Promova luz em meio ao caos

Dia após dia, temos visto cada vez mais notícias desanimadoras, seja pela saúde sanitária em nosso país, ou por cenários que envolvam, inclusive, a política. E como lidar perante tudo isso?

Xingar, procurar culpados e falar sobre isso o dia inteiro, seria a opção mais fácil, porém a mais dolorosa.

Nós vivemos um período delicado, e por isso, é a hora de levarmos bons sentimentos para as pessoas a nossa volta.

Já sabemos os inúmeros problemas que vivemos, e temos realmente que nos indignarmos com os problemas e buscarmos fazer a nossa parte como cidadãos. No mais, tentar criar um bom ambiente a nossa volta é primordial.

E para isso, você pode:

– Compartilhar boas notícias e textos bacanas;

– Analisar como podemos ajudar as pessoas a nossa volta;

– Analisar o que fazer para melhorar os problemas que estivermos passando.

Todos os problemas irão terminar e em breve poderemos nos reunir com todos que amamos, sem máscara e esperançosos.

Inspiração: O Segredo

Dicas para receber os familiares em casa de uma forma especial!

Quando você vai à casa de um amigo, e percebe todo o carinho e cuidado no preparo da mesa pare te receber, dá uma sensação enorme de carinho, não é mesmo?

E por que não transmitir o mesmo aos seus familiares que te visitarem? De uma forma fácil e com alimentos deliciosos!

Confira o que fazer:

1º Escolha o tipo de alimento para servir, de acordo com o horário que irá recepcionar os convidados.

Se for no período da tarde, você pode optar por uma deliciosa torta de frango com catupiry, ou ainda, por um pão de calabresa e antepastos.

Agora, se o encontro estiver marcado para o almoço, ou janta, é possível se deliciar com pratos diferentes, como massas (ravióli, mezzaluna, capeletti e tagliatelli), bacalhau confitado e tropeiro mineiro.

E para finalizar com uma sobremesa incrível, você pode se deliciar com bolos, brigadeiros e taças doces.

2º Monte uma mesa especial.

3º Use de flores e itens decorativos.

E você tem alguma dica a mais? Comente aqui em baixo!

Todos os salgados sugeridos são da Boca a Boca Gourmet (https://www.instagram.com/bocabocagourmet/) e da Dulcissimo Brigadeiros (https://www.instagram.com/dulcissimobrigadeiros/).

Entre em contato e garanta essas delícias você também!

Participe do 8º Drive Thru Solidário do projeto Unidos do Bem

A 8ª edição do Drive Thru Solidário do Projeto Unidos do Bem acontece no dia 25 de abril, das 10h às 16h, em Al. Dos Carinas, 275, Moema (São Paulo). A ação tem como intuito arrecadar alimentos para doação.

Basta você comparecer e doar, sem mesmo sair do carro, algum dos seguintes alimentos: arroz, feijão, óleo e molho de tomate.

O projeto nasceu na pandemia do coronavírus, devido a grande crise econômica gerada no Brasil, afetando empresários e famílias. E não foi diferente com Carlos Kaufmann, proprietário do buffet Villa Glam, localizado em Moema, São Paulo.

Ele foi obrigado a encerrar temporariamente as atividades do seu negócio. Contudo, ao invés de cruzar os braços com a situação, ele encontrou na adversidade uma forma de fazer o bem para o próximo, criando um projeto social.

Assim, com os estoques lotados de alimento e as festividades canceladas, surgiu a ação “Unidos do Bem”. O empresário transformou a cozinha profissional do espaço em um local para preparar marmitas e distribui-las a moradores em situação de rua.

Acompanhe o projeto e faça a doação no Drive Thru: https://www.instagram.com/unidos.dobem/

Descubra uma solução digital para modernizar o seu negócio

Em um mundo onde as ferramentas digitais são cada vez mais importantes para qualquer negócio, sair na frente adotando opções tecnológicas e que facilitem a vida de seus clientes é fundamental.

E foi pensando nisso que surgiu a Idolink, plataforma completa que possibilita a criação de uma página online, que pode ser usada até mesmo como um e-commerce simplificado, sem a necessidade de um programador de sites.

Mais do que apenas compartilhar seus links na bio, ela possibilita você ter um site simples, onde seja possível contar uma história através de palavras e imagens, tirar dúvidas de um produto ou serviço sem tirar o foco do usuário, ser redirecionado para outro link, e muito mais.

Disponível tanto gratuitamente, quanto no plano pro, você encontra as seguintes vantagens:

Plano FREE

– Divulgar opções de contatos (telefone, SMS, Email, e endereço);

– Apresentar uma biografia completa através de textos e imagens com formato HTML (site);

– Tirar dúvidas frequentes de forma simples e objetiva;

– Oferecer algo em troca de leads (e-mails);

– Ter um link na Bio personalizado, com background exclusivo.

Exemplo: https://www.idolink.bio/petshop

Plano PRO

– Facilita a venda de uma imagem (influencers, blogueiros, empresas de marketing etc.);

– Vitrine com foto de apresentação de produto ou serviço, direcionando o usuário para a compra externa (site de afiliados, whatsapp, Email ou site de preferência);

– Link em exposição por tempo indeterminado

– Venda de um produto ou serviço

– Opções de pagamentos, ONLINE E OFFLINE

Exemplo: www.idolink.bio/mulheresdequarenta

E o melhor de tudo é que para você, seguidor do Mulheres de Quarenta, há desconto de 15% no Plano PRO (ideal para quem quer vender ou expor produtos e serviços na landing page).

Quem está por trás da Idolink

A startup é formada por três empreendedores especialistas no mundo digital, com sua sede constituída nos Estados Unidos, e operação descentralizada no Canadá e Brasil.

5 coisas que o divórcio ensina!

O momento da separação nunca é fácil, mas não é por isso que ele precisa ser algo tão sofrido. Por mais difícil que seja, é importante perceber alguns ensinamentos que o divórcio pode trazer para a sua vida. E assim, fazer com que essa fase seja de muita evolução e aprendizado.

E para te ajudar a enxergar isso, separamos hoje 5 lições preciosas que a separação pode gerar para a sua vida. Confira abaixo!

1 – Você não é dependente dos outros para a sua felicidade

Quando estamos casadas, muitas vezes, nós não conseguimos nos imaginar felizes sem aquela pessoa em nossa vida. Entretanto, está na hora de começar a aprender formas de ser feliz sozinha. Isso parece difícil, mas é possível. Pegue as atividades que você mais ama, e coloque em prática sozinha.

2 – Você tem tempo livre para explorar e compreender a si mesmo e a vida

Sabe aquele tempo que você gastava se dedicando a outra pessoa? Agora é a hora de usá-lo inteiramente com você mesma. Invista em atividades de autoconhecimento e autocuidado.

3 – Você não precisa de um parceiro para manter as aparências ou validar sua vida

Muitas vezes nos sentimos tão pressionadas para ter um companheiro, que acabamos nos submetendo a relacionamentos que não nos agregam. Mas a verdade é uma só: você não precisa disso para validar a sua vida. Você é como é, e não importa a opinião alheia.

4 – Ser solteira não significa que você não tem amor

Ser divorciada não significa que você não tem amor em sua vida. O amor pode ser encontrado em tudo, e de diferentes formas. Seja no abraço de um familiar, ou em um sorriso de um desconhecido.

5 – Tempo gasto sozinho é tempo gasto recuperando-se

Entrar em outro relacionamento neste momento pode não ser bom para você. É hora de se recuperar, e não de tentar tampar buracos e feridas. Tire um tempo sozinha!

Inspiração: https://osegredo.com.br/

Amor pela metade não preenche, só nos esgota

O sexo e a síndrome do intestino irritável | ederepente50

De tanto vermos novelas, filmes e séries que mostram o amor sendo representado de maneira sofrida e difícil, muitas vezes, acabamos acreditando que esse romance das telas é o melhor, mas não é bem assim.

Ter um relacionamento repleto de sofrimentos e decepções, onde você é amada pela metade, é frustrante.

Você tenta dia após dia agradar, fazer com que a pessoa se sinta amada e feliz, e receber carinho em troca, e quando isso não ocorre, se sente mal.

É esgotante tentar ter a atenção tão sonhada de alguém, obter o carinho e o aconchego. Acabamos nos sentindo com a energia sugada e esgotada.

Por isso, entender quando algum relacionamento não é inteiro é vital para o nosso bem-estar. Saber enxergar quando não recebemos aquilo que merecemos é a chave para romper algo que nos machuca.

Mas ter essa percepção não é fácil e exige muito de nós mesmas. O primeiro passo é colocar a autoestima em dia, se amar e se cuidar. É olhar no espelho e reconhecer a mulher forte e incrível que você é, que já passou por tanta coisa, e que segue cada dia mais sábia e poderosa.

Depois, é saber terminar com o que não faz feliz o coração. O que não satisfaz não pode ter lugar fixo na sua agenda de prioridades.

Pode parecer difícil, mas garanto que você tem forças ai dentro para ir longe sem o que te abala.

Nós mulheres somos fortes e capazes de tudo!

 

Mantenha uma rotina de autocuidado emocional

Muitas vezes, focamos em cuidar de todas as pessoas a nossa volta, familiares, amigos, e quem nos relacionamos amorosamente, e acabamos nos deixando de lado, esquecendo de nós mesmos. Na hora de pensar em o que realmente precisamos, negligenciamos as nossas próprias necessidades.

Um dos primeiros passos para que isso não ocorra, é montar uma rotina de autocuidado que faça sentido para a nossa mente.

Para te ajudar a montar a sua, aqui vão algumas sugestões:

1 – Meditação:

A prática te ajuda a treinar a atenção no presente e em si mesma. É uma ótima forma de refletir sobre o que tem feito e o dia a dia.

2 – Pratique exercícios físicos:

Corpo em movimento é sinônimo de bem-estar. Encontre a atividade que mais te dê prazer, seja corrida, yoga, musculação ou pilates.

3 – Encontre uma terapia alternativa:

Há várias terapias alternativas, algumas inclusive reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Cada qual gera um tipo de bem-estar diferente. Algumas delas são: acupuntura, homeopatia e terapia de florais.

4 – Faça algo que o entretenha:

A correria do dia a dia muitas vezes nos deixa sem tempo para fazer algo que nos entretenha, contudo, é importante priorizar algumas atividades que nos deem prazer, como leitura de um bom livro e escutar a música favorita.

Você já tem uma rotina de autocuidado? Conta pra gente aqui abaixo!

Entenda o término por uma nova perspectiva

Ele me deixou! Não entendi nada, simplesmente foi embora, eu que sempre me dediquei a ele, dói demais isso. Opa! Isso eu não falo, só digo que fui enganada, rejeitada…

Caro leitor, você pode trocar o pronome “ele” por “ela”, acontece da mesma forma, a diferença é que quando o homem “leva um fora“, a síndrome do macho ferido associado pode promover mais tempestades de agressão, ressaltando em cena o pior dos sentimentos ligados ao ciúmes, que é a posse.

Pela posse, países brigam, vizinhos de cerca perdem a amizade, casais se desentendem, homens enfurecidos pelo término matam.

Saibam todos, quando terminam um relacionamento com você é como a puberdade, chega para todos, um dia ou outro você vai sentir.

O término por si só seria muito fácil de lidar, pois a rejeição, o não, o sai pra lá, vem sendo nos ensinado desde que nascemos. Começa quando saímos do forninho da mãe, lá tava quentinho, gostoso, estávamos protegidos, alimentados, amados, mas nossa mãe natureza sabia que lá não teríamos chance de crescer, ia morrer você e a mãe se lá permanecêssemos.

Hoje, orientações equivocadas de alguns “Coach/Psicólogos/blogueiros”, fez esse momento se tornar o ouro dos tolos, fez a cultura do amor próprio tóxico crescer como pão com fermento. A autoestima ficou inflamada, e uma geração de egocentrismo misturado com autopiedade tem crescido na bandeira da, entre aspas, baixa autoestima. Brinco que na verdade o que vivemos nesses casos é uma “estimite“, já que o sufixo “ite” se usa para processos inflamatórios, como apendicite, amigdalite; tendinite…

Vou te explicar melhor o que é “estimite”. É um processo ocasionado não por uma baixa autoestima como enfatizam alguns “coach/psicologas/bloqueiras”, que surfam na onda da autopiedade, fazendo mulheres adultas se comportarem como crianças mimadas que perderam seus brinquedos. Enfatizo que essa situação não é causada por baixa autoestima, mas sim por uma autoestima tóxica que faz você acreditar que sua mãe te fez a última bolacha do pacote!

Perceba no discurso de quem sofre de “estimite” que o ego inflado fala mais alto. Como ele me deixou? Como se você fosse perfeita, sem defeitos, como se você fosse a mais linda, a mais inteligente, a mais carinhosa, a mais prendada, a mais estimada, a mais…

Cadê as sandálias da humildade? Ele te deixou porque você não era tudo aquilo que ele tinha anseio ou talvez porque ele nem sabia o que queria ainda, talvez só passar tempo, simplesmente por isso!

E você ficar buscando conselhos de terapeutas nas redes sociais que mais se parecem com “psicologia de botequim” não vai te fazer superar mais rápido o fora.

Seguir essa linha de que “eu sou melhor“, eu não preciso dele, eu me olho no espelho e me vejo bela, maravilhosa, empoderada, não vai te fazer melhor. E o pior disso tudo, só vai deixar mais inflamado sua autoestima tóxica, vai amplificar sua dor e fazer tornar crônico sua estimite.

Chega! Pare de alimentar sua autoestima tóxica! Pare de cultivar o vitimismo e de se achar a última bolacha do pacote! Seu problema não é baixa auto estima! é justamente o contrário ! Ela é tão elevada que você não aceita a rejeição!

Ficar alimentando isso só te fará ficar mais tóxica! E o pior disso, vai demorar muito mais para aceitar o término. E quando estiver em um novo relacionamento, e pode ter certeza que estará, você entrará nele com mais autoestima tóxica!

Sabe, essa “estimite” te impede de ver a vida como ela é, te impede de sentir melhor, te impede de você poder ser sua melhor versão, te impede de crescer fisicamente, emocionante e espiritualmente!

Ele te deixou porque busca a felicidade dele, e não encontrou em você! Talvez porque não era pra ser você ou pode ser que foi justamente pela sua autoestima tóxica, sua estimite!

Sabe aquela história que menos é mais? Então, começa a aplicar no caso e reveja se ficar ouvindo conselho de “coach/psicóloga/blogueira” de botequim vai te fazer de fato crescer e ser mais feliz.

Faz assim, vai no Google agora e procure por psicologia/psiquiatria. Encontre um bom profissional terapeuta na sua cidade e invista em você.

Não me venha dizer que não tem dinheiro para terapia, pode ter certeza que é mais barato que as bolsas, sapatos, roupas, cosméticos e procedimentos estéticos que você compulsivamente consome.

Deixe seu comentário sobre o que pensa do assunto.

Se você gostou desse conteúdo e acredita que pode ajudar aquela sua amiga, amigo, converse com ela/ele sobre essa perspectiva, compartilhe esse post e dê um like. O mundo está precisando de mais Empatia e menos Egocentrismo.

Por Davi Vidigal

Médico atuante desde 1991, com especialização em Psiquiatria e dependências químicas, Davi Urias Batista Vidigal é a personificação da Escola Mundial de Promoção da Qualidade de Vida e do Ambiente de Trabalho.

Como médico psiquiatra, Davi Vidigal, também chamado carinhosamente de “o Dr. FIB”, integra a chamada geração saúde física e emocional.

Precisamos deixar ir quem não nos acrescenta mais

Quando somos crianças, nós realmente acreditamos que as pessoas que amamos irão continuar em nossa vida para sempre. Mas, conforme a fase adulta avança, aprendemos que não é bem assim.

Perdemos amigos, amores, e até mesmo familiares, por simples falta de conexão.  E precisamos aprender a deixa-los ir.

Muitas vezes esse distanciamento é feito de forma natural, em outras, é abrupto, e temos que nos acostumar a viver longe de alguém a força.

E aquela pessoa que imaginávamos que nos amaria para sempre, passa a sorrir muito mais sem a nossa presença, e o mesmo acontece com a gente.

Há o afastamento também devido a distância física. Quando passamos a morar em locais muito distantes, ou ao fazer aquela viagem longa de meses para fora do país. Por mais que haja a boa intenção em nos mantermos conectados, o fuso horário e a rotina diferente pode atrapalhar o papo.

Por isso, é tão importante que valorizemos o aqui e agora. Por não sabermos como será o dia de amanhã, aproveitar os pequenos momentos ao lado de quem está conosco hoje é essencial.

Afinal, não sabemos se em algum momento o vínculo de carinho será quebrado.

Além do mais, é importante que a gente identifique quando alguma relação já não nos faz mais bem, para que nós mesmas possamos cortá-la. Assim, a gente se preserva de situações desagradáveis.

Deixar acontecer novas pessoas em nossa vida é ótimo, mas saber o momento de deixa-las ir é fundamental.

Inspirado em: https://osegredo.com.br/

Faça o seu imposto de renda e garanta estar em dia com a Receita

Estamos em março e é hora de garantir os nossos impostos em dia com a Receita Federal do Brasil. Temos até às 23h59 do dia 30 de abril, pelo horário de Brasília, para realizarmos a declaração do imposto de renda.

E quem perder o prazo terá de pagar multa de 1% em cima do imposto devido ao mês, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

As pessoas obrigadas a fazer a declaração do Imposto de Renda neste ano de 2021 são aquelas com remuneração de R$ 28.559,70, o que dá uma média de R$ 2.379,98 por mês. Ou então que tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte, em valor superior a R$ 40 mil.

Na prática, a declaração do imposto de renda consiste em dizer tudo o que ganhou no último ano, incluindo salários, aposentadoria, rendimentos de aluguel, prêmios de loteria e investimentos.

Além de também precisar listar algumas despesas do mesmo período, como gastos médicos e com educação.

É importante que a declaração seja feita com exatidão, e sem deixar de fora qualquer informação importante, uma vez que caso a Receita Federal perceba que há algum erro, você poderá ter prejuízos.

Assim, para garantir que não haja qualquer problema, é essencial que você contate um profissional de contabilidade de confiança, como é o caso da LR Assessoria Empresarial, uma empresa de mulheres e para mulheres.

Ela oferece orientações fiscal e financeira, entre outras, contando com uma equipe de colaboradores de alto nível, divididos em departamentos de acordo com a mais moderna técnica de softwares e hardware, moldando-se, assim, um trabalho feito por profissionais competentes, visando o crescimento de seus clientes e a menor carga tributária possível, dentro dos padrões contábeis, éticos, fiscais e legais.

Saiba mais: http://www.lrassessoria.com.br/

 

Torne momentos ainda mais especiais com uma boa mesa posta

Compartilhar momentos com quem amamos é sempre algo especial, por isso, quando recebemos alguém em casa, nada melhor do que preparar uma boa mesa para confraternizarmos.

Isso demonstra carinho pela visita e ainda deixa o ambiente muito mais elegante.

Ainda mais em tempos onde seguimos com distanciamento social, aproveitar os momentos breves faz toda a diferença.

Por isso hoje, trago algumas opções maravilhosas de mesa posta para você se inspirar e tornar as confraternizações a serem compartilhadas ainda mais especiais.

Confira abaixo!

Mesa posta para a páscoa

Como a Páscoa está próxima, que tal apostar em opções diferenciadas para essa comemoração?

Gostou de alguma das opções acima? Você pode garantir para você. Acesse: https://www.instagram.com/marciasliborio/

Brasil terá a sua primeira escola de educação parental

A percepção da necessidade de melhorias nos relacionamentos familiares, ainda mais evidenciadas pelo isolamento social que marcou 2020 por conta da pandemia do coronavírus, trouxe à Stella Azulay a ideia da criação de uma escola parental.

O objetivo é auxiliar pais e responsáveis nas decisões que mais impactam na construção do caráter e no destino de seus filhos.

Por meio de curso, busca estabelecer uma rotina familiar saudável, definir os papéis dentro do relacionamento pais e filhos, bem como construir uma comunicação efetiva e coerente. Para isso, profissionais de diversas especialidades estarão disponíveis e abordarão em seus cursos os principais desafios dos pais do século XXI.

Stella Azulay – Palestrante

☑ Jornalista e Educadora Parental com especialização em Análise de Perfil e Neurociência Comportamental
☑ CEO da Escola de Pais XD
☑ Mentora de pais, adolescentes, educadores e mulheres (carreira)
☑ Colunista no Papo de Mãe

Acesse: https://www.instagram.com/escoladepaisxd/

Fingir estar sempre bem pode aumentar o estresse

Mesmo com a maturidade, é inegável que nós mulheres vivemos sob intensa pressão social, cada hora para algo em específico. E nos dias de hoje, a imposição de precisar estar sempre feliz tem sido cada vez mais forte.

É quase como um manual de bons modos, onde nós precisamos sorrir e manter a pose de força durante o tempo todo, sem mostrar as nossas vulnerabilidades. Entretanto, somos todos humanos, que temos dores e sucessos, tristezas e alegrias, e que precisamos botar esses sentimentos para fora.

Segundo uma pesquisa realizada pelo American Psychological Association, quanto mais tentamos esconder o que sentimos, mais aumenta o nosso nível de estresse.

Portanto, é vital que consigamos transparecer o que sentimos e sermos sinceras sobre como estamos.

Principalmente em um mundo onde as redes sociais estão tão ativas e são exibidas o dia a dia de todos, a pressão por estar com a vida perfeita é muito forte.

E aqueles que mostram ser verdadeiros, conectam-se ainda mais com quem os vê. Em um mundo onde tantos fingem, ser real atrai e faz com que consigamos estar

Assim, tente colocar o que sente para fora. O dia em que não estiver se sentindo bem, fale. Não procure ser a mulher maravilha, você é incrível com tudo o que sente e vive!

Referência: O Segredo

Empreender aos 40: uma alternativa para o novo ano

8 Difficulties Women Face at Work | Blog | Elite World Hotels

A 1ª Jornada de Estratégia e Parceria para Empreendedoras 2021 é um evento para empreendedoras com o objetivo de desenvolver as 5 competências mais pesquisadas pelas mulheres de negócios em 2020, e que são essenciais para lucrar em 2021.

Serão 6 dias com 9 profissionais de áreas de finanças, inteligência emocional, vendas, planejamento e ainda uma rodada de negócios para você firmar parcerias em 2021. Tudo online!

Programação

25/01 – Oficinas Xô Estresse: Como usar as facetas da inteligência emocional para equilibrar a sua saúde e a do seu negócio;

26/01- Oficina: Ferramenta para você planejar suas estratégias e campanhas do seu negócio em 2021 tudo em um só lugar, com a fundadora da Casa da Empreendedora, Ruana Brito;

27/01 – Palestra: Apertando os cintos: Como reduzir custos fixos do seu negócio para ter um suspiro no seu orçamento em 2021 e ter como investir;

28/01 – O passo a passo para criar um anúncio que influencia e vende nas redes sociais;

29/01 Debate: Por que a Rede Colaborativa será o alicerce para o seu Negócio prosperar em 2021 (lançamento plataforma Vitrine Digital)?;

30/01 – Rodada de Negócios para você fazer suas parcerias de 2021.

Conteúdos extras para te ajudar ainda mais nessa jornada:

– Como criar um pitch de vendas poderoso para fazer parcerias de grandes resultados durante a rodada de negócios;

– Que tipos de parceria fazer durante a rodada de negócios;

– Painel com negócios femininos de sucesso para você se inspirar.

Inscreva-se agora mesmo: https://pag.ae/7WLvv5x9u

Receba os familiares com petiscos especiais

Receber os familiares em casa é sempre uma boa comemoração, principalmente em tempos de pandemia do coronavírus, onde esses encontros são cada vez mais raros.

E para tornar esse momento ainda mais especial, ter bons petiscos para receber os convidados faz toda a diferença.

Conheça algumas opções deliciosas para você adquirir:

Frutas desidratadas e secas da melhor qualidade

Mix de frutas secas

Coco chips

Avelã crua

Salgados para beliscar

Mix de nozes, castanhas e pistache

Amêndoas

Milho torrado

Doces para todos os gostos

Amendoim doce

Granola

Amêndoa confeitada

E para garantir todas essas delícias, basta adquirir os produtos Alibec, por meio de uma de suas lojas revendedoras.

Saiba mais: http://alibec.com.br/

https://www.instagram.com/alibec.alimentos/

https://www.facebook.com/AlibecAlimentos/

Mergulho em água rasa pode ser perigoso. Os pais devem redobrar os cuidados

 

Assim que começam as férias para as crianças – tanto as de inverno como as de verão -, acaba o período de descanso para os pais, já que eles têm de estar mais atentos para que nenhum acidente ocorra com seus filhos.

Dados do Ministério da Saúde apontam que os acidentes ou lesões não intencionais são a principal causa de morte entre as crianças de 1 a 14 anos de idade, respondendo por 4,7 mil óbitos e 125 mil internações/ano.

É um índice alarmante, especialmente se levarmos em conta que mais de 90% dos acidentes poderiam ser evitados com medidas simples de prevenção.

“Nas férias, o número de acidentes aumenta muito! Nas de verão, que têm início agora no país, a maior preocupação é com os perigosos acidentes de mergulho em água rasa.

Os pais têm de ter muita atenção! O trauma em um mergulho afeta a cabeça e o pescoço, podendo deixar a criança tetraplégica”, alerta o médico ortopedista pediátrico David Nordon.

Segundo ele, há também inúmeros tipos de acidentes relacionados aos esportes terrestres, especialmente aos que podem ser feitos fora de casa ou em ambientes abertos.

“No caso das atividades terrestres, as duas fraturas mais comuns são a do punho e também dos dedinhos”, explica o profissional. Contudo, de acordo com Nordon, a fratura mais perigosa é a que ocorre no cotovelo, geralmente entre os quatro e oito anos de idade.

“Trata-se de uma fratura delicada que, se não tratada com a devida atenção e cuidado, pode levar a deformidades”, alerta.

Assim que a criança cai, o primeiro procedimento a ser feito é checar os sinais vitais dela (respiração, batimentos cardíacos) e seu nível de consciência (se ela está acordada, desacordada ou desorientada), especialmente se bateu a cabeça.

“Se ela começar a ficar mais sonolenta, mole, respondendo pouco, é importante levá-la a um serviço de urgência em hospital. Uma avaliação médica é importantíssima, especialmente em traumas de crânio”, orienta o ortopedista pediátrico.

Ele explica que se a criança apresentar dor de cabeça e vômitos também é importante levá-la ao médico o mais rápido possível.

Para evitar os acidentes, além de sempre ficar de olho no filho, é importante que a criança use equipamentos de proteção como: capacete, cotoveleiras e joelheiras, principalmente quando usar bicicletas, patinetes, skates, patins ou outros brinquedos similares.

“E até dentro de casa, quando a brincadeira for mais ‘animada”, afirma o médico.

“É bom estarmos sempre cientes dos riscos, de que pode ser grave e que é na infância que ocorre a formação de um esqueleto forte e saudável, o qual será a base para toda a vida da pessoa.

Por isso, muita atenção com os nossos pequenos, principalmente neste o período de férias”, finaliza o ortopedista pediátrico David Nordon.

Informações à Imprensa:  ADCom Comunicação Emprsarial

Cibele Felix: cibele@adcompress.com.br

Whatsapp: (11) 99482-7425

Transformação para um bom início de ano

Mais um ano que chegou, e você já pensou o que fará de diferente para uma melhoria pessoal? Todos os inícios de ano são elaboradas promessas, juras e afirmações de uma mudança, que muitas vezes ficam só ali naquele dia.

Pensar no amanhã é pensar em você, é saber como será e como fazer, se colocar realmente em primeiro plano.

E para isso, procure sempre listar o que deseja para um novo ano, entenda os caminhos que terá de passar para chegar ao final do arco-íris e encontrar o seu pote de ouro.

Muito importante que seja combatido a desmotivação, isso é um dos fatores primordiais que afetam a sua transformação, motive seu cérebro a te ajudar e não a boicotar. Faça com que ele entenda o seu desejo de mudança e transformação, mostrando aonde quer chegar.

E deixe como meta tudo que almeja e foque naquilo necessário para realizar. Sem objetivos bem definidos é quase impossível atingir o que se busca, por isso é sempre bom anotarmos tudo aquilo que queremos.

Então se encontre, saiba sempre onde você quer chegar, para que assim no final do próximo ano esteja colhendo todos os frutos que plantou durante os 365 dias desse período.

Férias em casa: livros são opção de viagem em tempos de pandemia

Aguardadas por muitos, as férias são o momento de colocar em prática o que foi planejado ao longo de um ano inteiro de trabalho. Em 2020, com as restrições impostas pela pandemia de Covid-19, a leitura desponta como uma alternativa para quem quer viajar sem sair de casa.

No conforto e proteção que o lar proporciona, é possível conhecer personagens únicos e lugares incríveis através dos livros. Essa opção, além de mais econômica, ainda poupa o viajante de se preocupar em arrumar as malas ou fazer a reserva de passagens e acomodações.

Isso sem contar no leque de possibilidades. Em uma mesma obra, o leitor pode conhecer diferentes regiões da Inglaterra por meio de um enredo que mistura romance e disputa por poder, ou então, se encantar com uma linda história de superação que tem Paris como cenário.

Agora, se você quer sair do tradicional cenário europeu, existem narrativas que se passam em Istambul, por exemplo. Com o poder que as palavras têm, envolver-se com uma história pode levar a sua imaginação para longe.

Autora dos romances Quatro Estações, O Vestido de Época e Conexão, Juliana Marinho explica que, ao escrever, busca explorar ao máximo os detalhes dos espaços, das personagens e da cultura local para envolver o leitor na história contada.

“Produzir um romance de época ou uma história que se passa num lugar onde os costumes são diferentes dos nossos exige muito estudo e dedicação. Mas acaba valendo a pena porque é sempre um prazer transportar o leitor para lugares que já visitei e que encantaram”, afirma.

E para aproveitar o Natal, você pode adquirir o seu livro por R$ 35,00 reais, com frete grátis. Acesse e envie uma mensagem por Direct: https://www.instagram.com/julianamarinho.escritora/

Sobre a autora

Nascida no interior do Estado e atualmente morando na capital paulista, Juliana Marinho é autora dos romances Quatro Estações, O Vestido de Época e Conexão. Formou-se em Relações Públicas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), com especialização em Civilização Francesa pela Université de La Sorbonne, de Paris, e atualmente cursa Psicologia Positiva, Ciência do Bem-Estado e Autorrealização na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Add to cart
AN