Reposição de colágeno após os 40

Se você costuma procurar elementos para a sua saúde, com toda a certeza já ouviu falar sobre colágeno, uma proteína que serve para dar firmeza à pele e às cartilagens, e ainda gerar uma série de benefícios para o nosso corpo. O colágeno age como uma espécie de “tijolinhos”, que deixam a nossa pele firme e lisinha.

Além do nosso próprio corpo produzi-lo, ele também é fabricado de forma artificial, mas mantendo as propriedades benéficas quando o administramos. A produção tecnológica ocorre porque após os 30 anos o nosso corpo vai diminuindo a fabricação de colágeno, fazendo nossa pele ficar mais flácida e contribuindo para a formação de rugas.

A produção do colágeno pode ser feita a partir de alguns materiais, mas se o assunto for pele, unhas e cabelo, o colágeno de Verisol é perfeito. Atualmente, são disponibilizadas no mercado diversas marcas dessa categoria, e uma delas é o Collagen Vhita, produto que repõe o colágeno, de forma que ajuda substancialmente a diminuir a profundidade das rugas, deixa as unhas mais fortes e menos quebradiças, hidrata e gera mais elasticidade para a pele, e previne a queda de cabelos por deixá-los mais fortes.

Disponível tanto em pó quanto em comprimido, isso faz com que você possa escolher o mais prático para você. Puro e com sabor neutro e suave, pode ser consumido com frutas, iogurte, sopa, água com limão, suco, chá… É só usar a criatividade.

Alguns estudos sugerem que o consumo do colágeno deva ser feito no período da noite, porém não é um consenso entre os pesquisadores. O que de fato é realmente comprovado, é que é necessário tomar todos os dias para ter resultados. Então se para você for mais fácil lembrar de tomar de manhã, é melhor você tomar neste horário do que tentar tomar a noite e esquecer.

Os estudos mostram que os primeiros resultados já podem ser vistos com dois meses de uso, que é o tempo que dura o pote da marca! Ou seja, comprando apenas um, você já vê os alguns resultados. 

Se interessou? Veja mais informações sobre como escolher o melhor colágeno no Blog da Vhita: https://blog.vhita.com.br/colageno-qual-o-melhor/

O Mulheres de Quarenta preparou uma surpresa especial para você: 10% de desconto na compra do Collagen Vhita. É só você usar o cupom MULHERESDE40 na hora da compra. Acesse e confira: https://bit.ly/30cXg6o 


Os ciclos da vida – Conheça a teoria dos setênios

A teoria dos setênios faz parte da Antroposofia, filosofia criada por Rudolff Steiner, também fundador da Pedagogia Waldorf. Segundo ele, a Antroposofia é “um caminho de conhecimento que deseja levar o espiritual da entidade humana para o espiritual do universo”.

A TEORIA DOS SETÊNIOS

A teoria dos setênios foi criada a partir da observação dos ritmos da natureza e da própria natureza no sentido da vida. Segundo a teoria, a vida é dividida em fases de sete anos, onde podemos compreender com mais facilidade a condição cíclica da vida humana. Em cada uma das fases somamos mais conhecimentos para nossas vidas e buscamos novos desafios.

SETÊNIOS DO CORPO

Os três primeiros ciclos da vida, dos 0 aos 21 anos, são denominados setênios do corpo. Este é o período em que há o amadurecimento físico do corpo e a formação da personalidade.

SETÊNIOS DA ALMA

Os três ciclos posteriores, dos 21 até os 42 anos de idade, são chamados de setênios da alma. É neste período em que superamos as experiências básicas vividas. Nele nos inserimos na sociedade e fazemos escolhas como em que área vamos trabalhar, se vamos formar matrimônio, se vamos conviver mais ou menos com nossa família…

ÚLTIMOS SETÊNIOS

Apenas após os 42 anos, chegamos aos últimos setênios. Eles só acontecem quando estamos preparados para a imersão na vida com profundidade, maturidade e espiritualidade.

FASES DA VIDA

Abaixo você irá conhecer as características de cada um dos setênios, permitindo assim seu entendimento e reflexão sobre os ciclos da vida.

0 a 7 anos – O ninho

O primeiro ciclo é a primeira infância. Aqui está a fase de individualização. É quando ocorre a construção do nosso corpo, que já foi separado de nossa mãe, e de nossa mente e personalidade.

Neste setênio é importante viver o movimento livre, as brincadeiras e a corrida. A criança precisa conhecer seu corpo, assim como seus limites. Ela deverá formar aqui suas percepções de mundo. É por isso que neste setênio, o espaço físico é importante, tal como o espaço do viver espiritual e o do pensar.

7 a 14 anos – Sentido de si, autoridade do outro

O segundo setênio que vivemos é o que permite um profundo despertar do sentimento próprio. Os órgãos que se desenvolvem nesta fase são os pulmões e o coração.

É nesta fase que a autoridade dos pais e também dos mestres ganha um papel de importância, pois serão eles os mediadores do mundo no qual a criança será inserida. É importante verificar, no entanto, que a autoridade excessiva fará a criança ter uma visão cruel e pesada do mundo.

Contudo, se a autoridade e a cobrança dos pais e professores é mais fluída e sem ressonância, a criança achará que o mundo é libertário, e isso fará com que ela não tenha os comportamentos perigosos inibidos. É, portanto, o papel dos adultos determinar a imagem de mundo que a criança terá.

14 a 21 anos – Crise de identidade

Nesta fase, de puberdade e adolescência, vive-se a busca pela liberdade. É a fase em que não se quer pais, professores e outros adultos pegando no seu pé. Aqui o corpo já está formado e é quando acontecem as primeiras trocas com a sociedade.

Quando se chega neste setênio, o corpo já não necessita mais de tanto espaço para a locomoção e o ‘espaço’ agora tem outro sentido, o da possibilidade de ‘ser’. É aqui a fase em que se precisa se autoconhecer e ser reconhecido. É o momento em que se questiona a tudo e a todos.

Mas é aqui também a fase do discernimento. É quando as escolhas de carreira e profissão são feitas. É a época do vestibular, do primeiro emprego e do início da liberdade de vida econômica.

21 a 28 anos – Independência e crise do talento

A individualidade ganha força neste setênio na tentativa de estabilização. É quando há o fim do crescimento corporal e começa um processo de crescimento espiritual e mental.

Muitas vezes é a época em que não se mora mais com a família e quando já não se está mais na escola, sendo assim um ciclo de emprego, autoeducação e desenvolvimento dos seus talentos.

Este é um ciclo de emancipação em todos os níveis. Ainda assim, é uma fase em que os outros influenciam muito na tomada de nossas decisões, pois a sociedade dirá o ritmo da vida de cada pessoa.

Neste setênio, os valores, lições de vida e aprendizados começam a ter mais sentido. Nossas energias já estão mais pacificadas e ter nosso lugar no mundo passa a ser o objetivo principal. Quando não se atinge os objetivos, muita ansiedade e frustração são geradas.

28 a 35 anos – Crises existenciais

Já ouviu falar da crise dos 30 anos? Pois ela faz parte deste setênio e há uma explicação para sua existência. No 5º setênio iniciam as crises da vida. É quando há um abalo de identidade, a cobrança pelo sucesso ainda não atingido, e o início das frustrações e da tristeza por ter a certeza de não poder tudo.

Existe muita sensação de angústia e de vazio entre aqueles que estão nesta fase. Os gostos mudam e as pessoas têm a sensação de não se conhecerem. Sentem-se impotentes durante esta passagem da juventude para a maturidade, quando têm de deixar de lado a impulsividade para passar a encarar a vida com mais responsabilidade.

35 a 42 anos – Crise de autenticidade

Este setênio tem ligação com o anterior, onde as crises existenciais começam. Aqui vive-se uma crise de autenticidade gerada pelas reflexões ocorridas no ciclo anterior.

É quando se busca a essência em tudo e em todos, nos outros e em nós mesmos. Há um desaceleramento do ritmo da mente e do corpo, o que faz com que seja mais fácil alcançarmos frequências mais sutis de pensamento.

Nesta fase é muito importante ir atrás de coisas novas para fazer.

42 a 49 anos – Fase do altruísmo x Querer manter a fase expansiva

Neste ciclo sente-se um ar de alívio, recomeço e de ressurreição. A crise dos trinta já perdeu força e é o momento em que se busca de forma desesperada por coisas novas que façam que a vida tenha um sentido.

É a fase em que se pensa com menos melancolia sobre as questões existenciais e se age mais. É quando aquilo que ficou mal resolvido começa a ser solucionado. Por vezes é quando as pessoas pedem demissão de um emprego que não suportam, pedem divórcio ou mesmo resolvem ter um filho.

É quando nos sentimos saudosistas e queremos reviver as memórias da adolescência, de quando erámos jovens. É uma frase fruto do medo do envelhecimento.

49 a 56 anos – Ouvindo o mundo

Aqui há o desenvolvimento do espírito. Este é um setênio positivo e tranquilo. É quando você percebe que as forças energéticas voltam a ficar centradas na região central do corpo. O sentimento da ética, do bem-estar, da moral, e das questões universais e humanísticas também se mostram em maior evidência.

Nesta fase da vida se está mais consciente a respeito do mundo e também sobre nós mesmos.

56 anos em diante – Fase da abnegação e da sabedoria

Segundo a Antroposofia, a partir do 56º ano de vida há uma brusca mudança nas pessoas e na forma como se relacionam com o mundo. Esta fase evidencia uma volta para dentro de si próprio.

Neste setênio é importante estimular a memória e a mudança de hábitos. Isso porque, o período da aposentadoria pode se mostrar como algo limitador, principalmente para quem sempre focou a vida no status profissional e que agora acredita que não terá outra forma de se autorrealizar.

Texto enviado por Genésio Lopes 

Genésio Lopes: Facilitador em constelação institucional, 59 anos, filho de imigrantes portugueses, autodidata, desenvolve atividades profissionais desde 1976 nas áreas da indústria, comércio e serviços, empresário (fundador e proprietário da Belfogões), Diretor do Incoi instituto de constelação integral, membro da Sociedade em Defesa Do Litoral Brasileiro, consultor do Lab Evoluir em sistemas de Meta modelos administrativos, apresentador do programa de TV Visão Sistêmica, fotógrafo, consultor metafísico para instituições, terapeuta alternativo em Reiki, consultor em Feng Shui, palestrante espiritualista, estudioso das filosofias orientais, estudioso em sistemas de alimentação, alem de consultor e incentivador na criação de várias instituições, é ativista sócio-ambiental, comunicador na rádio Mundial – programa Tal Pai Tal Filha e voluntário em Arautos do espiritismo;

Colaboração: Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista): jornalista, atua com produção de conteúdo para redes sociais e blogs, e assessoria de comunicação!

Quando você se torna mãe do seu marido

Recentemente, recebemos por inbox uma mensagem de uma leitora do Mulheres de Quarenta, desabafando sobre geralmente ser a “mãe” de seus parceiros amorosos, situação recorrente cada vez mais nos relacionamentos. 

Mas como isso ocorre?

Para entender o contexto, é necessário reparar como nós mulheres fomos educadas. Desde crianças, fomos ensinadas a cuidar sempre, primeiro de nossas bonecas, depois de nossos familiares, então de nossos amigos… Fomos aprendendo no dia a dia sobre a importância de sermos mães e fazermos isso sempre de forma muito bem feita. Sendo assim, muitas mulheres acabam levando isso que aprendemos já de berço para as relações afetivas, e isso é normal.

Com muitos casais, é a mulher que cuida de tudo do homem, sempre pronta para ajudá-lo inclusive em questões que só caberiam a ele. É a mulher que prepara a comida dele diariamente, que o acorda, paga suas contas, arruma sua roupa, lava a sua louça e deixa tudo absolutamente lindo e organizado para que ele não se estresse e fique mais feliz.

Se identificou? Sim? Pois saiba agora que o que você está fazendo pode ser um grande veneno para si mesma.

O primeiro ponto, é que você provavelmente em algum momento se sentirá exausta e sem vontade de cuidar de si própria, por tanto tempo gasto cuidando do “filhão”, que na verdade deveria ser um companheiro para um cuidar do outro, e não só você se desdobrar pelos dois. É aí que a atração vai sumindo, o desejo diminuindo e a vontade de estar ao lado da pessoa minando cada vez mais.

O segundo ponto, é que em muitos casos o próprio homem passa a te olhar de outra forma. Aquela mulher incrível que ele conheceu e queria conquistar cada vez mais, virou alguém que só vive para ele e nem ao menos tem personalidade própria.

O resultado dos dois tópicos acima? Relacionamento em falência.

Portanto, reveja tudo o que você faz por ele. Eu sei que parece difícil simplesmente deixar esse tipo de comportamento de lado, porém, se você começar a analisar e deixar de fazer cada coisa, fica muito mais fácil. 

Não estou dizendo para deixar de cuidar do seu amado, e sim, para tornar o relacionamento muito mais leve para ambos. Somos seres individuais e com total capacidade de resolvermos nossos problemas da melhor forma.

Confira abaixo algumas dicas do que não fazer para começar a deixar de lado:

1 – Não refaça tarefas mal feitas por ele: Muitas vezes, quando nos tornamos mães dos nossos maridos/namorados, queremos tudo do nosso jeito, e se eles fazem algo que não gostamos, nós refazemos tudo. Pare com isso, essa atitude o desmotiva e faz com que ele perca a vontade de fazer esse tipo de tarefa e deixe para você.

2 – Não faça lembretes sobre o que ele precisa fazer: Deixe-o se virar um pouco, por mais que às vezes ele possa esquecer de algo, é errando que se aprende, não é mesmo?

3 – Não o poupe das tarefas de casa: Dividir tarefas é essencial para que nenhum dos dois fique sobrecarregado, não exija tanto de você.

4 – Não o controle o tempo todo: Controle e preocupação são diferentes. Ninguém é feliz com alguém pegando no pé.

5 – Não faça tudo para ele: É essencial que ele tenha capacidade de fazer tarefas básicas do dia a dia, para até mesmo amadurecer como pessoa.

Lembre-se, se ficar com dificuldades, procurar um profissional como um psicólogo ou psicanalista é sempre válido. Fique atenta ao que você sente!

Querer terminar após anos de casada, o que fazer?

Quando as pessoas se casam, geralmente elas imaginam que o relacionamento dure para sempre, porém não é em todas as vezes  que isso ocorre e é normal. Segundo o IBGE, a maioria dos divórcios acontece a partir dos 40, o que aponta essa fase ser um período de reflexão no relacionamento.

Muitas vezes, são apenas crises que acontecem no casamento, porém, em alguns casos realmente não há o que fazer sendo o divórcio a única opção viável.

Hoje, vamos falar do momento em que realmente não há o que fazer na relação, quando todas as tentativas já foram pelo ralo. Confira algumas dicas do que fazer!

Coloque um prazo para terminar

Quando você tomar a decisão do término, uma boa alternativa é colocar um prazo para si mesma para por um fim ao relacionamento. Caso contrário, você adiará cada vez mais o momento final.

Priorize sua felicidade

Muitas vezes após alguns anos de relacionamento, na hora de dar adeus ao companheiro pode ser que você sinta um pouco de pena por deixar a pessoa que conviveu por tantos anos. Porém, é importante que você pense que infeliz você jamais conseguirá fazer a pessoa ao seu lado feliz.

Portanto, prolongar uma relação que não quer, fará mal a ele também.

Tenha coragem

A coragem é a grande diferença entre ser feliz ou não, portanto, é essencial que você olhe para dentro de você e busque coragem onde se sentir melhor para definitivamente colocar um fim ao relacionamento que não deu certo. Conversar com amigos pode ajudar e começar terapia pode ser tudo o que precisa para ter a grande coragem.

Seja clara

Seja clara no dia a dia com seu companheiro sobre as coisas que não estão te fazendo feliz, para que na hora do término ele não seja simplesmente pego de surpresa. Mostre exatamente o que não te agrada.

Cuidado com os filhos

O momento pré-termino pode ser um tanto quanto conturbado, com muitas brigas e problemas, exatamente por isso é essencial que você saiba deixar os seus filhos fora de todo esse problema. Não brigue na frente deles e nem ao menos leve a eles as suas impressões sobre o companheiro. É essencial poupá-los desses problemas para que não vejam o pai com outros olhos.

Saiba como relaxar nas férias

A temporada de férias já está começando e a palavra de ordem é relaxamento. Principalmente para as mulheres de quarenta, que costumam ser muito ativas e cheias de atividades na agenda. Porém, nem sempre é possível apostar em uma viagem, seja por questões financeiras ou por tempo, e é aí que entram opções bem mais em conta para descansar.

Nós separamos para você 10 opções de relaxamento para você curtir durante as férias. A maioria pode ser feita em casa por você mesma, porém, você também pode optar por algo diferente. Confira:

1 – Massagem terapêutica

A primeira opção para relaxar durante as férias é para ser feita justamente no começo: contratar o serviço de massagem terapêutica. Por meio dele, você poderá aliviar as tensões da rotina que passou e ficar pronta para os entretenimentos dessa época.

2 – Passeios no parque

O contato com a natureza é uma ótima forma de relaxarmos e nos sentirmos mais tranquilos e equilibrados. Por conta disso, passeio no parque, seja sozinha ou acompanhada, é sempre uma ideia tranquilizadora.

3 – Aplicação de esmalte nas unhas

Uma ótima forma de curtir as férias é cuidando de si mesma, uma vez que muitas vezes com o dia a dia corrido acabamos deixando de lado ações básicas para darmos mais atenção a nós. Portanto, aproveite para deixar as unhas bem feitas.

4 – Hidratação capilar

Nessa onda de deixar de lado o cuidado consigo mesma, um dos pontos do nosso corpo que costuma sofrer bem é o cabelo. O estresse e a falta de cuidado intenso refletem diretamente nele, portanto, é necessário que quando estivermos mais sossegadas passamos a cuidar melhor dele.

5 – Spa dos pés

A prática de spa dos pés faz com que eles fiquem mais macios, com menos calos e descansados, tirando o peso e dor que muitas vezes sentimos nele.

6 – Esfoliação corporal

Esfoliar o corpo é algo que muitas pessoas não dão tanta atenção, mas é bem essencial. Além de proporcionar relaxamento, ainda incentiva a regeneração celular, o que torna a pele mais firme e bonita.

7 – Máscara facial

Há uma grande série disponível no mercado de máscaras faciais, inclusive algumas adotadas para combater os sinais de cansaço no rosto. Portanto, escolha uma do tipo, isso é uma ótima pedida para deixar o tempo corrido para trás.

8 – Meditação

Já apontamos algumas vezes o ato de meditar no Mulheres de Quarenta, e isso ocorre exatamente pela grande quantidade de benefícios. Por meio da meditação você libera a sua mente e passa a enxergar melhor determinadas situações problemáticas da sua vida.

9 – Teatro

Na parte de entretenimento, ir ao teatro é sempre uma super opção. Por mais que nem sempre as peças sejam bem baratas, o teatro incentiva a sua imaginação e gera relaxamento, seja sozinha ou acompanhada.

10 – Cinema

Geralmente mais em conta do que o teatro, o cinema é outra forma de se divertir bastante, aprender coisas novas e ainda deixar a imaginação rolar solta. Perfeito para as férias.

Como ser moderna sem perder a elegância

Separou e vai pra balada? E agora? Por mais que não seja regra, é muito comum que diversas mulheres depois de alguns anos de casadas deixem a sensualidade de lado. E se elas optam pela separação, pode ser que acabem se sentindo um pouco perdidas para voltarem a se vestir de forma mais ousada e sensual, principalmente para curtir saídas à noite.

Se esse é seu caso, fique tranquila, pois estamos aqui justamente para te ajudar. Como primeiro passo, tenha em mente que sempre que for sair à noite é importante usar algo que remeta a este tipo de programa!

A noite pede um tipo de calça um pouco mais justa, sandálias com os pés de fora ou botas de salto alto (de preferência com bico fino), bolsas pequenas, e blusas um pouco mais decotadas, transparentes ou de renda. Esses itens sempre vão passar a mensagem de noite!

Quanto ao estilo, há algumas formas de montar o look que podem fazer com que a sua sensualidade fique incrível. São elas: uso de regatas, jeans, sutiã de renda a mostra… O bacana é que por meio dessas peças, você consegue ficar sensual na medida certa, sem grande exagero que caberia para determinadas outras ocasiões específicas.

Outra estratégia que você pode adotar para ficar sensual é o uso do couro. Seja em calças, saias ou blusinhas, esse tipo de tecido delineia melhor o corpo, salientando mais as suas curvas, e fica de forma chique e elegante. Para combinar, pode ser uma boa opção usar tecidos fluidos, que geram um caimento mais soltinho para contrastar com o justo do couro!


Já no caso de querer sair para encantar os “meninos”, lembre-se de que na maioria dos casos, o básico com feminilidade são os looks que eles mais preferem. Adoram um jeans com branco, pouca maquiagem e acessórios menores. Lembrando, primeiramente que não é regra, mas a opinião da maioria. Além disso, mais do que se vestir para os homens, é importante que você goste de como está o seu visual acima de tudo.

Boa sorte e deixe seus pontos fortes realçarem mais que os fracos. E não se esqueça: vista-se de uma forma que se sinta bem!

https://www.instagram.com/tv/By-LlCWHU0W/?igshid=1nrepm5fqzdk5

Colaboradoras:

Gisele Gaspar – consultora de imagem da Giz;

Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista): jornalista, atua com produção de conteúdo para redes sociais e blogs, e assessoria de comunicação!

O que a sua árvore genealógica diz sobre você

Todas nós sabemos que temos muitos antepassados, mas alguma vez você já parou para fazer um pequeno cálculo sobre quantos são mais ou menos, independentemente se conheceu ou não? Confira:

Pais: 2
Avós: 4
Bisavós: 8
Trisavós: 16
Tetravós: 32
Pentavós: 64
Hexavós: 128
Heptavós: 256
Octavós: 512
Eneavós: 1024
Decavós: 2048

Num total de 11 gerações (de primeiro momento pode parecer pouco, mas quando colocamos na ponta do lápis vemos que na verdade é bastante) temos 4.094 ancestrais. Isto tudo somado em, aproximadamente, 300 anos antes de nascermos!

Cada um deles passou por lutas próprias, batalhas específicas, e momentos únicos que por mais que você não tenha consciência influenciam a sua vida de uma forma ou de outra. Tudo fica registrado em seu espírito.

Portanto, é essencial que a gente tire um tempinho para refletir sobre isso com as seguintes perguntas: De onde vieram? Quantas lutas travaram? Por quanta fome passaram? Quantas guerras viveram? Por quantas vicissitudes todos nossos antepassados sobreviveram? Por outro lado, quanto amor, força, alegrias e estímulos nos legaram? Quanto de sua força para sobreviver, cada um deles teve dentro de si para que, hoje, nós estejamos aqui, vivos?

Nós só existimos graças a tudo o que cada um deles passou, por conta de sua força, amor e persistência. Portanto, é muito importante que a gente reverencie os antepassados com muito carinho e respeito!

Tenha gratidão a todos os nossos ancestrais, pois, sem eles, cada um de nós não teria a felicidade de conhecer a vida. Por mais que não tenhamos ideia de quem eles foram, emitir bons pensamentos para eles é sempre uma boa ideia, principalmente para fazermos as pazes com nós mesmos.

Muitas vezes, estamos conectados com as dores de nossos ancestrais e nem sabemos, e é aí que entra a constelação familiar, uma técnica perfeita para identificar esses pontos e tratá-los.

Genésio Lopes: Facilitador em constelação institucional, 59 anos, filho de imigrantes portugueses, autodidata, desenvolve atividades profissionais desde 1976 nas áreas da indústria, comércio e serviços, empresário (fundador e proprietário da Belfogões), Diretor do Incoi instituto de constelação integral, membro da Sociedade em Defesa Do Litoral Brasileiro, consultor do Lab Evoluir em sistemas de Meta modelos administrativos, apresentador do programa de TV Visão Sistêmica, fotógrafo, consultor metafísico para instituições, terapeuta alternativo em Reiki, consultor em Feng Shui, palestrante espiritualista, estudioso das filosofias orientais, estudioso em sistemas de alimentação, alem de consultor e incentivador na criação de várias instituições, é ativista sócio-ambiental, comunicador na rádio Mundial – programa Tal Pai Tal Filha e voluntário em Arautos do espiritismo;

Colaboração: Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista): jornalista, atua com produção de conteúdo para redes sociais e blogs, e assessoria de comunicação!

Como superar a dor de uma separação

Superar o término de um relacionamento amoroso não costuma ser fácil, independentemente da idade que tivermos, seja 20, 30, 40… Nós construímos a rotina ao lado de uma pessoa, e nos acostumamos a estar com ela dia a dia, e de repente, aquilo não acontece mais. Em muitos casos, podemos até mesmo passar pelos sintomas de um processo de luto.

Porém, é importante que nesse momento nós realmente tentemos diferentes formas para ficarmos melhor e conseguir seguir em frente. Separamos algumas dicas para você que está passando por essa situação:

1 – Aceite suas emoções

O primeiro passo para superar o fim de um relacionamento é aceitar as emoções que você sente, encarar que você pode não estar se sentindo bem e não há problemas nisso. Olhe para dentro de si própria, encare como está se sentindo e entenda que isso é normal, mas que vai passar em algum momento e é hora de você lutar para isso.

2 – Cuide de si

Quando passamos a cuidar mais de nós mesmas, a nossa autoestima automaticamente sobe e nos sentimos melhores. Não adianta se deixar de lado porque isso não vai resolver qualquer problema.

3 – Busque apoio

Peça ajuda a seus amigos e mostre o que está sentindo, isso vai tirar um grande peso de si. Uma outra alternativa é buscar apoio profissional também, seja por meio de terapia ou demais outras técnicas existentes.

4 – Inicie atividades novas

Quando iniciamos atividades diferentes, nós passamos a criar uma nova rotina para a nossa vida, o que é essencial para conseguirmos esquecer o nosso dia a dia de antes. Portanto, faça um novo curso, ou vá para lugares que nunca foi antes. Teste diversos tipos de ações!

5 – Evite contato

Por mais que bata a saudade e a vontade de falar com quem você tinha um relacionamento, a melhor coisa a fazer é se afastar. Quanto mais você manter contato, mais difícil vai ser de esquecer. Portanto, vire a página e segure a vontade de mandar mensagem ou fazer uma ligação!

Colaboração: Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista): jornalista, atua com produção de conteúdo para redes sociais e blogs, e assessoria de comunicação!

Lenços e cachecois estão em alta na estação

Um dos tipos de peças mais queridinhas na época do inverno é, sem dúvida alguma, o cachecol e seus semelhantes. Seja aquele grosso cachecol, o estiloso echarpe ou o maravilhoso lenço, todos esses itens além de esquentar muito bem durante o frio, ainda proporcionam um toque para lá de especial no look.

Para usá-los, mais do que simplesmente jogar no pescoço, é importante pensar em alguns detalhes para fazer com que fique realmente harmonioso. Confira:

1 – Cores e estampas

Um dos primeiros pontos a serem analisados na hora de escolher esse super acessório é se a cor e a estampa estão realmente combinando com o restante do look e com o tom de pele e cor de cabelo de quem usar. Como ele fica muito próximo ao rosto, é essencial que o tom esteja em harmonia com a pele e a cabeleira. Um grande exemplo ocorre quando mulheres com tons mais quentes, ao adotarem um lenço de cor forte, elas realçam ainda mais as sua cores.

No caso das estampas, opte por aquelas que sejam harmônicas com as demais estampas que adotar. Além disso, caso você tenha um rosto quadrado, escolher estampas geométricas para o cachecol pode não ser uma boa, sendo melhor optar por modelos mais neutros.

2 – Proporção

O segundo ponto de grande importância que deve ser reparado na hora de escolher como montar o seu visual com lenços, echarpes e cachecóis é o tamanho do acessório.

No caso de mulheres de pescoço curto, por exemplo, o ideal é optar por modelos que não sejam de tecido tão volumoso, porque senão o pescoço ficará como menor ainda. Já para as mulheres que não são tão altas, uma super dica é deixar as pontas de tamanho diferente para não achatar a silhueta.

3 – Styling

Além de tudo, é de extrema importância que essas peças sejam adotadas principalmente respeitando o estilo próprio de quem vai utilizar. O cachecol, lenço ou echarpe devem combinar com a personalidade da pessoa e assim poder transmitir a imagem que ela realmente achar melhor.

Siga as nossas dicas e adote-as de acordo com o seu estilo pessoal.

Descubra como combinar acessórios com seus looks!

Combinar joias, bijuterias e semijoias com as roupas nem sempre é uma tarefa muito fácil. Será que dourado combina com camisa verde? E prateado, será que com um tailleur vermelho vai ficar harmonioso com ele? Essas e outras perguntas do tipo são extremamente comuns na cabeça de diversas mulheres.

Pensando nisso, nós do Mulheres de Quarenta, separamos para você como combinar as cores dourado, prateado e inclusive o tom do momento: grafite. Veja abaixo!

Dourado

A cor dourada é um grande clássico, afinal, é a cor do ouro, material que muitas mulheres são apaixonadas. De primeiro momento pode parecer um pouco difícil combinar esse tipo de joia por conta de seu tom ser bem expressivo, porém garantimos a você que essa missão é mais fácil do que imagina.

Colocar semijoias douradas com cinza escuro é uma opção segura e sem erros, uma vez que o cinza é extremamente fácil de ser combinado. Além disso, como o cinza é um tom frio e o dourado é o que chamamos de quente, gera um contraste interessante.

O verde é um tom perfeito para ser usado com o dourado. Uma vez que o dourado tem a cor advinda do amarelo, e o verde é uma cor análoga a ele (isto é, vizinha no circulo de cores), elas combinam perfeitamente. Não é à toa que temos verde, amarelo e azul na bandeira do Brasil: são 3 cores análogas!

No caso do rosé, a combinação com o dourado também fica perfeita. Principalmente como na foto acima, que é um rosé com um brilho, as cores se completam e dão um ar harmônico ao visual, não é mesmo?

Prateado

O prateado é, sem dúvidas, a cor mais fácil de criar algum tipo de combinação com os looks. Isso porque, quando ele está devidamente limpo e polido, ele fica quase como um branco, o que o torna fácil de ser usado com qualquer tipo de tom.

Duas cores frias, o prata com o azul cria um tom neutro, o que torna perfeito para você ousar na maquiagem, como na foto em que a modelo está com um super batom vermelho. Ou você pode ainda apostar em cores diferenciadas para a bolsa ou o sapato.

Uma vez que o prateado é um tipo de cor mais neutra, ele é perfeito para ser apostado com estampas, uma vez que ele não brigará com qualquer uma das cores que forem colocadas. Nesse caso, ele fica como um detalhe delicado no look e não rouba o protagonismo das flores laranja.

Já que o mostarda é uma cor super difícil de ser combinada com demais tons, o mais perfeito é usá-lo com prata, justamente pela neutralidade que ele oferece, conforme falamos anteriormente.

Grafite

A cor grafite é um tipo de tom que está muito em alta. Isso porque, ele remete a um cinza forte e de personalidade, perfeito para marcar os diversos looks que forem montados. Por ser uma cor de grande protagonismo, é a que mais necessita de cuidados na hora de combinar.

Com vontade de ousar de vez? Apostar no vermelho com o grafite pode ser a verdadeira solução. Tendo em vista que os dois tons são extremamente fortes, juntos eles causam grande impacto. Só tome cuidado para não exagerar. Na foto, por exemplo, a roupa vermelha não conta com detalhes, é bem simples, o que torna possível o uso do grafite, caso contrário ficaria too much.

Apesar de ser um tom bem forte, o grafite é tido como uma cor também fria, portanto, ele fica extremamente harmônico com o verde, que é a cor principal do look. Inclusive as peças de joias também contam com pedraria verde.

Tons bem clarinhos combinam muito bem com o grafite, que passa a ser o grande protagonista do look. Neste caso, com o rosa bebê, ele combina bem e fica extremamente realçado. Essa é uma grande forma de utilizá-lo.

Abuse da criatividade

Por mais que tenhamos passado várias dicas para você, o toque principal para fazer com que você combine da melhor forma as suas semijoias é colocar a criatividade em ação. Brinque com as cores e nuances, e tente ver o que fica realmente legal com o que. O importante é você se sentir bem com você mesma e segura na hora de montar o seu visual.

Onde encontrar essas peças

Todos os produtos dessa matéria você pode encontrar na Estela Geromini, loja localizada em São Paulo (Rua Oscar Freire, 720 – piso superior – loja 7 , Cerqueira César) e que conta também com a sua plataforma online de vendas. Acesse: https://www.estelageromini.com.br/

Colaboração: Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista): jornalista, atua com produção de conteúdo para redes sociais e blogs, e assessoria de comunicação!

Conheça a técnica que pode mudar sua vida familiar!

Muita vezes, passamos por situações complicadas em nossas vidas e não sabemos exatamente o porquê e nem como ocorre. É o casamento que não anda bem, o filho que está dando muita dor de cabeça, a falta de amor próprio… E no meio disso tudo, nós não entendemos corretamente nem certas decisões que tomamos e nem ao menos a forma como temos direcionado a nossa vida.

Atualmente, temos uma grande variedade de opções para lidar de modo melhor com tudo isso, como ações integrativas que agem de dentro para fora e nos ajudam a nos enxergar com mais sabedoria, como a Constelação Familiar.

Criada por Bert Hellinger, a constelação familiar é um método da Psicoterapia Sistema Fenomenológica que surgiu após anos de pesquisas com muitas famílias de diversas partes do mundo.

Segundo seu criador, mais de 50% dos nossos problemas são de origem sistêmica, portanto a constelação procura formas de percebermos pontos inconscientes que temos relacionados a nossa família, para assim, nos livrar de antigos padrões (conflitos e doenças) familiares que de alguma forma nos atrapalham.

Uma vez que todos os familiares têm vínculos internos muito fortes, qualquer acontecimento de maior importância pode afetar profundamente todos eles, positivamente e negativamente, causando problemas posteriores por conta desses padrões que são formados.

Funciona da seguinte forma, por exemplo, no caso de quando há a morte precoce de um dos membros da família. Os seus irmãos podem carregar por toda a vida, inconscientemente, uma vontade de morrer para seguir aquele que partiu, o que poderá ser percebido pela família que construírem e afetar inclusive em suas relações. Essa vontade de morrer pode desenvolver atividades perigosas, inclinação para as drogas, etc. Uma vez que as crianças, por exemplo, tendem a carregar sentimentos de seus familiares, os filhos desses irmãos também podem crescer com esse sentimento sem nem ao menos entender como ele apareceu e porquê.

Por meio da constelação familiar, tudo isso é explicado, esclarecido, e trabalhado individualmente para ser devidamente rompido. Nós voltamos a aceitar em nossa vida aquelas familiares que já não tínhamos tanto contato, e fortalecemos todos os vínculos, melhorando como todos se tratam.

Sendo assim, se você tem algum problema familiar ou sente que algo não está como deveria, é indicado procurar um local de confiança para fazer a constelação familiar e assim, conseguir deixar esses sentimentos definitivamente para trás.

Colaboração:
Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista) – Jornalista, atua com redação e assessoria de comunicação;

Genésio Lopes: Facilitador em constelação institucional, 59 anos, filho de imigrantes portugueses, autodidata, desenvolve atividades profissionais desde 1976 nas áreas da indústria, comércio e serviços, empresário (fundador e proprietário da Belfogões), Diretor do Incoi instituto de constelação integral, membro da Sociedade em Defesa Do Litoral Brasileiro, consultor do Lab Evoluir em sistemas de Meta modelos administrativos, apresentador do programa de TV Visão Sistêmica, fotógrafo, consultor metafísico para instituições, terapeuta alternativo em Reiki, consultor em Feng Shui, palestrante espiritualista, estudioso das filosofias orientais, estudioso em sistemas de alimentação, alem de consultor e incentivador na criação de várias instituições, é ativista sócio-ambiental, comunicador na rádio Mundial – programa Tal Pai Tal Filha e voluntário em Arautos do espiritismo;

Peças coringas que não podem faltar no seu armário

Escolher o look perfeito para cada ocasião nem sempre é uma missão muito fácil, mas se você tiver peças curinga em seu guarda-roupa fica bem mais tranquilo na hora de montar o seu visual. São aquelas roupas que caem bem com tudo, que com pequenas mudanças de detalhes podem ser maravilhosas tanto para um passeio à tarde quanto para um evento especial à noite.

Pensando nisso, separamos 5 peças que você não vai querer deixar de fora do seu armário. Confira!

Vestido Tubinho Preto

@helenacaiooficial

Uma das peças mais amadas e que servem para todos os tipos de ocasiões, sem dúvidas, é aquele vestidinho tubinho preto básico. Elegante e um verdadeiro clássico, é possível encontrá-lo em diferentes tecidos e caimentos.

Blazer básico

@rentupcloset

Um blazer preto é o tipo de peça única perfeita para deixar o mais próximo possível da sua vista, porque você vai precisar dele muito. Se tiver algum detalhe na gola, como a da foto que é rosa, melhor ainda.

Vestido básico Dijon

@taticorteleal

Uma das cores que mais tem estado em alta, é sem dúvida o dijon, um tipo de mostarda. Ótimo para ter no closet principalmente por meio de um vestido super básico para ser usado à tarde. Que tal? Com pequenos acessórios já é possível torná-lo um look bem versátil.

Pantalona Preta

@aimer.brand

Pantalona é um modelo de calça que tem estado muito em alta. Seu corte mais larguinho deixa o corpo incrível. Também disponível em diferentes tecidos, você pode escolher o que tiver um caimento mais a sua cara.

Jeans básico

@lojasere

Um bom jeans nunca sai de moda, e é exatamente por isso que essa é nossa última peça dos 5 curingas para ter em seu armário. Versátil, ele é capaz de modelar muito bem o corpo e cair bem com todo tipo de ocasião.

Tudo no mesmo lugar

Comprar produtos bonitos e de boa qualidade, não tem preço, não é mesmo? E se você puder encontrar uma grande variedade de tipos de itens no mesmo lugar, melhor ainda. É por conta disso, que hoje, compartilho com vocês o bazar Toccare Winter House, que acontecerá em São Paulo, e contará com todas as marcas que você viu acima.

O evento será nos dias 1 e 2 de junho, das 10h às 19h, no Espaço Branco, que fica localizado na Rua da Consolação, nº 2.931. Um local escolhido a dedo para o bazar, por toda sua comodidade e espaço, ele torna possível uma circulação de pessoas muito mais confortável e espaçosa.  

Confira o que você poderá ver:

@bd.bikini

@rendeirafuxiqueira

@lotti.couture

@poah_teen

@seillebrand

Além disso, algumas marcas estarão presentes com acessórios, sapatos, bolsas e até mesmo para você se alimentar enquanto faz as compras. São elas:

@marinagallati

@essencialforlife

@jessica.diskin

@freeflats

@byhelenabordon

@sassajoias

@lbashop

@weme3d

@arqvo_

@econudo

@andreavalentee

@veri.mascaro

@gamaeye

@easybooze

@brigadayros

@a_dora_adora

@tudoqpod

Confira 3 tipos de botas para arrasar no outono!

gucci python handbag with bamboo handles

SAPATOS? AH, SE VOCÊS FALASSEM! Mas eles falam, a gente que precisa aprender a comunicação deles, mas cada um tem algo a dizer. Eles dizem onde querem ir, com quem e qual o estilo de vida. Parece muita loucura, mas posso garantir que não é. Sempre olhei a roupa como uma forma de se comunicar, e nunca como uma obrigação de estar bonita e de acordo com as tendências. Mas isso não quer dizer que eu não goste de modelos novos e sapatos mais atuais, claro que adoro, afinal, os tempos mudam e a comunicação precisa ser atualizada, tanto do nosso sapato quanto a nossa.

Dentro da comunicação do look, o salto é uma das vozes mais presentes. Sabe aquela palavra que impacta no texto? Então, o sapato faz isso, na roupa para onde vamos e como estamos naquele momento. Tem sempre aquele sapato, que é como verbo to be da língua inglesa: vamos usar muitas vezes em vários ambientes, porque ele se comunica bem e tem um estilo de vida mais eclético.

Hoje vou contar um pouco da comunicação de algumas botas, já que estamos entrando no outono, apesar de alguns modelos poderem transitar por todas as demais estações.

Esse sapato conta com um espírito jovem e fala que tem uma personalidade mais arrojada, que pode ir com a mulher para ambientes mais informais e irreverentes. Ele gosta de sair com calças sequinhas, jeans flare (aquele da boca mais larga), e saia longa com flores de fundo escuro. Ele é ótima para deixar a mulher romântica menos romântica!

Essa é aquela famosa bota que fala com todo mundo, topa qualquer ambiente e transita pelo ano todo. O bico fino alonga e afina a silhueta. É ótima para ser usada com saia midi, calça reta, justa, flare, vestido longo. Essa bota é o verbo To be, vai bem sempre!


A montaria é uma bota que pede ambientes mais informais, uma vez que é mais esportiva. Ela transita bem com calças mais sequinhas, vestidos longos e longuetes.

O look comunica mais modernidade e sofisticação se usado com peças mais longas, como o maxi cardigan e a calça mais justinha na parte de baixo!

10 galãs de quarenta!

Para começar a semana com o pé direito, uma ótima escolha é embelezar logo de cara a nossa manhã. E para isso, admirar galãs maravilhosos pode ser uma boa pedida.

Hoje, separamos para você 10 homens a partir de 40 que são maravilhosos, cheios de charme, beleza, inteligência… e tudo aquilo que muitas vezes imaginamos e gostaríamos.

Confira a nossa lista, que começa dos mais novos para os mais velhos:

Mamma Mia Bazar: 10 e 11 de maio

Encontrar um bazar de qualidade e conforto nem sempre é fácil, então quando sabemos de um assim precisamos aproveitar. E esse é exatamente como é o Mamma Mia, que acontecerá nos dias 10 e 11 de maio no Espaço Gap (Avenida Professor Fonseca Rodrigue, 255, Alto de Pinheiros, SP), das 10h às 21h, e com entrada gratuita.

Em sua primeira edição, o evento itinerante conta com uma proposta inovadora, em que reunirá no mesmo local as últimas novidades de produtos diversos (roupas, joias, semijoias, bijoux, sapatos, bolsas, acessórios, moda fitness, cerâmicas, objetos de decoração, entre outros), música boa ao som de um DJ, degustação de vinhos e champanhes, comidas e drinks especiais para aproveitar o evento se divertindo com as amigas.

E como nós, do Mulheres de Quarenta, não abrimos mão de um bom evento, nós somos um dos apoiadores dessa grande iniciativa. Além de nós, o Mamma Mia conta com marcas de grande qualidade e que também são nossas parceiras. Confira:

Michele Neyret – Bolsas e sapatos

Basic Beach – Moda praia

Paz e Bem – acessórios

Étonne Joias – Joias diversas

My Trixie – Roupas

Estilista Mauricio Duarte – Roupas

Nat Joias – Joias diversas

Confecção Belas Marias – Moda Plus Size

Loja Avergara – Joias

Mina Linda – Roupas

We love underwear – loungerie

Veras Lopes – Joias

Love Cia – Roupas

Pink Pink – Bijoux             

Empresa Ecoterrários – Plantas

Truques de beleza para as mulheres de quarenta

Ser mulher de quarenta nem sempre faz com que tenhamos aquele tempinho extra que gostaríamos, muito pelo contrário, é tanta tarefa que às vezes ficamos sem tempo de cuidar de nós mesmas.

Porém, ter carinho conosco e cuidar de certos detalhes para nos sentirmos bem é essencial. Pensando nisso, separamos alguns truques de beleza para você economizar o seu tempo e aproveitá-lo mais. Confira:

Lápis de olho no congelador

Nada como você estar atrasada para um compromisso, perceber que o seu lápis de olho está sem ponta, tentar apontar e não conseguir por ele quebrar infinitas vezes… Nesse caso, uma dica ótima para economizar tempo é deixa-lo no congelador antes de apontar por cerca de 3 minutos. Isso fará com que ele fique mais firme e dificilmente quebre ao usar o apontador.

Máscara de cílios na água quente

Em plena hora da correria a sua única máscara de cílios começa a acabar e não dá o efeito que você gostaria? Respire fundo, porque você pode dar um jeitinho nisso. Esquente uma caneca de água no micro-ondas a um ponto antes de ela ferver. Depois, deixe por 10 minutos o seu rímel fechado dentro dela. A água irá amolecer o líquido que possa ter endurecido.

Unhas na água gelada

Você sempre borra as unhas logo após de fazê-las? Temos uma boa dica para isso. Depois de ter as unhas feitas, coloque-as num pote com água gelada. É para mergulhar as unhas completamente nele. Deixe 1 minutinho e pronto, unhas secas!

Nexcare no olho para gatinho

Quer fazer uma maquiagem com um leve delineado de gatinho, porém falta um pouco de coordenação? Não se preocupe. Compre uma fita Nexcare (pois é bem lisinha do lado), e cole rente aos cílios inferiores e em direção à sobrancelha. Então, passe o delineador para fazer o desenho de gatinho. Tire a fita e perceba que ficou bem reto. Observação: É importante com essa técnica fazer antes de preparar a pele para não retirar produtos, ok?!

Rímel no delineador

Está com pressa para sair e viu que o delineador acabou? Não se preocupe. Coloque o aplicador dele dentro do tubinho de rímel. Tire e limpe os excessos. Você também pode passar o aplicador do rímel no aplicador do delineador. Dá super certo mulherada.

5 Séries para assistir e se envolver

Com a tecnologia que temos hoje em dia, o acesso a filmes e séries diretamente de casa é super prático, e com isso, cada vez mais são lançados títulos super bacanas para assistirmos no conforto do nosso lar.

Porém, com tanta opção de escolha, às vezes ficamos até perdidas na hora de determinar o que queremos ver.

Pensando nisso, separamos 5 séries para você assistir por meio de aplicativos de Streaming. Todas especiais para mulheres de 40, abordando histórias de pessoas como nós, nossas amigas, nossas mães… Você poderá rir, chorar e se emocionar com enredos diferentes! Confira:

Coisa Mais Linda

Uma série que passa nos anos 50, década em que as mulheres lutavam arduamente para poderem ter o mínimo de direito e voz. O enredo se baseia na força e capacidade de dar a volta por cima de uma mulher que foi abandonada pelo marido.

Sex and the City

Imagem relacionada

Clássico das telinhas, Sex and the City é uma das séries mais famosas quando o assunto é mulheres de quarenta. Isso porque, uma das personagens principais está exatamente nessa fase da vida. Ela e suas três amigas passam por diversas aventuras em relacionamentos amorosos. Atualmente, não pode ser encontrada tão facilmente. Mas alguns 15 minutinhos de navegada online para achar devem ser o suficientes. A série conta com filme disponibilizado na Netflix.

Gilmore Girls

Gilmore Girls é a típica série perfeita para assistir nos momentos em que você quer dar algumas boas risadas. A trama desenrola-se pelo relacionamento de uma mãe e filha. Por um lado, todos os conflitos e dúvidas de uma mulher madura, e no outro, as questões de uma garota em formação.

Turma do Peito

Turma do Peito é aquela série que veio para falar sobre os desafios da maternidade. Ser mãe pode ser uma maravilha, mas tem pontos complicados também. Por meio também do humor, o tema consegue ser mostrado de forma leve.

Grey’s Anatomy

Uma das séries americanas mais aclamadas, Grey’s Anatomy mostra o cotidiano de um fictício hospital cirúrgico. No meio dos casos de saúde, são mostrados pontos sobre a vida de diversos médicos, entre eles, mulheres fortes que demostram a que veio.

Colaboração: Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista)

Confira 5 roupas de verão para serem usadas no outono!

No mês de março o verão foi embora e se iniciou uma nova estação: outono. Tudo bem que meio tímido, mas ele já tem mostrado para o que veio. E nessa troca de estações, fica uma grande pergunta fashion no ar: Será que eu tenho algo no guarda-roupa de verão que consiga reaproveitar durante o frio?

A resposta para essa pergunta é só uma: Use a criatividade, porque assim você com toda a certeza poderá manter alguns looks e usar durante essa época mais gelada. Até porque, muitas vezes com a correria do dia a dia, nós mulheres de quarenta prezamos pela praticidade, e nada mais prático do que poder dar uma nova função para roupas que ficariam atrás do armário.

Confira abaixo, cinco opções de visual de outono compostas, inclusive, por peças da estação mais quente do ano, o verão.

Pantalona

Um grande pedido do verão 2019 sem dúvida foi a calça pantalona. Com tecido leve e fresco, ela também pode ser muito bem empregada nos looks de frio por ser larguinha o suficiente para usar uma meia calça por baixo, ou colocá-la com um bom casaquinho.

Blaser com saia

Uma das peças mais coringas em um bom guarda-roupa quando o assunto é outono, definitivamente é o blaser. Ele é ótimo para ser usado com saias de diferentes tipos, inclusive as que fizeram a sua alegria no verão. O segredo é saber combinar o estilo do blaser com o da peça de baixo.

Suéter com shorts

Uma das combinações mais harmoniosas quando o assunto é unir roupas de calor com as de outono, sem dúvidas, é o suéter com shorts. Ambos, dependendo do tecido, ficam com um ar super despojado, agregando um visual mais street ao look. Que tal?! Jovialidade e sem passar frio!

Neon

Um dos itens de moda que mais fez sucesso no verão, sem dúvidas é a cor Neon. Capaz de chamar atenção para qualquer pessoa que optar por peças dessa cor, o neon dá um ar alegre e jovial. Com a troca de estações, muitas fabricantes têm começado a produzir peças de frio com esse tom. Um arraso!

Vestidos de manga longa

Para quem não abre mão de um vestidinho, uma ótima opção é apostar nos modelos de manga longa. Eles mantêm o frescor do vestido, e ao mesmo tempo aquecem para o frio do outono. Uma ótima dica ainda, é apostar em um modelo que tenha fenda para manter o frescor ainda maior!

Exercício físico em casa: Como fazer?

Na rotina de uma mulher de quarenta, nem sempre sobra tempo para ir à academia ou encontrar com o personal trainer, não é mesmo mulherada? Com um milhão de tarefas durante o dia, às vezes fica realmente complicado cuidar da saúde física, porém, atualmente isso não pode ser usado mais como desculpa.

Com a praticidade que temos nesse mundo globalizado, é possível fazer exercícios físicos em casa mesmo. Porém, como todo cuidado é pouco, não é simplesmente fazer polichinelos e correr pela casa, é necessário ter a segurança de que está fazendo algo que seja realmente bom para o seu corpo e não te proporcione riscos.

Com isso, uma opção que tem sido cada vez mais adotada por várias mulheres é o uso de aplicativo fitness de celular. Isso mesmo, hoje em dia há uma grande variedade de aplicativos que podem te ajudar a alcançar o corpo sonhado com saúde e sem sair de casa.

Separamos 5 aplicativos muito reconhecidos para te ajudar na missão de manter o corpo em dia. Confira:

1 – Nike Training Club

iOS, Android e Windows Phone

Um dos aplicativos mais famosos, o Nike Training Club conta com mais de 150 treinos gratuitos, elaborados por treinadores bem conceituados no ramo. O mais bacana dele, é que você pode selecionar a intensidade do exercício, como quer fazê-lo e até mesmo a quantidade de tempo.

2 – Treino de 7 minutos

iOS, Android e Windows Phone

Gratuito, o que chama mais atenção nesse aplicativo e faz com que ele seja tão bom, é o fato de disponibilizar sequências de exercícios diários para serem feitos em apenas sete minutos. Esse aplicativo conta com mais de 200 atividades.

3- BTFIT

iOS, Android e Windows Phone

Outro aplicativo muito conceituado no ramo, o BTFIT conta com diversas aulas em vídeos de treino funcional gratuitas. Ótimas para quem quer perder peso. Porém, o que o torna tão vantajoso são os seus pacotes pagos. O BTFIT oferece até mesmo personal trainer online na versão paga!

4 – Desafio 30 Dias Fitness

iO e  Android

O Desafio 30 Dias, como o próprio nome já diz, disponibiliza um treino para que o usuário faça durante 30 dias, sendo que ele aumenta de intensidade gradualmente. O mais interessante é que ele oferece diversos métodos para que você acompanhe melhor o seu treinamento e evolução.

5 – Sworkit

iO e  Android

O Sworkit é uma ótima opção para quem quer exercícios físicos de forma mais personalizada, pois ele possibilita que você escolha exatamente o que quer fazer e como, tornando o seu treino bem focado no que você deseja. Após optar, ele mostra vídeos de como deve ser feito o exercício de forma específica. Ele tem opções bem variadas, como yoga, fortalecimento, e etc.

Conheça 5 Terapias Alternativas para aliviar o estresse

Levanta, prepara café-da-manhã, vai ao trabalho ou passa o dia cuidando da casa, cuida dos filhos, dos animais… Uma rotina comum a um grande número de mulheres de quarenta, e capaz de levar qualquer uma de nós a altos níveis de estresse se não tomarmos cuidado.

A rotina louca que vivemos, cada uma com o seu tipo, pode consumir excessivamente a nossa mente e nos deixar com sensações de irritação constante. Uma ótima saída para mudar isso, é o uso de terapias alternativas em nosso dia a dia.

Terapias alternativas são métodos de auxílio à saúde, capazes de promover bem estar e melhora para o corpo e a mente. Separamos cinco terapias alternativas que são ótimas para quem quer começar a experimentar e amenizar o estresse. Confira abaixo!

Acupuntura

Técnica milenar chinesa, a acupuntura é muito indicada por médicos das mais diversas especialidades. Ela consiste na aplicação de pequenas agulhas em pontos específicos do corpo, estimulando terminações nervosas capazes de gerar respostas diferentes no organismo. Por exemplo, há pontos que ao serem estimulados aliviam enxaqueca, já outros tratam problemas no pulmão, e outros o mal do século: estresse. Além do uso com agulhas, há também com sementes de mostarda especificamente nas orelhas.

Meditação

Meditação é o ato de esvaziar a mente e olhar para si próprio. Para que isso ocorra, é necessário focar o pensamento em algo, como na própria respiração ou no som de um mantra. Caso a pessoa tenha dificuldades de manter a concentração sozinha, é possível fazer de forma guiada, isto é, com alguém falando coisas em que você deve pensar. Há inclusive, técnicas de respiração e postura para ajudar nesse momento. Encontram-se diversos aplicativos para ajudar a meditar e gravações de meditações guiadas na Internet.

Cromoterapia

Cromoterapia é o tratamento por meio de múltiplas cores, capaz de harmonizar corpo e mente. Com ela, são colocadas as cores necessárias para cada tipo de doença ou sintoma em um ambiente, e o corpo percebe os espectros e reage a eles se acalmando e aliviando os sintomas a serem trabalhados.

Yoga

Yoga significa União, e é exatamente isso que esse método consiste: união entre corpo, mente e aspectos da nossa vida. Ela é feita geralmente por meio de técnicas de respiração, movimentação corporal e meditação com foco em trazer a harmonia para dentro de si. Há diversos tipos de Yoga, cada qual com determinados exercícios e posturas.

Aromaterapia

Aromaterapia é a terapia por meio de óleos essenciais que ao serem inalados atuam diretamente no sistema nervoso, provocando diferentes sensações e sentimentos, como alívio de dores e estresse. Para cada tipo de problema, é indicado um óleo específico com determinada orientação de uso.

Colaboração: Jéssica Mayara (Instagram: @jessica.mjornalista)

Add to cart
AN