Amor sem medidas

gayEu gosto de conversar com as pessoas. Acho que até por isso escolhi bem a minha profissão. Tento entender, da minha forma, o que se passa com as pessoas. Todo mundo têm uma história pra contar. Ainda que pouco me conheçam, muitos se sentem a vontade de contar suas passagens. E eu me interesso muito pelas pessoas. Eu gosto de gente!

Foi numa dessas rodas de amigos que entendi melhor a expressão “amor incondicional”. Um dos amigos que falava sobre sua história de sua vida, casamento e separação, declarou que um de seus filhos era gay.

No momento o silencio pairou pelo ar. Todos se entreolharam e prestaram atenção no que ele tinha para contar. Ninguém estava chocado pelo fato do filho ser gay, mas pela grandeza do pai de assumir para todos a condição sexual do seu filho de forma tão espontânea.

Fiquei maravilhada de ver aquele pai falar com tanto amor e orgulho de seu filho!

Claro que para ele, pai de mais dois meninos, não foi nada fácil. Quando ele soube da notícia, por dois dias ficou em estado de choque. Passado esse tempo, ele entendeu o seu filho e passou a amá-lo mais ainda. Mesmo porque teve a sensibilidade de entender o que se passava com seu menino. Soube o quanto ele sofreu durante anos por não poder dividir a condição sexual com os seus pais.

Meu amigo foi de uma grandeza tamanha! Admirável. Coisas de homens com H!

Parabéns querido amigo! Você nos deu uma grande lição de amor!

E ai? Está preparado pra isso? Não? Meu amigo também não estava!

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : mulheresdequarenta

2 comentários

  1. Rosana Lopes 11/12/2012, 7:10 pm comentar

    Ola Van, td bem??? Parabéns por mais este belo texto s/ o Ágape!!! Bjks

  2. João Alberto de Lima Nassif 13/12/2012, 7:32 pm comentar

    Tôdas as relações afetivas devem ser respeitadas.!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.