O que podemos aprender de novo para nos vestirmos?

As lojas trouxeram mais cores para esse inverno, sendo que a lisa sempre segue uma necessidade da sociedade. E em minha opinião, estamos precisando de mais cor mesmo! Sair um pouco da tecnologia, dos problemas e se vestir para deixar nossa astral melhor. A cor fala e passa muita mensagem. Tanto de dentro para fora, como de fora para dentro, nos sentimos melhor e conseguimos realmente transmitir isso.

Quando fazemos mistura de cores, normalmente usamos as chamadas complementares para misturar (amarelo com violeta, vermelho com verde e azul com laranja), mas como se vestir não é regra, e sim harmonia de cores, peso e proporção, podemos arriscar outras possibilidades.

A natureza conta muito para nós sobre as melhores misturas, e a busca por referências em artes, decoração, vitrines e no pinterest pode ajudar bastante. Só criamos quando temos repertório e conteúdo na “cacholinha” da gente!

A grande sacada na escolha do tom é: cores exigem tecidos um pouco melhores, elas ficam ótimas em tricots, blusas com aspecto de seda, calças com aparência de couro…

Arrisque em um inverno mais colorido, roxo com amarelo, terra com mostarda e marinho… Se tem medo, brinque com os acessórios cheios de cor! Ouse!

Você sabe o que é Marca Pessoal?

Ter uma Marca Pessoal, nada mais é, do que deixar notável aquilo que já está dentro de você. O que costuma acontecer é você não conseguir mostrar quem você é na primeira impressão, e às vezes, perder boas oportunidades por isso, tanto de fazer novas amizades, quanto de criar negócios interessantes e ser lembrada posteriormente.

A mulher quando chega aos 40 anos, normalmente se dá conta de ter vivido muito para os outros e se esquecido um pouco dela, ou porque se dedicou aos filhos, marido, e pais, ou qualquer outro motivo pessoal. É muito normal que isso aconteça, uma vez que essa idade é de transformação, mudanças e construção de um novo propósito.

Por que ter uma Marca Pessoal? Por vários motivos, mas vou começar do mais importante a meu ver: se orgulhar da pessoa que se tornou, ser você mesma, autêntica e sincera com seus valores. Já foi provado que ter propósito de vida aumenta sua longevidade, mais até do que comer brócolis e fazer atividade física.

A Marca Pessoal é sobre influenciar e inspirar pessoas, e não sobre se vender. Quando isso acontece, nos sentimos pertencentes, mais uma necessidade do ser humano. Quando gostamos da pessoa que nos tornamos, não julgamos, estamos mais abertos para ajudar, somos mais realizados e felizes com o que temos, e paramos de olhar a grama do vizinho.

Estabelecer sua Marca Pessoal melhora autoconfiança, autoestima, trabalha a vulnerabilidade… É bom demais poder ter a liberdade de ser quem você é e ir atrás dos seus sonhos, porque quando você inspira e influencia, as chances de você poder transitar de carreira, empreender ou preparar seu plano B, aumentam consideravelmente. Ninguém planta o que não colheu! Por isso que sou apaixonada por ajudar as pessoas a estabelecerem sua Marca pessoal.

Para definir uma Marca Pessoal é preciso saber como você pode impactar as pessoas a sua volta, o que você te faz diferente. Pode ser experiências de vida, comportamento, habilidades, ou a mistura de tudo. A pergunta que pode te ajudar a saber o seu diferencial é: qual a ajuda ou conselho que normalmente as pessoas te pedem?

Para auxiliar mulheres nesse sentido, eu busquei muitos cursos e não gostava de nenhum, pois a maioria criava um personagem e eu acredito que devemos ser nós mesmos, melhorando o que precisa ser melhorado e fortalecendo o que já é bom.

Foi quando descobri a PNL (programação neurolinguística), que nada é mais que mudar o pensamento por meio da comunicação, e criei minha própria metodologia. A pessoa primeiro entende quem ela é, se comunica, confia e por último começa a deixar isso aparecer, se comunicando tanto o online como o offline.

As redes sociais estão aí, o mundo ficou pequeno e precisamos nos tornar diferentes e notáveis, para não corrermos o risco de sermos esquecidos. E para que isso seja acessível para todos, criei o grupo de Marca Pessoal de 21 dias no WhatsApp.

Ou seja, um CURSO pelo WhatsApp. Em menos de 3 meses já atendi 50 mulheres que transformaram a forma de se olhar e de comunicar com o mundo. Os grupos têm me ensinado muito também e consigo perceber como as mulheres são incríveis e podem muito mais do que acreditam.

Tenho visto grandes mudanças nas pessoas que passam pelo grupo de 21 dias. Se você quiser entender melhor, você pode fazer o download do e-book para entender os 21 dias e me seguir no Instagram @gisele_gaspar. Tenho vários vídeos que podem explicar ainda mais como e porque devemos estabelecer nossa Marca Pessoal! Lá tem meu What’s App também, pode me chamar quando quiser.

Link do e-book: http://bit.ly/Cadastromarcapessoal

Confira 5 roupas de verão para serem usadas no outono!

No mês de março o verão foi embora e se iniciou uma nova estação: outono. Tudo bem que meio tímido, mas ele já tem mostrado para o que veio. E nessa troca de estações, fica uma grande pergunta fashion no ar: Será que eu tenho algo no guarda-roupa de verão que consiga reaproveitar durante o frio?

A resposta para essa pergunta é só uma: Use a criatividade, porque assim você com toda a certeza poderá manter alguns looks e usar durante essa época mais gelada. Até porque, muitas vezes com a correria do dia a dia, nós mulheres de quarenta prezamos pela praticidade, e nada mais prático do que poder dar uma nova função para roupas que ficariam atrás do armário.

Confira abaixo, cinco opções de visual de outono compostas, inclusive, por peças da estação mais quente do ano, o verão.

Pantalona

Um grande pedido do verão 2019 sem dúvida foi a calça pantalona. Com tecido leve e fresco, ela também pode ser muito bem empregada nos looks de frio por ser larguinha o suficiente para usar uma meia calça por baixo, ou colocá-la com um bom casaquinho.

Blaser com saia

Uma das peças mais coringas em um bom guarda-roupa quando o assunto é outono, definitivamente é o blaser. Ele é ótimo para ser usado com saias de diferentes tipos, inclusive as que fizeram a sua alegria no verão. O segredo é saber combinar o estilo do blaser com o da peça de baixo.

Suéter com shorts

Uma das combinações mais harmoniosas quando o assunto é unir roupas de calor com as de outono, sem dúvidas, é o suéter com shorts. Ambos, dependendo do tecido, ficam com um ar super despojado, agregando um visual mais street ao look. Que tal?! Jovialidade e sem passar frio!

Neon

Um dos itens de moda que mais fez sucesso no verão, sem dúvidas é a cor Neon. Capaz de chamar atenção para qualquer pessoa que optar por peças dessa cor, o neon dá um ar alegre e jovial. Com a troca de estações, muitas fabricantes têm começado a produzir peças de frio com esse tom. Um arraso!

Vestidos de manga longa

Para quem não abre mão de um vestidinho, uma ótima opção é apostar nos modelos de manga longa. Eles mantêm o frescor do vestido, e ao mesmo tempo aquecem para o frio do outono. Uma ótima dica ainda, é apostar em um modelo que tenha fenda para manter o frescor ainda maior!

Páscoa Day: As melhores técnicas de decoração no mesmo dia!

Nesta quinta-feira, 28, teremos a oportunidade de aprender alguns toques especiais de como deixar a casa mais aconchegante e receptiva: por meio da mesa posta. Com início a partir das 11 horas e término às 18 horas, a loja Orange Blue, localizada no Piso Superior do Shopping Morumbi (Av. Roque Petroni Júnior, 1089 – Jardim das Acacias, São Paulo – SP), realizará o evento de decoração Páscoa Day.

Inspiradas na Páscoa, mas com possibilidade de serem usadas em outros momentos, as técnicas ensinadas neste evento abordarão formas de como deixar a sua mesa super impecável com o passo a passo da montagem de arranjos florais. O paisagista Ramos, que entende como ninguém de decoração, é quem comandará os ensinos no dia.

Outo ponto bacana do Páscoa Day, é que além de aprender, você ainda poderá fazer uma degustação de espumantes e chocolates, e tudo isso sem mexer no bolso, pois o evento é gratuito.

A aula do dia torna possível que você trate com mais carinho de si próprio ao preparar uma linda mesa para as refeições, além de fazer com que você possa usar da decoração para ser mais receptivo com seus convidados.

Além de ser um encontro de grande aprendizado, você ainda pode aproveitar para ver os produtos decorativos de cama, mesa e banho da Orange Blue, que são de extrema qualidade e bom gosto!

Colaboração: Jéssica Mayara (@jessica.mjornalista)

Salto e conforto

 

Por Gisele Gaspar

“Quero parecer mais alta mas preciso de conforto!”
Essa é a frase que mais ouvimos das clientes. A notícia boa é que tem solução!!!

Di Pollini Donna

Di Pollini Donna


As sandálias Anabela, plataforma e a pata de elefante, são mais confortáveis do que os saltos normais, mas existe uma diferença entre elas na hora de produzir o look. Cada uma tem uma proposta.

 

A pata de elefante passa uma imagem mais sensual dependendo de como for usar e não é tão prática como as outras para um dia a dia corrido. Fica ótima com flare, pantalona e saia midi. Com vestidos e calças mais justas, fica mais sexy.

Di Pollini Donna

Di Pollini DonnaA Anabela e a plataforma podem ser usadas no mesmo contexto, ou seja, com saias, pantalonas, shorts e vestidos longos.

 

Di Pollini Donna

Di Pollini Donna

Di Pollini Donna

A diferença é que a plataforma faz a vez do tênis e da rasteira para passar uma imagem descolada e a Anabela, também passa essa imagem descolada, mas sempre tem um ar mais feminino e elegante.

Cada uma tem seu momento, por isso temos tantos sapatos, né?

Gostaram da dica? Contem para gente!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

 

A elegância das sapatilhas

Por Gisele Gaspar

Dá para ficar elegante com sapatilha? Simmmm!

Acho um charme sapatilha e, em determinadas situações, até mais elegante. Como por exemplo, para as mães que saem com os filhos para festinhas, para o dia a dia e para quando quiser deixar o visual mais descolado.

 

 

Ela combina com praticamente tudo, mas principalmente com calça de boca mais justinha. Quem quiser também pode usar com saia, fica bem charmoso.

 

 

Di Pollini Donna

Di Pollini Donna

As que se sentem mais baixas e acham que a sapatilha achata, opte por modelos nudes ou da cor da peça de baixo que está usando.

 

Di Pollini Donna

Di Pollini Donna

Os modelos de bico fino alongam, emagrecem e deixam o look mais sofisticado. Os de bico redondo podem achatar a silhueta dependendo do modelo da roupa, mas passam um visual mais descolado.

Di Pollini Donna

Para quem não gosta de bico fino ou não combina com este estilo de sapato, tem aqueles modelos que ficam no meio do caminho, um redondo mais afunilado.

Se entregue às sapatilhas, todas as cores são interessantes. As coloridas podem deixar seu visual bem estiloso.

 

Di Pollini Donna

As com estampas de animal print são uma ótima opção para quando queremos passar um pouco de estilo num look mais básico e também ajudam com aquelas roupas que parecem que não combinam com nenhuma cor.

 

Di Pollini Donna

 

Di Pollini Donna

Use e abuse da sapatilha, além de muito charmosa e elegante é muito confortável.

Escolha opções que te fazem feliz, isso vai fazer você parecer mais apropriada e tudo que é autêntico é mais bonito.

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

o que a bolsa conta sobre você

Por Gisele Gaspar

E hoje a bola da vez é a bolsa. Na hora de se vestir você se preocupa com a bolsa que vai usar? Usa sempre a mesma? Prefere as mais leves e confortáveis e não se preocupa muito com o modelo? Só usa preta ou marrom?
Hoje vou falar para vocês que este acessório tem mais poder do que imaginam.
A bolsa conta para onde está indo, qual sua personalidade e seu estilo. Dependendo do modelo e do tamanho, ela muda o visual do look.

As bolsas menores passam a sensação de passeio e não de uma mulher que está no trabalho. Já as maiores e mais rígidas passam uma certa autoridade e personalidade. Não existe certo ou errado, é só uma questão de alinhar com a imagem que quer passar.

Di Pollini Donna

A bolsa pode dar cor e acabamento ao look. Não se prenda a cor da bolsa, ela pode ser de uma cor oposta ao seu look, desde que tenham harmonia. Por exemplo: uma calça amarela com uma blusa roxa pode ser muito, mas uma das duas cores usada no acessório, fica uma combinação cool e não vai agredir seu estilo. A bolsa verde, vinho ou laranja, quando usada em looks neutros, valoriza muito a produção.

Modelos exclusivos da Di Pollini Donna

Não precisamos ter um milhão de bolsas, é interessante investir nas neutras e em pelo menos uma de cor diferente, que tenha a ver com suas roupas. Vale ser uma cor diferente para o inverno, como a vinho, e uma de verão, como um laranja aberto. Algumas podem transitar entre as estações, como a vermelha, a laranja fechado e a verde militar.

Bolsa preta com correntes douradas da Di Pollini Donna

Bolsa verde militar croco da Di Pollini Donna com detalhes dourados

Essas com correntes menores são um charme, são práticas e ótimos acessórios.

Vanessa Palazzi usa sapatos e bolsa da Di Pollini Donna

Se você tem muito quadril, tome cuidado para não deixar a bolsa nesta altura. Se você é muito grande ou muito pequena, precisa ter uma certa proporção para não te aumentar ou diminuir.

Bolsa retangular em nude e preto, com correntes e detalhes dourados, da Di Pollini Donna


Sempre fui fã de acessórios, tanto de sapato quanto de bolsa, acho que eles podem dar uma cara nova para looks mais antigos.
Uma nova cara para os mesmos looks!! E uma vida para experimentar algo novo e pensar um pouco fora da caixa!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

Como usar Ankle Boot?

 

Por Gisele Gaspar

O look de inverno sempre parece ser mais complicado, principalmente na hora de escolher o sapato. A ankle boot é aquele modelo mais curtinho, que chega no tornozelo ou um pouco acima. Muitas mulheres ficam em dúvida na hora de fazer o look.

Não tem muito segredo, ela fica boa com calça skinny, saia curta, saia midi, vestido, pantacourt, com calça de boca reta ou mais larga, como a flare e a reta.

 

Olha só essas ankle boots que eu achei na Di Pollini Donna!

Di Pollini Donna

Di Pollini Donna

Aí vem a famosa pergunta: Ankle Boot encurta a silhueta?

Em alguns looks é o estilo que prevalece, mas se você faz questão de parecer alta e prefere looks que te alongam, o segredo é usar tudo da mesma cor. Se optar por calça preta use a bota preta também e se quiser parecer mais alongada ainda, opte pelo modelo de bico fino e salto. Caso queira usar com saia midi, a brincadeira é a mesma, prefira a mesma cor ou pouco contraste.

Di Pollini Donna

Se for usar com saia ou vestido curto, pode se divertir mais com as cores, pois como aparece muita perna, a chance de te encurtar diminui muito.

A ankle boot é mais uma questão de estilo do que a preocupação em alongar ou achatar.

 

Veja o meu exemplo, sou alta e não me sinto bem de ankle boot com saia, em compensação, tenho várias clientes com estatura baixa que ficam ótimas. Ou seja, não tem regra, precisamos apurar cada vez mais nosso olhar e aprender a observar. Um look precisa ter harmonia e equilíbrio, assim, com certeza você estará ótima.

O mercado tem essas botas de todas as cores e modelos, com certeza vai achar uma que te agrade. Vejam alguns modelos que a Di Pollini Donna lançou.

Bom, meninas, é isso por hoje! Se tiverem dúvidas ou sugestões do que e como usar, me avisem. Beijos!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

Como usar a bota montaria

Por Gisele Gaspar

Bota montaria, como usar?

O inverno está chegando e precisamos nos esquentar sem perder o estilo.

Bota Montaria Di Pollini Donna Caramelo

 

A bota montaria é um clássico! Sempre vamos precisar de uma naqueles dias mais gelados. Além de ser quentinha, é muito confortável por ter o bico mais arredondado e salto baixo.

Tem algumas formas de usar, por cima da calça, com saia longa, mini saia e vestido . O segredo para o look ficar bem estiloso é usar uma calça bem sequinha, como a legging, e optar por blusas um pouco mais longas ou por maxi cardigans. Como a parte de baixo é muito justa, essas peças maiores e até com um pouco mais de volume, ficam interessantes.

Bota Montaria Di Pollini Donna Preta com Fivela

Se for usar com saias mais curtas ou com vestidos e quiser colocar uma meia, a regra das mesmas cores para não achatar a silhueta, vale aqui também.

Bota preta com calça ou legging preta, sempre vai te deixar alongada por não ter cortes no look e nem contrastes. A marrom normalmente fica muito boa com jeans.

 

Bota Montaria Di Pollini Donna Detalhe Dourado

A saia longa no inverno pede uma bota montaria ou um coturno, que deixa o visual mais descolado. Uma bota de salto já não deixaria o look descontraído. A bota também é uma forma de aquecer as pernas, quando estiver usando saia.

Gostou das dicas?! Arrase no inverno!

Beijos!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

 

Como usar tênis e continuar elegante

 

Por Gisele Gaspar

Vamos falar sobre como podemos usar tênis e deixar o seu visual mais bacana?  Eu trouxe pra vocês  looks para mulheres de 40 ou mais,  porque quando ficamos mais velhas, precisamos caprichar um  pouco mais, afinal, tudo na vida evolui, não é? E por que nossos looks não evoluiriam também?

As mulheres com mais de 40 anos podem usar de tudo?

Cada um usa o que quer, mas podemos aperfeiçoar um pouco. Como disse a senhora do vídeo que a Vanessa postou, “envelhecência”: o sorriso vem na frente de qualquer look!

Di Pollini Donna

Modelo Di Pollini Donna

O tênis virou mania, todo mundo quer usar e ele tem o poder de deixar os looks mais descolados e jovens. O mais bacana é misturar com peças que nunca imaginamos e não com o tradicional, jeans e shirt.

 

Di Pollini Donna

 

Gosto muito de misturar com peças mais femininas, como a saia e o vestido, ou com peças mais clássicas como a calça alfaiataria.

 

Di Pollini Donna

Se optar em usar com o jeans, escolha um jeans mais curtinho e pode misturar com blazer para dar uma sofisticada no look.

 

Di Pollini Donna

 

Nada de usar o tênis de ginástica! As lojas estão com várias opções bacanas,  então está fácil achar um que combine com seu estilo.

E aí, já usava tênis? Gostou das dicas? Tem alguma dúvida?

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

 

Um sapato fala mais que mil palavras

Por Gisele Gaspar

Sou muito suspeita para falar de sapato, desde adolescente já era alucinada.  Sempre olhava primeiro para o sapato de qualquer pessoa. Se o menino não usasse um sapato legal, eu nem conversava (rs).

Quando me tornei consultora de imagem percebi que realmente o sapato tem o poder de definir o nosso estilo e até de mudar o nosso comportamento.

Vanessa Palazzi usa sandália preta, lançamento da nova coleção feminina da Di Pollini Donna

Sandália preta nobuck Di Pollini Donna

E quem disse que um único modelo de sapatos não pode ser usado em várias versões?

Com um sapato de salto caminhamos com a postura mais ereta e ficamos mais confiantes. 
Um scarpin básico, como esse de verniz, passa credibilidade, elegância e sofisticação, é ótimo para usar em ambientes formais e informais também. Depende do look que você quer fazer.

Scarpin de verniz, bico arredondado, ideal para usar com meias no inverno. Nova coleção de sapatos femininos da Di Pollini Donna

Scarpin verniz preto, da Di Pollini Donna

A sandália abotinada, mais fechada, passa modernidade e personalidade e pode até tornar um look básico, num look estiloso. Pode ser usada com saia midi, saia curta, calça curta ou pantacourt. Olha a Vanessa Palazzi aí se divertindo com o sua sandália!

Sandália abotinada, preta e caramelo, em couro, da nova coleção da Di Pollini Donna

Di Pollini Donna

O último modelo de sandália tem um tom mais delicado mas não menos moderno, deixa a mulher mais feminina, sensual, além de muito elegante e sofisticada. O salto sempre faz a mulher se sentir mais forte e segura. Sou muito fã das flats, mas um salto faz a diferença. A flat nos faz sentir mais descoladas e descontraídas. E eu adoro uma sandália confortável para aqueles dias que precisamos ficar o dia todo em pé! 

Di Pollini Donna

Sandália nude, couro nobuck, salto médio e mais grosso, da nova coleção da Di Pollini Donna

Agora para e pense o que o seu sapato fala sobre você! Agora aproveite pra dar uma espiada na coleção da Di Pollini Donna que será lançada no próximo dia 5 de maio, às 14h, na Av. Sumaré, 600.  Tenho certeza que você vai adorar!
Beijos e até a próxima!
Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

Um look para amar

Por Gisele Gaspar

Toda mulher precisa ter no armário aquelas peças coringas que nos salvam em qualquer situação. Seja quando estamos fora do nosso peso, quando queremos estar mais modernas, ou ainda quando precisamos de um look mais noturno.

Essas calças de aspecto de couro (couro sintético), podem ajudar a criar looks modernos e para várias ocasiões. Para o verão, devem ser usadas à noite e em dias mais frescos, já no inverno podem ser usadas durante o dia e à noite, dependendo das combinações.

Além de valorizar qualquer tipo de silhueta, ficam ótimas com várias produções, pode ser com uma regata básica e até com uma blusa de brilho ou seda, pode ser com sapatilha ou salto fino.

Para quem não gosta de roupa muito justa, o segredo é misturar com maxi cardigan, blazer ou blusa mais longa. Pode ter certeza de que sempre vai dar um ar mais jovem para o seu visual.

As adeptas de tênis também podem abusar dessa calça e até jogar com um moletom bacana se quiser um look mais esportivo.


Para baladas e saídas à noite, podem ser a sua salvação. Só não é ideal para eventos mais sofisticados ou para trabalhar em áreas que exigem um pouco de formalidade. Por ser bem justa, é uma peça mais sensual.

Bom se você gostou da ideia, a Zara sempre tem ótimas opções nesse modelo.

Experimente!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

 

As vantagens do macacão

Sem promessas para emagrecer

Por Gisele Gaspar

Chega de promessas!

Muitas mulheres passam anos tentando emagrecer e, enquanto não conseguem, deixam de aproveitar a vida! Não podemos depender de nada para sermos felizes, só de nós mesmas.

Cada uma de nós tem um ponto forte, pode ser o rosto, o cabelo, o sorriso, as coxas, os seios e temos também o nosso ponto fraco. Descubra os seus pontos. Valorize o que tem de melhor, faça dele o seu ponto focal e procure disfarçar o seu ponto fraco.

06
Abuse dos acessórios, são ótimos para valorizar sua imagem. Se você só se sente bem de preto porque emagrece, use e abuse do preto, e brinque com a cor na bolsa, no sapato, nas bijus… O cabelo fala e expressa muito sobre a gente, capriche nele. A maquiagem também faz toda a diferença, não precisa ser forte, apenas bem feita.

Quando nos olhamos e nos arrumamos, melhoramos a nossa autoconfiança e autoestima e isso nos traz muitos benefícios, inclusive na saúde. Então, a meta para o próximo ano é: AME-SE!

Beijos e vamos acreditar mais em nós mesmas!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

Portugal lá vou eu!

Estilo não tem idade

Dicas da Gisele Gaspar, da Giz. Confira aí!

“Fiz este post pensando nas mulheres que não gostam de shorts e vestidos curtos, mas querem ficar estilosas no verão.

Muitas mulheres deixam de se curtir por acharem que não estão com o corpo ideal e isso acaba impactando em suas vidas. Então pare de se apegar a números, tanto da idade, quanto da balança. Sou a favor de valorizar aquilo que temos de melhor e não existe nada que não possa ou que não deva usar. 

As calças mais curtinhas, as bermudas e os vestidos longos, são super bem vindos para quem não gosta de nada curto. Esconder o braço por achá-lo gordo pode fazer parecer ainda maior. Coloca esse braço para fora, sem medo de ser feliz, garanto que seu estilo vai prevalecer diante dos seus braços.

Bijuterias, sapatos e qualquer outro acessório podem rejuvenescer o look e criar um estilo único. Outra dica é caprichar no corte de cabelo e na cor, faz toda diferença no nosso visual e no nosso estilo.

A Consuelo Blocker, que está na maioria das fotos, tem mais de 50 anos, tem um corpo normal, muito longe de ser aquela mulher sequinha e veja como esbanja elegância, estilo e charme.

A dica é experimentar peças diferentes, entender o que te faz sentir-se bem e não sofrer pelo que gostaria de usar mas não consegue.

Beijos meninas e podem enviar suas dúvidas, se possível, faço o que pedirem.

Gisele Gaspar

Com que roupa que eu vou?

Cores das roupas e a sua energia

Por Gisele Gaspar

Como as cores das roupas impactam na nossa energia e no nosso dia?

Eu vi a entrevista da Pati Pena, do Organização Emocional,  na fanpage do Mulheres de Quarenta sobre como transformar ambientes e emoções em forma positiva. Acesse AQUI para assistir o vídeo!

Foi aí que pensei em falar como a roupa pode aumentar a sua energia de acordo com a cor que você usa.

 

As cores falam muito, não só nas roupas como em qualquer ambiente, objetos e até na própria natureza.

 

O cinza, por exemplo, se for bem trabalhado no visual pode passar muita credibilidade mas, por outro lado, tem gente que se sente triste com ele, assim como os dias nublados e acinzentados, que deixam algumas pessoas de baixo astral.

Eu adoro usar branco em dias que quero paz e que as coisas dêem certo. O vermelho é uma cor muito sensual e forte, acho que é até difícil ficar de mau humor quando estamos de vermelho. O azul marinho passa autoridade, credibilidade e confiança, nos sentimos fortes e poderosas para os negócios quando usamos essa cor.

Comece a prestar atenção no seu dia, dependendo da cor que usa você pode mudar seu astral para melhor ou para pior e pode ajudar a passar a imagem que precisa tanto na vida profissional quanto na social.

 

Essa é a dica: bom humor, autoestima e autoconfiança precisam  ser trabalhados todos os dias, de todas as formas.

A vida é cheia de surpresas, precisamos estar fortes e preparados sempre.

Um beijo meninas e espero que aproveitem as dicas, se gostarem posso falar de outras cores também!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

Como valorizar ainda mais a beleza negra?

Por Gisele Gaspar

Somos muito fãs das mulheres negras que assumem o cabelo do jeito que ele é. Lógico que exige cuidados, assim como qualquer outro tipo de cabelo, mas imprime ao look da mulher muita personalidade.

Os dentes, o tom de a firmeza da pele faz com que essas mulheres tenham um grande diferencial.

Elas podem abusar das cores fortes e das  mais claras também para realçar ainda mais o tom de pele.

Quanto à maquiagem, elas não precisam abusar e nem se preocupar muito com isso. O pouco que usam já passa uma imagem saudável. Claro que às vezes dá aquela vontade de fazer uma super make, mas um batom com cor marcante já pode ser o suficiente.

As mulheres negras devem e podem usar e abusar de saias e vestidos que deixam as pernas à mostra. Essa é a  vantagem pra quem não precisa se preocupar em estar bronzeada.

Separamos vários looks para mostrar que o cabelo não interfere no estilo, apenas dá autenticidade para a mulher que o assume.

Espero que tenham gostado!

Aproveite para refletir o quanto é importante nos assumirmos e assumirmos tudo o que é importante nas nossas vidas.

Beijos, meninas, arrasem!

Gisele Gaspar é consultora de imagem da Giz e colunista do Mulheres de Quarenta.

Moderna até no trabalho

Tem coisa mais gostosa do que se arrumar para nós mesmas?

Eu adoro!

E como nem sempre tem um programa especial, eu me arrumo mesmo que seja pra ir trabalhar.

 

E hoje em dia não tem mais essa de usar roupinhas caretas para o trabalho. Claro que dependendo do local aonde você trabalha não poderá ousar tanto. Nada de transparências, roupas muito justas, decotadas e curtas! Deixe isso para o encontro que você vai ter logo mais a noite! Tomara, heim?

As mulheres de quarenta de hoje são bem diferentes daquelas de antigamente.

Sapatos e bolsa da Michèle Neyret Acessórios

Hoje, as mulheres se preocupam muito mais com a aparência. E isso faz toda a diferença inclusive no seu ambiente de trabalho!

Uma pessoa vestida adequadamente em poucos minutos passa uma boa imagem. Sim, o modo como você se veste cria credibilidade. Pode reparar nisso!

Sapatos da MIchèle Neyret Acessórios

Ainda que você use roupas mais básicas, invista nos lenços, bijuterias, bolsas e sapatos.

Mas cuidado com os exageros. É preciso ter equilíbrio para que os acessórios não briguem entre si!

Um beijo, meninas e até a próxima!

Vanessa Palazzi idealizadora do Mulheres de Quarenta.

 

 

Add to cart
AN