Aparecida! Ai, minha Nossa Senhora!

Toda mulher sabe que um dos nossos maiores desafios é arrumar uma empregada que dê certo. Confesso que ate hoje ainda estou tentando! Aparecida foi uma das aproximadamente 54 que já passaram em casa ao longo de nove anos.

Aparecida era obesa, tinha diabetes e depressão. Comia e chorava o tempo todo. Ela adorava cozinhar: fazia seis pratos diferentes a cada refeição.  Os salgados eram salgados pra valer. Os doces, de tão doces, agarravam na garganta e era duro de descer.

Ela não era muito chegada à limpeza. Comecei a pegar no pé da Aparecida. Ela parou um pouco de cozinhar e resolveu limpar a casa como nunca tinha feito antes. Num desses dias de faxina pesada, estava eu no banho quando, de repente, escuto um barulho estrondoso. Peguei minha toalha e sai correndo para ver o que havia acontecido.

– Aparecida! Ai, minha Nossa Senhora!

Quando cheguei à cozinha, lá estava a Aparecida: dentro da pia! Eu chamei o zelador para me ajudar a tirar a Aparecida de lá. Ela havia subido na bancada para limpar as janelas que ficam em cima da pia, escorregou e, de uma hora pra outra, caiu lá pra dentro. Imagine a cena!

Enfim, tive o maior prejuízo: a pia afundou e nunca mais voltou ao normal. A Aparecida entrou em depressão profunda, o diabetes descontrolou. Ela machucou o pé e se lamentava sem parar. Entaõ eu percebi que não dava mais pra continuar com a Aparecida lá em casa. Ela se foi!

Agora quem se vai é a Noemi, minha atual empregada. Ela e boa, não quebra nada, gosta das meninas, mas o prazo de validade chegou ao fim. Ela vai voltar para Minas, na casa dos pais.

Agora só me resta pedir à Santa Padroeira do Brasil que me ajude novamente nessa árdua tarefa!  Que Nossa Senhora abençoe a todas as donas de casa, mães e patroas que tanto precisam desses artigos raros e em extinção! Rsrsrsrsrs

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : mulheresdequarenta

3 comentários

  1. Simone 13/10/2011, 1:16 am comentar

    Querida Vanessa, Orgulho de mulher, mãe, Parabéns por todas as conquistas, continue sempre em busca do seu ideal. Vá em frente , não desista nunca.
    Saudade, bjs
    Simone Verardi

  2. eugenio reynaldo palazzi 10/11/2011, 12:20 pm comentar

    Minha querida e amada filha:
    Quanto carinho, quanta emoção, quanto passado temos juntos. Quanto amor dedicado. Que bom que vc sempre lembra do seu papi com esse carinho de filha maravilhosa que vc é. Eu juro por tudo quanto mais sagrado que existe no mundo (meus netos- todos). Ah seu eu não tivesse conhecido sua mãe, com certeza eu me casaria com uma mulher como vc!!! Cópia fiel de grande mulher, baluarte de família, amor sem fim.

    Melhor parar né? Meu amor é tão grande por vcs todos, que eu ficaria escrevendo um livro a respeito de todos nós.

    Morro de amor!!!!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.