de que não conseguiria sozinha. E sim, esse foi o melhor remédio para que eu pudesse me levantar e sair do fundo do poço. Quem nunca?

Nem sempre as pessoas se dão conta de que uma ajuda profissional pode ser o melhor caminho para começar a se reerguer. Claro que é preciso querer, afinal, é impossível ajudar quem não quer ser ajudado.

Se isso acontece com frequência, eu diria que sim. A vida corrida, as responsabilidades, os medos e as incertezas podem nos abalar a qualquer momento. Vivemos num mundo competitivo, estressado, cheio de afazeres que nos afastam, queiram ou não, dos nossos momentos de lazer, do descanso, do convívio em família, da ida ao cinema, do sorvete com os filhos, da volta no parque, do descanso na rede, do mergulho no mar.

Conversei com a nossa amiga leitora porque é reconfortante saber que alguém já passou e sabe da sua dor. Todas nós sabemos que as mudanças devem vir de dentro pra fora, mas às vezes dar uma “maquiada” no seu exterior pode ajudar a melhorar a sua autoestima. Nada de ficar jogada na cama. Também não deixe de cuidar do seu visual. Ainda que tenha que ficar em casa, tome um banho gostoso, arrume o seu cabelo, passe um batom e coloque uma roupa que a deixe feliz.

Afinal, não podemos deixar a peteca cair. É preciso seguir em frente. Nas situações difíceis é preciso parar, respirar, dar tempo ao tempo para que tudo volte ao seu lugar. As orações, nesse momento, são libertadoras, principalmente para quem nunca perde a fé.

Um beijo e até a próxima!

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : mulheresdequarenta

2 comentários

  1. Marta suely 30/11/2016, 10:54 am comentar

    JÁ tive momentos difíceis em minha vida. Ainda hj sinto que doi. As lágrimas escorrem com facilidade ao lembrar dos dias escuros que passei.
    Agradeço a Deus e as pessoas que me ajudaram. Ainda preciso de ajuda, porém eu acredito em Deus eu acredito em mim. Posso melhorar a cada dia…SÓ depende de mim. Uma coisa é certa , na minha vida … Amo o sorriso e distribuo ele a todo momento como fonte de alimento e alegria que me ajudam a viver melhor. Obrigada. Bom dia…

  2. Ótimo post!
    Conheçam meu trabalho de fotografia que resgata a essência da confiança feminina em http://deborahmenezes.com

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.